sexta-feira, 4 de maio de 2012

Ouvindo isso, Jesus lhes disse: "Não são os que têm saúde que precisam de médico, mas sim os doentes. Eu não vim para chamar justos, mas pecadores". Marcos 2:17.

  image

E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará". Jo 8:32.   

Portanto, se o Filho os libertar, vocês de fato serão livres. Jo 8:36

É muito comum ouvir ainda hoje as pessoas que se julgam melhores do que as demais, a mesma expressão de opinião hipócrita dos fariseus: Quando os mestres da lei que eram fariseus o viram comendo com "pecadores" e publicanos, perguntaram aos discípulos de Jesus: "Por que ele come com publicanos e ‘pecadores’? " Mc 2:16.

Com a alegação de que o evangelho de Cristo, ou melhor, as igrejas evangélicas só servem para abrigar ex-ladrões, ex-prostitutas, ex-drogados;  o que no entanto desconhecem ou não querem entender é que foi justamente para estas pessoas que Jesus Cristo veio trazer a sua proposta de redenção. Sem esquecer claro, também de todos os “normais”, porém doentes e pecadores. Dai que a resposta de Jesus Cristo serve para todas essas pessoas que ainda não entenderam que para Deus não a acepção de pessoas. - Vão aprender o que significa isto: ‘Desejo misericórdia, não sacrifícios’. “Pois eu não vim chamar justos, mas pecadores”. Mt 9:13.

Ou seja, Deus não quer mais nenhum outro sacrifício além do de Jesus Cristo na cruz. No entanto a misericórdia ainda é uma condição que infelizmente está distante de muitas pessoas, principalmente as que acham que são capazes de justificar-se diante de Deus e dos homens pelas suas boas obras. É certo que qualquer obra que seja boa é bem vinda, não necessita de reconhecimento e tão pouco se deve esperar qualquer recompensa, que não o sentimento de ter feito o que deve sempre fazer: Aquele, pois, que sabe fazer o bem e não o faz, comete pecado. Tg 4:17.

É verdade, que por não ser uma missão fácil atingir o patamar necessário para exercer a plena misericórdia desejada por Deus. Se apegando a isso, as pessoas tem buscado atalhos achado que eles existem. Principalmente do jeito e na direção que o mundo esta caminhando o que tristemente vemos é o total descaminho, vemos uma inversão total dos valores humanos e sociais dos bons costumes. Tudo parece estar indo de contra ao estado natural do que seria racionalmente aceito até mesmo por quem não acredita em Deus.

Mas, o que estamos vivenciando um estado de coisa que tem levando as pessoas a não mais respeitarem nem a si mesmas! A exposição pessoal já deixou de ser uma pratica restrita a determinados ambientes e esta cada vez mais sendo introduzida no comportamento diário das pessoas. Em nome do direito de extravasarem os seus mais recônditos instintos. - Pois eles se alimentam de maldade, e se embriagam de violência. Pv 4:17.

O ser humano em muitos aspectos demonstra esta voltando a um estado de coisa que se equipara aos primórdios e primitivos momentos da formação da sociedade humana como conhecemos hoje. E em muitos aspectos até pior; em escala de valores perdidos e/ou desprezados. - Saiba disto: nos últimos dias sobrevirão tempos terríveis. Os homens serão egoístas, avarentos, presunçosos, arrogantes, blasfemos, desobedientes aos pais, ingratos, ímpios, sem amor pela família, irreconciliáveis, caluniadores, sem domínio próprio, cruéis, inimigos do bem, traidores, precipitados, soberbos, mais amantes dos prazeres do que amigos de Deus, tendo aparência de piedade, mas negando o seu poder. Afastem-se também destes. São estes os que se introduzem pelas casas e conquistam mulherzinhas sobrecarregadas de pecados, as quais se deixam levar por toda espécie de desejos.  Elas estão sempre aprendendo, mas não conseguem nunca de chegar ao conhecimento da verdade. 2 Tm 3:1-7.

