segunda-feira, 23 de abril de 2012

No entanto, está chegando a hora, e de fato já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade. São estes os adoradores que o Pai procura. Deus é espírito, e é necessário que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade". João 4:23-24

image

Quando afirmo serem vãs as adorações feitas através manifestações físicas por instruções de homens desprovidos do Espirito Santo de Deus. É evidente pelo versículo acima que não estou pregando um ponto de vista pessoal. Vem do próprio Jesus Cristo á orientação. E ela mostra a diferença entre os que são cristãos ou apenas ouviram falar de Jesus. Deus procura verdadeiros adoradores. Ele procura aqueles que anseiam louvá-lo autenticamente e de espírito para espírito. E é obvio que o homem natural não pode por si só atingir o nível desejado para isso.

Para nos auxiliar nessa procura, Ele nos dá seu Espírito para nos ajudar a adorar: E da mesma maneira também o Espírito ajuda as nossas fraquezas; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis. Romanos 8: 26. Além de tudo, Ele quer que nós o adoremos genuinamente – louvá-lo de acordo com a Sua vontade e com todo o nosso coração. Como então pode existir a genuína adoração, quando os agentes motivadores são exteriores? Carnais e não espirituais? Infelizmente e com o proposito de confundir os que desconhecem a palavra de Deus. É difundido entre os homens que o espiritual tem haver somente com as manifestações físicas inexplicáveis e atribuídas a entidades ou indivíduos que possuem “poderes” que os credenciam. Como se fosse uma pratica adquirida.

Estes ensinamentos são mentirosos e tem como único proposito impedir que o homem compreenda o agir do Espirito de Deus na vida de uma pessoa; pois a contrario de manifestações através de possessão do corpo. A presença do Espirito Santo é sentida sem violação dos sentidos. - Chegando o dia de Pentecoste, estavam todos reunidos num só lugar.
De repente veio do céu um som, como de um vento muito forte, e encheu toda a casa na qual estavam assentados.
E viram o que parecia línguas de fogo, que se separaram e pousaram sobre cada um deles.
Todos ficaram cheios do Espírito Santo e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito os capacitava. Atos 2:1-4.

O agir do Espirito Santo tem como finalidade instruir o homem em relação a sua necessidade de estabelecer uma comunhão entre o seu eu e Deus. E isso ocorre sem a perda da vontade consciente, como Pedro demonstra claramente quando intervêm para explicar á aqueles que como ainda hoje, zombam do que não entendem. - Atônitos e perplexos todos perguntavam uns aos outros: "Que significa isto? Alguns, todavia, zombavam deles e diziam: "Eles beberam vinho demais". Atos 2:12-13

Então Pedro levantou-se com os Onze e, em alta voz, dirigiu-se à multidão: "Homens da Judéia e todos os que vivem em Jerusalém, deixem-me explicar-lhes isto! Ouçam com atenção: estes homens não estão bêbados, como vocês supõem. Ainda são nove horas da manhã!
Pelo contrário, isto é o que foi predito pelo profeta Joel: ‘Nos últimos dias, diz Deus, derramarei do meu Espírito sobre todos os povos. Os seus filhos e as suas filhas profetizarão, os jovens terão visões, os velhos terão sonhos.
Sobre os meus servos e as minhas servas derramarei do meu Espírito naqueles dias, e eles profetizarão. Atos 2:14-18.

O verdadeiro Espirito de Deus não viola a consciência e nem manipula as pessoas como sabemos ocorrer com as pessoas que cultuam outros espíritos que não são provenientes de Deus. É tamanha a má vontade que se tem para aceitar o relacionamento espiritual com Deus através da fé ensinada por Jesus Cristo. E isso fica claro quando vemos ao mesmo tempo as pessoas crerem em qualquer outra manifestação que chamam de espiritual, e até relacionarem a Deus. Mas recusarem a aceitar que Deus é Espirito e somente quem tem o Seu Espirito pode adorara-lo em verdade. Incrível ver que a maioria dos que se auto intitulam autoridades para explicarem a origem destas manifestações, são pessoas que sequer creem em Deus. Mas, que também não explicam ou pelo menos dão a conhecer, para quem estão a serviço no outro lado do mundo espiritual. Se dissermos que temos comunhão com ele, e andarmos em trevas, mentimos, e não praticamos a verdade. 1 João 1:6.

