sexta-feira, 6 de julho de 2012

"Preciosa é à vista do Senhor a morte de seus santos." Salmo 116:15.

 

image

A Serva do Senhor e minha Mãe: Onete Maria Souza Sena – 02/04/1926 a 05/07/2012.

Bendito seja Deus, que não rejeitou a minha oração, nem desviou de mim a sua misericórdia. Salmos 66:20.

Hoje estou postado em homenagem a minha querida mãe que ontem foi chamada para o descanso ao lado de Deus Pai.

Assim como eu tive a felicidade de entregar a minha vida a Jesus Cristo. Maior foi minha alegria quando ela fez o mesmo. Hoje apesar de que logo mais as 15:00 h estarei vendo o seu corpo já esmorecido pela implacável ação do tempo, mas que porém, pela sua misericórdia Deus permitiu que chegasse aos 86 anos descer a sepultura; não poderia porém agora voltar a entristecer-me, pois sei que foi também por sua morte na cruz que Jesus Cristo venceu a própria morte afim de que na sua ressureição e pela sua graça ela fosse salva.

Isso mesmo! Apesar de aos olhos humano o câncer que acometeu minha mão possa parecer tê-la derrotado, posso afirmar que em nenhum momento deixei de ver o agir de Deus pelo Nome poderoso de Jesus Cristo sendo manifestado na vida dela. Posso afirmar isso sem nenhuma demagogia religiosa, pois até ainda ontem pude ver no estado de sua companheira de quarto no hospital, verdadeiramente o que é a dor e sofrimento que esta maligna doença do diabo provoca em uma pessoa da qual ele aproveitando do fato de que não conhecem o verdadeiro Deus da bíblia; venha sofrer pelas suas induções. Pude não só constatar como vivenciar a misericórdia e amor de Jesus Cristo sempre ao lado dela impedindo que também sofresse.

Ainda ontem ao deixa-la no hospital olhei nos seus olhinhos iguais ao de uma criança a querer dizer algo que não consegue saber expressar; a total ausência de sofrimento e dor. Mas pude também sentir que estava chegando o momento de despedir-me.

Tive um dialogo quase silencioso com Ela Deus e Jesus e o Espirito Santo e pude sentir a mesma experiência que tive ao entrar pela primeira vez numa igreja evangélica e ser tocado pelo Espirito Santo de Deus através de um choro também silencioso, mas profundo, que me fez verter lagrimas que creiam ou não eram maravilhosamente frias e doces.

Hoje colhi algumas gotas destas lagrimas e coloquei na testa da minha querida mãezinha, penso eu, orientado pelo próprio Espirito Santo, pois no fundo algo me dizia que seria a ultima vez que veria aqueles olhinhos abertos me olhando. Tanto que ao ajoelhar-me entre os leitos orei ao Senhor dizendo que reconhecia que até então ela esteve sempre nas mãos Dele e que principalmente naquele momento, mas do que nunca ELAS realmente ficassem. Isso mesmo meus queridos (as) Orei por minha mãe e pela Sra. Emerita sua companheira de quarto. Pois como servo do Senhor aprendi a amar o meu próximo como a mim mesmo.

Não me surpreendeu quando recebi o telefonema do hospital informando que ela tinha descansado no Senhor. Apesar de não ter deixado de entristecer-me como filho; pude compreender que de fato Deus em Jesus Cristo está no controle de tudo.

Onde está, ó morte, o teu aguilhão? Onde está, ó inferno, a tua vitória?
Ora, o aguilhão da morte é o pecado, e a força do pecado é a lei.
Mas graças a Deus que nos dá a vitória por nosso Senhor Jesus Cristo. 1 Coríntios 15:55,57

Sim é isso mesmo, a Vitória de Cristo alcançou também minha mãe, pois ela agora pela fé descansa no Seio de Abraão em Nome de Jesus Cristo de Nazaré. Porque aquele que entrou no seu repouso, ele próprio repousou de suas obras, como Deus das suas. Hebreus 4:10.