Incrível! Mas se não soubéssemos que a Bíblia da forma que conhecemos tem mais de 2000 anos que foi escrita; seria possível crer que acabou de ser editada e impressa, tal a fidelidade da descrição atual da humanidade. Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, 2 Tm 3:2. - Esta realidade é inclusive a suposta razão pela qual muitos não desejam se aprofundar no conhecimento de Deus através da leitura da bíblia. Pois, ela é como um espelho que revela o que cada um oculta. O jeito que olham testifica contra eles; mostram seu pecado como Sodoma, sem nada esconder. Ai deles! Pois trouxeram desgraça sobre si mesmos. Is 3:9.

Respondendo a uma pessoa que me disse: Que hoje todos estão sujeitos a morrer a qualquer momento, eu disse-lhe que sempre foi assim. Mas, que infelizmente o que vemos hoje em dia é um desequilíbrio na ordem natural do que seria o ideal para a raça humana. O trinômio: Nascer, Crescer e Morrer. Esta sendo alterado em dois importantes e preocupantes aspectos! Hoje os jovens morrem cada vez mais cedo, sem tempo de crescerem. E como consequência os pais estão os enterrando. Quando pela regra; seriam eles, os filhos que os enterrariam. - "Ouviu-se uma voz em Ramá, choro e grande lamentação; é Raquel que chora por seus filhos e recusa ser consolada, porque já não existem". Mt 2:18. É exatamente o que acontece com muitas mães todos os finais de semana no mundo afora.

Em nome da satisfação dos desejos da carne perdem a oportunidade de ser liberto daquilo que enganosamente pensa ser liberdade. Pois meus queridos (as) nada que faça com que uma pessoa pense não poder deixar de ter ou fazer em um final de semana; pode ser encarado como liberdade. E assim vão deixando que esses prazeres temporais, movido a uma alegria produzida por produtos químicos. - Não sabem que, quando vocês se oferecem a alguém para lhe obedecer como escravos, tornam-se escravos daquele a quem obedecem: escravos do pecado que leva à morte, ou da obediência que leva à justiça? Rm 6:16.

Já ser um SERVO de Cristo, porém é diferente do ESCRAVO! O SERVO escolhe a quem servir e o serve com amor. Servo = Pessoa que presta culto e obedece a Deus. Já o ESCRAVO = Pessoa que não tem liberdade por estar dominada por outra pessoa ou um estado de coisa. Não tem opção ainda que não tenha consciência deste estado, dão legalidade; por esta dominada pelo VÍCIO = Costume condenável ou censurável. Que não deixa de ser uma forma de pecado. Cegos estão a ponto de reusarem a verdadeira liberdade que somente Jesus Cristo pode proporcionar: “de que a própria natureza criada será libertada da escravidão da decadência em que se encontra para a gloriosa liberdade dos filhos de Deus.” Rm 8:21.

Jesus Cristo não nos obriga a nada e tão pouco exige que façamos algo que venha a nos constranger ou ser pesado: Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve. Mt 11:30.

Jesus mostra na passagem abaixo a importância de saber escolher a quem ouvir e servi:

Maria, sua irmã, ficou sentada aos pés do Senhor, ouvindo-lhe a palavra. Marta, porém, estava ocupada com muito serviço. E, aproximando-se dele, perguntou: "Senhor, não te importas que minha irmã tenha me deixado sozinha com o serviço? Dize-lhe que me ajude! "  Respondeu o Senhor: "Marta! Marta! Você está preocupada e inquieta com muitas coisas; todavia apenas uma é necessária. Maria escolheu a boa parte, e esta não lhe será tirada". Lc 10:38-42.

Não há nada melhor do que ouvir a voz de Cristo te orientando, não deixe que nada… nem mais um final de semana lhe tire esta oportunidade! Ouça Jesus Cristo te chamando e experimente a verdadeira liberdade de poder dizer não ao que antes te dominava.

Amém.

image

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Usem este espaço para testemunhar como este Blog mudou sua forma de relacionar-se com Jesus Cristo.