Ora! Meus queridos (as), se uma pessoa se diz espiritual e não confessa que Jesus Cristo é o Filho de Deus, é obvio que está pessoa não pode estar a serviço do Reino de Deus. E, assim como 1 + 1 é = a dois. A luz também não tem comunhão com as trevas: E a condenação é esta: Que a luz veio ao mundo, e os homens amaram mais as trevas do que a luz, porque as suas obras eram más. João 3:19

Falou-lhes, pois, Jesus outra vez, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida. João 8:12.

Qualquer espirito que não vem à luz. Ou seja, não confessa a sua origem e a quem serve, não é confiável e tão poucos os que dizem manifesta-los também os são: Porque Deus, que disse que das trevas resplandecesse a luz, é quem resplandeceu em nossos corações, para iluminação do conhecimento da glória de Deus, na face de Jesus Cristo. 2 Coríntios 4:6. Ou! Porque noutro tempo eram trevas, mas agora sois luz no Senhor; andai como filhos da luz. Efésios 5:8.

Para que fique claro, toda e qualquer manifestação do mundo espiritual e algo sobrenatural = Que ultrapassa o natural; que não é atribuído à natureza; que está acima da natureza humana; sobre-humano. O que por si só, já determina, que a condição necessária para que alguém possa vivenciar este sobrenatural é ter comunhão com o mundo espiritual.  O que ocorre é que o inimigo de Deus é astuto e fez com que a humanidade cresse que a existência e a atuação de espíritos malignos estariam relacionadas à capacidade do homem natural de poder ao mesmo tempo ser bom e mal. Satisfazendo assim a limitada compreensão dos homens e não permitindo que vejam que o inimigo do homem não é o outro homem: Pois a nossa luta não é contra pessoas, mas contra os poderes e autoridades, contra os dominadores deste mundo de trevas, contra as forças espirituais do mal nas regiões celestiais. Efésios 6:12.

É necessário que aja um posicionamento claro de escolha através do arrependimento dos pecados e confessar Jesus Cristo como seu salvador. Esta decisão é que ira permitir que esta pessoa seja transportada da escuridão espiritual: O qual nos tirou da potestade das trevas, e nos transportou para o reino do Filho do seu amor; Colossenses 1:13.

As pessoas são bombardeadas diariamente com informações mentirosas a respeito do bem e do mal, do céu e do inferno, de Deus e do diabo; através de fabulas, tradições, superstições, contos, filmes etc. Pensam que são inteligentes demais, sábios pelos seus próprios conceitos para crerem que haja uma manifestação atuante de espíritos que possa influenciar a conduta das pessoas. Entendam que não estou afirmando que tudo que ocorre no mundo, tem como causa, ou seja, por manifestações espirituais. Contudo não podem negar que estas manifestações atuam sim! Que tenham pessoas que estiveram ou estão a serviços da força espiritual que é contraria a Deus. O problema é que a suposta capacidade intelectual atribuída a algumas pessoas, fazem com que pensem, terem explicações para tudo; fazendo com que muitas vezes, estas explicações seja aceita pelas demais como sendo de fato possível de ser explicada por teorias humanas, ou quando não pela exposição ao ridículo como sendo sempre uma farsa. O que de fato, muitas são e não há nenhuma novidade, pois até no tempo de Jesus houve quem tentasse enganar o povo: Alguns judeus que andavam expulsando espíritos malignos tentaram invocar o nome do Senhor Jesus sobre os endemoninhados, dizendo: "Em nome de Jesus, a quem Paulo prega, eu lhes ordeno que saiam! "
Os que estavam fazendo isso eram os sete filhos de Ceva, um dos chefes dos sacerdotes dos judeus.
Um dia, o espírito maligno lhes respondeu: "Jesus, eu conheço, Paulo, eu sei quem é; mas vocês, quem são? "
Então o endemoninhado saltou sobre eles e os dominou, espancando-os com tamanha violência que eles fugiram da casa nus e feridos. Atos 19: 13-16.

Porém mesmos assim, esses sábios de plantão que chamam tais ensinamentos e exemplos de, “primitivismo” intelectual. Também não conseguem explicar o porquê de até eles mesmos, sendo convictos ateus, não consigam desvincular a origem e razão do que os levam a crer naquilo que lhes convence, sem admitir a existência de algo que não é visível?  E ainda que quisessem por de lado uma possível influência espiritual, estaria negando as suas próprias convicções para não crerem! Afinal, até para não crer em algo é necessário ter fé nas suas próprias convicções; ou então a sua ausência de fé não se explicaria por si só.