Ao longo dos seus 86 anos minha velhinha,como eu a chamava, com seus cabelos que desde os 60 e poucos já eram todos branquinhos, era chamada por todos que a conheciam de minha Vó. E foram inúmeras pessoas que puderam sentir o carinho a inocência no trato que é características próprias das avós. O que de fato ela não foi, pois eu não lhe dei este prazer de mim mesmo. Não estou preocupado e nem ficarei ressentido se muitas ou poucas pessoas irão se despedir do seu corpo. Contudo espero que verdadeiramente nunca a esqueça das suas ações de boas obras nas suas orações.

Teria muito mais para escrever sobre minha mãe; mas o que melhor a define é que: Posso dizer que ela foi à expressão maior do que é ser uma mãe. Ela me amou de forma tão incondicional! Mais tão incondicional, a ponto de eu ter dificuldade de fazê-la entender que somente a Deus ela deveria amar acima de qualquer coisa. Até mesmo desta “coisa” que ela gerou e tanto amou. Eu!

O que mais poderia pedir de Deus? Uma mãe que muito me amou eu tive! Mas como não bastasse Ele ainda prova seu amor por mim e por ela permitindo que pela Graça de Jesus Cristo eu hoje como um homem que verdadeiramente o sirvo como Diácono da sua obra; tenha o privilegio de poder entrega-lo a Alma e Espirito da sua também serva no culto fúnebre.

Em nome de Jesus Cristo.

Porque dele e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém. Romanos 11:36

PS: Nunca deixe um dia sequer de dizer as suas mães o quanto as amam. E melhor! Ame-as como Jesus Cristo as ama.

Amém

image

 

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Porque a palavra da cruz é loucura para os que perecem; mas para nós, que somos salvos, é o poder de Deus. 1 Coríntios 1:18

image

Até quando continuarão perecendo os que pensam que é loucura a palavra de Jesus Cristo expressão total do amor de Deus pela sua morte na cruz? Talvez, porém não creio! Se ao menos refletissem pelo sofrimento de entes queridos que possam estar moribundos nos leitos dos hospitais, pudessem então compreender o quão insignificante é ser taxado de louco; contanto uma vez que esteja salvo pela cruz de Cristo.

Tenho tido a oportunidade de poder conviver com pessoas que estão acometidas da mais terrível manifestação maligna do inimigo de Deus através do câncer em suas diversas formas. O não posso deixar de perceber que apesar dos familiares das pessoas enfermas estarem envolvidas emocionalmente com o padecimento dos seus pais, mães, irmãos (as), esposas (os), filhos e filhas. Mesmo assim são poucos que verdadeiramente consideram ter a atitude de buscar uma reflexão da limitação humana diante das impossibilidades naturais  principalmente quando nem ao menos creem em Deus e no fato de que Ele não pode esta por trás da causa desta enfermidade.

Fico observando que até no mais critico momento, muitos quando falam de Deus demonstram na verdade estarem fazendo apenas como algo já convencionado para se falar em momentos em que então a limitação humana é mais fortemente manifestada. Mas, sem que, contudo mostrem que de fato esperam realmente algo que expresse o poder ou a simples fé Nele. Uma das maneiras mais fácil de detectar a verdade do que estou dizendo, é vista quase no mesmo momento que um cristão se apresenta começa a pregar a importância de buscar em Jesus Cristo, quando não a própria cura do enfermo ou então a mudança de sua forma de encarrar esta e todas  as doenças.

Para quem como eu, já pude experimentar reações que vão da total indiferença ou atiçamento de manifestações de convicções religiosas até a simples negação de Deus. Sei o quanto são raras as que desejam manifestar  a vontade de experimentarem uma chance única de  reflexão. Não mais me surpreende observar como o desconhecimento da palavra de Deus ensinada através de Jesus de forma simples e acessível a todos, tem grande relevância nas manifestações das diversas enfermidades.

