terça-feira, 26 de junho de 2012

Por isso vos digo: Não andeis cuidadosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o mantimento, e o corpo mais do que o vestuário? Mateus 6:25.

 image

 Penso que muitos quando tomam conhecimento dos ensinamentos de Jesus  certamente acham que os mesmos não cabe mais nos dias atuais. Ainda porque! Tem relação direta ao que dizem serem as necessidades básicas do homem: O comer e o Vestir.

Ainda mais quando vemos situações como aqui no Brasil onde  o texto da lei que determina quais as “necessidades básicas ” do homem que recebe  o salário mínimo vigente no pais deve suprir. Diz que para que aja as mínimas de um vida digna, termina estabelecendo uma grande importância as mesmas coisas das quais Jesus, no entanto, minimizou como sendo o que de fato devemos buscar.

Olhai para as aves do céu, que nem semeiam, nem segam, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não tendes vós muito mais valor do que elas?
E qual de vós poderá, com todos os seus cuidados, acrescentar um côvado à sua estatura?
E, quanto ao vestuário, por que andais solícitos? Olhai para os lírios do campo, como eles crescem; não trabalham nem fiam; E eu vos digo que nem mesmo Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como qualquer deles. Mateus 6:26-29.
São exemplos que no mínimo deveria fazer com que meditássemos se de fato é tão crucial como dizem almejar o  mínimo como condição para obter estas básicas coisas? É talvez o  que termina determinando com que muitos busquem estabelecer parâmetros de planos x realizações; fazendo com que  esqueçam que o básico mesmo, de fato já havia sido providenciado antes mesmo que os homens fossem criados. - 
E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se move sobre a terra. Gênesis 1:26.

Mas ainda assim até hoje apesar de toda indiferença dos homens e os constantes maltrados sofridos pela natureza  vegetal e animal provedora que Deus criou. Ela continua cumprindo aquilo para qual Ele determinou quando a fez: - E disse Deus: Eis que vos tenho dado toda a erva que dê semente, que está sobre a face de toda a terra; e toda a árvore, em que há fruto que dê semente, ser-vos-á para mantimento. E a todo o animal da terra, e a toda a ave dos céus, e a todo o réptil da terra, em que há alma vivente, toda a erva verde será para mantimento; e assim foi. Gênesis 1:29-30

Infelizmente porém a humanidade, repetindo o exemplo do erro cometido pelo primeiro casal: Adão e Eva. Faz com que aja motivo para que; o que Deus planejou seja esquecido e não praticado: Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que comeremos, ou que beberemos, ou com que nos vestiremos? Mateus 6:31

Portanto meus queridos (as), o fato de que continuamente os homens vivam “cuidadosos” demais em relação a todas as coisas que pensam precisar conseguir e que porém quando e se conseguirem nunca se contentarão; os tornam pois; escravos presos ao circulo infindável da busca pela satisfação de algo que Deus sabia e Jesus mostrou que nunca poderá de verdade satisfaze-los. - (Porque todas estas coisas os gentios procuram). De certo vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas estas coisas; Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. Mateus 6:32-33.

Que maravilhosa promessa Jesus Cristo nos faz! O quão misericordioso é o nosso Deus. Além de nos convidar a ter a acesso a cidadania do Seu reino bastando apenas querer. Ele ainda nos recompensa com tudo aquilo que antes era a nossa preocupação para conseguir! O que  inclusive até morríamos muitas vezes sem que alcançasse. Sei que  não é fácil compreender a logica de Jesus Cristo, sendo uma pessoa que não tem como alvo descobrir e entender que o sentido maior da vida não estar necessariamente neste mundo e tão pouco nas coisas que julgam serem “essenciais”. Pois afinal é um ensinamento totalmente contrario ao que se aprende no mundo! Como então, irão entender que renunciar a satisfação egoísta do querer as coisas materiais acima de qualquer outra possibilidade; é o que pode proporcionar algo muito  melhor do que as cosas que passam a vida querendo através da busca pelo ter?

É justamente quando meditamos a inutilidade das coisas diante da nossa frágil existência que vemos toda a diferença que há em servir a Jesus Cristo. Pois foi quem Deus pela sua misericórdia e amor por mim e por vocês enviou para indicar o caminho até o Seu Reino e Justiça. Permitindo com isso que cada dia na vida de um cristão verdadeiramente seguidor desde Cristo esteja sempre  pleno da certeza que Ele; Jesus, estar sempre conosco. E possam entender que não temos como controlar o amanhã e portanto nem sequer sabemos se o veremos.  - Não vos inquieteis, pois, pelo dia amanhã, porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta a cada dia o seu mal. Mateus 6:34.

Há uns anos atrás era tal o esforço para conseguir entrar nos Estados Unidos da América, que  pagariam e se submeteriam a qualquer coisa para obter um visto permanente de cidadão norte americano. O chamado Green Card. No entanto muitos dos atrativos baseados na falsa ilusão de que com o tal cartão poderiam estando legalmente lá, iriam ter as suas preocupações substituídas pela possibilidade de obter as coisas oferecidas pela aparente prosperidade e oportunidades daquele país.  Mas, é fato que  hoje a realidade não mais confere com as expectativas! Vemos que nem mesmo os que conseguiram o famoso Green Card e nem tão pouco os que já nasceram “Greens'” sente-se tão seguros em relação à “tranquilidade” que pensavam ter para desfrutar.  Pois, tudo era e ainda é, sustentado pelo ilusório e aparente poder que as ditas conquista oferece.

Diferentemente do ensinamento de Jesus. Que em relação ao que é  mais importante,  mostra que um cartão salvo conduto não é  o que tem de melhor para; ou seja. Não se resume a  somente entrar em um outro país que é mais “rico” materialmente que outro. Isso fica claro quando sabemos que no Reino de Deus o melhor que iremos ter, e que é o mais importante do que qualquer “credencial” ou poder material poderia oferecer esta naquilo pelo qual Jesus Cristo morreu para nos dar: A vida eterna! - Para que, assim como o pecado reinou na morte, também a graça reinasse pela justiça para a vida eterna, por Jesus Cristo nosso Senhor. Romanos 5:21.

E meus queridos (as), ainda que lhes prometam “Cards” de qualquer cor de nada servirão diante do preço já pago para que todos tenham acesso ao Reino:  Mas com o precioso sangue de Cristo, como de um cordeiro imaculado e incontaminado,1 Pedro 1:1- Nenhum deles lhes dará acesso ao Reino que Ele já conquistou e está estabelecido dentro de todos que Nele creem. Nem dirão: Ei-lo aqui, ou: Ei-lo ali; porque eis que o reino de Deus está entre vós. Lucas 17:21. Afim de que: - Para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. João 3:15. 

Amém.

image

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Usem este espaço para testemunhar como este Blog mudou sua forma de relacionar-se com Jesus Cristo.

Deus está no controle!

Ainda que eu não te ouça, pois o mundo faz de tudo para te calar! (Trecho da Canção Mar de Vidro de Rodolfo Abrantes) Apesar das inúmeras v...