O que faz por outro lado, que uma vez que a fé não é algo visível. Como, então explicariam a convicta afirmação de descrença? - Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos. Hebreus 11:1. A não ser que tenham encontrado outra definição para: O que não vemos. Não ser o mesmo que invisível. invisível adj. 1. Que não se vê ou não pode ser visto. s. m. 2. O que não se vê. – Seria compreensível então aceitar; que o que não vemos no mundo natural: visível adj. 2 g. 1. Que pode ser visto. 2. Que não está interceptado por coisa que o oculte. 3. Perceptível. 4. Manifesto evidente, claro, patente, que não admite dúvida. Só possa existir no espiritual, concordam? - Estou falando a pessoas sensatas; julguem vocês mesmos o que estou dizendo. 1 Coríntios 10:15.

Querer adaptar o nosso desejo a nossa vontade ou como gostaríamos que fosse o nosso relacionamento com o mundo espiritual e com Deus. É o que provoca no homem estas confusões de pensamentos sobre algo que não estamos habilitados para compreender sem a presença invisível mais real do Espirito Santo de Deus. O que porém, só ocorre na vida daqueles que compreenderam a sua incapacidade, aceitando de que não poderia contender para sempre com Deus. - Se quiser contender com ele, nem a uma de mil coisas lhe poderá responder. Jó 9:3.

Façamos, pois, como Salomão que sendo o homem, mas culto e sábio que já houve no mundo, reconheceu: Deveras todas estas coisas considerei no meu coração, para declarar tudo isto: que os justos, e os sábios, e as suas obras, estão nas mãos de Deus, e também o homem não conhece nem o amor nem o ódio; tudo passa perante ele. Eclesiastes 9:1.

E chegou a uma única conclusão aceitável: Lembre-se do seu Criador nos dias da sua juventude, antes que venham os dias difíceis e antes que se aproximem os anos em que você dirá: "Não tenho satisfação neles"; antes que se escureçam o sol e a luz, a lua e as estrelas, e as nuvens voltem depois da chuva; quando os guardas da casa tremerem e os homens fortes caminharem encurvados, e pararem os moedores por serem poucos, e aqueles que olham pelas janelas enxergarem embaçados; quando as portas da rua forem fechadas e diminuir o som da moagem; quando o barulho das aves o fizer despertar, mas o som de todas as canções lhe parecerem fraco; quando você tiver medo de altura, e dos perigos das ruas; quando florir a amendoeira, o gafanhoto for um peso e o desejo já não se despertar. Então o homem se vai para o seu lar eterno, e os pranteadores já vagueiam pelas ruas.
Sim, lembre-se dele, antes que se rompa o cordão de prata, ou se quebre a taça de ouro; antes que o cântaro se despedace junto à fonte, a roda se quebre junto ao poço, o pó volte à terra, de onde veio, e o espírito volte a Deus, que o deu.
Tudo sem sentido! Sem sentido! ", diz o mestre. "Nada faz sentido! Nada faz sentido! "
Além de ser sábio, o mestre também ensinou conhecimento ao povo. Ele escutou, examinou e colecionou muitos provérbios.
Procurou também encontrar as palavras certas, e o que ele escreveu era reto e verdadeiro.
As palavras dos sábios são como aguilhões, a coleção dos seus ditos como pregos bem fixados, provenientes do único Pastor.
Cuidado, meu filho; nada acrescente a eles. Não há limite para a produção de livros, e estudar demais deixa exausto o corpo.
Agora que já se ouviu tudo, aqui está à conclusão: Tema a Deus e guarde os seus mandamentos, pois isso é o essencial para o homem.
Pois Deus trará a julgamento tudo o que foi feito, inclusive tudo o que está escondido, seja bom, seja mal
.
Eclesiastes 12:1-14.

Acho que deu para entender que ele está se referindo a velhice. Espero que não queiram esperar, se talvez vier conseguir chegar até ela, para entender que Jesus Cristo é a promessa da via eterna.

Amém.

image

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Usem este espaço para testemunhar como este Blog mudou sua forma de relacionar-se com Jesus Cristo.