Talvez, vocês possam estar a se perguntar, será que esse cara esta querendo dizer que quem acredita em Deus e aceita Jesus Cristo não fica doente? Absolutamente, não é isso que estou afirmando. Porém, existe um detalhe muito importante: A cura, a ausência de dor e saúde plena é mais que uma promessa de Deus. São para nós crentes em Jesus Cristo situações das quais podemos enquanto vivos estivermos sermos acometidos. Contudo, não deve necessariamente conduzir-nos a morte em sofrimento agonizante, pois Jesus Cristo na cruz não só nos salvou do pecado, como também tomou sobre si todas as enfermidades. - Verdadeiramente ele tomou sobre si as nossas enfermidades, e as nossas dores levou sobre si; e nós o reputávamos por aflito, ferido de Deus, e oprimido. Isaías 53:4.

Ainda que o versículo titulo afirme: Pareça loucura. - Porque está escrito: Destruirei a sabedoria dos sábios, E aniquilarei a inteligência dos inteligentes. Onde está o sábio? Onde está o escriba? Onde está o inquiridor deste século? Porventura não tornou Deus louca a sabedoria deste mundo? Visto como na sabedoria de Deus o mundo não conheceu a Deus pela sua sabedoria, aprouve a Deus salvar os crentes pela loucura da pregação. 1 Coríntios 1:19,21.

Bem! Então porque eu afirmei que podemos como cristões sermos ainda acometido de enfermidades e dores. Simples! Da mesma maneira pela qual a maioria das pessoas que não são cristãos não vivem estas condições: Não creem verdadeiramente!

E como não se trata de uma condição a ser ainda estabelecida de acordo com a necessidade. É necessário que seja uma realidade na vida de quem crer. - Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniquidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados. Isaías 53:5. Parecem apenas mais garantias dadas por Jesus Cristo, não é? Porém esta escrito o que Jesus Cristo “tira” de nós. Agora, façam uma reflexão mais profunda e veja se de fato vocês tem vivido sem tornar a tomar para si de volta?

Transgressão s. f. Ato de transgredir; infração. = "Quebra de uma ordem, de um dever ou de uma lei - Is 43.25 - Rm 5.14."

Iniquidade (latim iniquitas, -atis, desigualdade, excesso, demasia, desvantagem, dificuldade, injustiça) s. f. 1. Qualidade ou caráter de iníquo. 2. Grande injustiça. 3. Ato malvado. = CRIME, PECADO, PERVERSIDADE.

Seria algo próximo ao que os “sábios” dizem ser: Lei do efeito e causa! Ou será causa e efeito? O que importa? A verdade é que mesmo os cristãos devem manter-se firmes em observar e manter-se na verdade da palavra ainda que pareça loucura.

Porque os judeus pedem sinal, e os gregos buscam sabedoria; Mas nós pregamos a Cristo crucificado, que é escândalo para os judeus, e loucura para os gregos.
Mas para os que são chamados, tanto judeus como gregos, lhes pregamos a Cristo, poder de Deus, e sabedoria de Deus.
Porque a loucura de Deus é mais sábia do que os homens; e a fraqueza de Deus é mais forte do que os homens.
Porque, vede irmãos, a vossa vocação, que não são muitos os sábios segundo a carne, nem muitos os poderosos, nem muitos os nobres que são chamados.
Mas Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; e Deus escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes; E Deus escolheu as coisas vis deste mundo, e as desprezíveis, e as que não são, para aniquilar as que são; Para que nenhuma carne se glorie perante ele.
Mas vós sois dele, em Jesus Cristo, o qual para nós foi feito por Deus sabedoria, e justiça, e santificação, e redenção; Para que, como está escrito: Aquele que se gloria glorie-se no Senhor. 1 Coríntios 1:22,31.

Mesmo já tendo vivido na minha vida e na vida de meus familiares e também testemunhado na vida de muitos outros que como eu cri incontestavelmente na verdade contida na palavra de Deus. Não posso e nem poderia deixar achar que estou totalmente imune. Contudo, uma coisa posso fazer e faço! Não aceito a investida do inimigo na minha saúde uma vez que não esteja transgredindo a vontade de Deus. Isto é, a justiça de Deus pela fé em Jesus Cristo para todos e sobre todos os que creem; porque não há diferença. Romanos 3:22.

Quando e se achar que não tem mais jeito. Não deixe que a sua descrença o impeça de recorrer ao único que poderá Salva-lo Cura-lo e Liberta-lo:

E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos. Atos 4:12.

E Jesus lhe disse: Eu irei, e lhe darei saúde. Mateus 8:7.

Ora, o Senhor é Espírito; e onde está o Espírito do Senhor, aí há liberdade. 2 Coríntios 3:17

Amém.

image

segunda-feira, 2 de julho de 2012

Se alguém lhe bater numa face, ofereça-lhe também a outra. Lucas 6:29.a.

 

image

Talvez o que, mas preocupa quem lê esta orientação de Jesus Cristo; seja o fato de que aparentemente Ele esteja sugerindo que ofereçamos ao agressor uma nova oportunidade de tornar a nos agredir. Principalmente para os que não são cristãos verdadeiramente seguidores de Cristo, esta orientação pode parecer que literalmente devemos estar prontos a recebermos um novo tapa. Porém, não é o que de fato quer dizer. “Jesus utilizou este exemplo pelo fato de que para os Judeus que os ouvia o mais insultante de todos os golpes físicos era o de ser batido na face direita com as costas da mão.” A tradição judaica fixava como multa por tal tapa insultante com as costas da mão em 400 zuz (o equivalente a 400 denários), o que ascendia ao salário de mais de um ano dum trabalhador agrícola.

Portanto não seria um ensinamento muito fácil de aplicar! O que nos leva então a perguntar: O que Jesus então está querendo ensinar? Podemos ver a resposta nesta passagem: Porque para isto sois chamados; pois também Cristo padeceu por nós, deixando-nos o exemplo, para que sigais as suas pisadas. O qual não cometeu pecado, nem na sua boca se achou engano. O qual, quando o injuriavam, não injuriava, e quando padecia não ameaçava, mas entregava-se àquele que julga justamente; 1 Pedro 2:21,23.

Isso mesmo meus queridos (as), Jesus Cristo estava ensinando que não deveríamos fazer a mesma coisa que nos façam. O relato evangélico de Lucas, é escrito principalmente para não judeus, coloca as palavras de Jesus em termos mais gerais: “Aquele que te bater numa face, oferece também a outra.” (Luc. 6:29a) Isto não se aplica apenas a uma bofetada insultante, mas, antes, a golpes violentos. De qualquer modo, no conselho de Jesus para ‘oferecer a outra face’. Ele queria que seus seguidores estivessem dispostos a suportar insulto e injúria pessoais sem recorrerem à retaliação. No entanto, deixava nas mãos de Deus o único que é capaz de ser justo.

No entanto, quando se fazem estudos criam-se estatísticas sobre a crescente violência mundial. Não vemos nenhuma referência ou orientações a soluções que exponha o desarmamento do espirito dos homens em relação ao seu próximo! Até vemos a menção ao não revidar como uma orientação com o fim de minimizar a consequências da violência, mas nunca como princípio que Jesus Cristo mostra ser a formula de se fazer cessar de vez a violência: Mas a vós, que isto ouvis, digo: Amai a vossos inimigos, fazei bem aos que vos odeiam; Bendizei os que vos maldizem, e orai pelos que vos caluniam. Lucas 6:27,28.

Toda violência tem como principal fonte alimentadora o sentimento oposto ao caráter de Deus. Que é o de amar. Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor. 1 João 4:8.

Portanto o Ódio; sentimento oposto ao amor tem encontrado no coração dos homens total condição de se instalar, devido a escolha do homem de não desejar conhecer o Deus da Bíblia e o motivo pelo qual Ele enviou o Seu único filho Jesus Cristo para morrer na cruz. Vão sendo enganados pela falsa ideia de que pela sua própria força são capazes de enfrentar qualquer inimigo. O que, no entanto os conduzem diretamente a serem escravos dos pensamentos que o verdadeiro inimigo que estar por trás de toda manifestações de ódio e violência assim deseja. O diabo!

O inimigo de Deus e dos homens, astutamente ao longo dos séculos tem feito com que a humanidade acredite que ele não passa de um ser imaginário de forma mítica como é descrito pelas produções Hollywoodianas. Permitindo com isso que astutamente fosse estabelecido no mundo o conceito de que tanto o bem como o mal procede do mesmo Deus. Desconhecem, contudo o que a bíblia já alertará: e que todo o mundo está no maligno. 1 João 5:19b. Ignoram que somente caminhando com Jesus Cristo seremos capazes de resistir às investidas do mal: Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar; 1 Pedro 5:8.

Já mencionei em postagem anterior que não sou um “Super Crente”, mas também já disse que através da confiança plena no que Jesus Cristo orienta como deve ser o meu proceder no dia a dia; não só sinto como também percebo o agir invisível de todas as suas promessas sendo cumpridas. São inúmeros os livramentos diários que recebo tão somente por obedecer aos seus ensinamentos. E digo mais, são tantos que qualquer um que se permita a deixar de lado a tendência induzida de achar que tudo não passa de uma “coincidência” é capaz de reconhecer que de fato existe algo de diferente. O que infelizmente, nem sempre, porém é capaz de fazê-lo desejar também sentir. E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus. Romanos 12:2.

Tenho procurado deixar claro nas minhas postagens, não sou religioso e não defendo nenhuma religião. O que por mais estranho que possa parecer, deveria ser a conduta de todos aqueles que verdadeiramente desejam cumprir o Ide a qual Jesus nos deu o comissionamento. Afinal Ele também não veio ao mundo para criar nova ou expandir alguma religião já existente. Ele veio mostrar-nos aquilo que desde o inicio não conseguimos sentir: O amor de Deus Pai e Criador.

Jesus lhes respondeu, e disse: A minha doutrina não é minha, mas daquele que me enviou. João 7:16 - Porque eu não tenho falado de mim mesmo; mas o Pai, que me enviou, ele me deu mandamento sobre o que hei de dizer e sobre o que hei de falar. João 12:49.

Tenho como objetivo pessoal o de cumprir a ordenança do Ide. Tendo como orientação apenas e tão somente a Bíblia Sagrada onde alimento diariamente meu espirito afim de que possa verdadeiramente poder testemunhar do grande amor de Deus na minha vida e da minha família, o que obtemos através do reconhecimento de Jesus Cristo como meu único e suficiente salvador e senhor. Posso afirmar sem medo de errar que nada mais importa no mundo como fundamento de fé que não seja levar a cada vez mais pessoas o conhecimento do tanto que Deus nos ama e como Jesus Cristo é a manifestação plena e inigualável deste amor. - Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. João 3:16.

E como não já fosse o bastante, ainda acrescentou: Vede quão grande amor nos tem concedido o Pai, que fôssemos chamados filhos de Deus. Por isso o mundo não nos conhece; porque não o conhece a ele. 1 João 3:1.

Respeito os que pensam serem frutos do acaso ou os que têm como parentes mais próximos os primatas. Eu, minha família e milhões de outros irmãos em Cristo, contudo, preferimos sermos chamados de filhos de Deus. Mas como digo sempre: É tudo uma questão de escolha.

E aconteceu que, indo eles de caminho, entrou Jesus numa aldeia; e certa mulher, por nome Marta, o recebeu em sua casa; E tinha esta uma irmã chamada Maria, a qual, assentando-se também aos pés de Jesus, ouvia a sua palavra.
Marta, porém andava distraída em muitos serviços; e, aproximando-se, disse: Senhor, não se te dá de que minha irmã me deixe servir só? Dize-lhe que me ajude.
E respondendo Jesus, disse-lhe: Marta, Marta, estás ansiosa e afadigada com muitas coisas, mas uma só é necessária; E Maria escolheu a boa parte, a qual não lhe será tirada. Lucas 10:38,42.

Quem tem ouvido. Ouça!

Amém.

image