terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

A vocês, graça e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo, que se entregou a si mesmo por nossos pecados a fim de nos resgatar desta presente era perversa, segundo a vontade de nosso Deus e Pai, a quem seja a glória para todo o sempre. Amém. Gálatas 1:3-5.

image

Jesus veio para nos resgatar! Por quê? Porque Ele sabe que os tempos em que vivemos não são fáceis. Ele sabe que o mundo em que vivemos está obcecado com o mal. Isso, no entanto, não é a única realidade. Ele nos dá grande vitória através da Cruz. - Jesus nos deu a sua graça. Estando nós ainda mortos em nossas ofensas, nos vivificou juntamente com Cristo (pela graça sois salvos), Efésios 2:5.

Quando uma pessoa que aceita o convite para seguir a Cristo se predispõe a conhecer mais do seu anfitrião lendo a Bíblia. A primeira coisa que ela estranha quando começa a ler os evangelhos é ver que Jesus Cristo sempre está exortando os discípulos a abster-se dos recursos materiais, não se preocuparem com a sua própria manutenção e Dele mesmo diz que não tem nem onde “encostar a cabeça”: E disse-lhe Jesus: As raposas têm covis, e as aves do céu, ninhos, mas o Filho do homem não tem onde reclinar a cabeça. Lucas 9:58. Ele já estava aplicando o principio de viver pela graça mesmo quando ainda estava entre eles: Tu, pois, meu filho, fortifica-te na graça que há em Cristo Jesus. 2 Timóteo 2:1

Sendo o mais excelente mestre não havia melhor maneira de mostrar a viabilidade de se viver apenas pela graça de Deus do que pelo o exemplo que Ele mesmo deu. Afinal de contas Jesus mesmo sendo o Filho de Deus nasceu num estabulo! O que não influenciou de nenhuma forma o cumprimento do plano de estender a todos os que Nele cressem o direito de serem participantes da Graça de Deus. O que contraria o ensinamento que a humanidade prega de que só tendo muito é mais fácil compartilhar. Incentivando desta maneira a busca desfreada pelas riquezas. Perdendo, no entanto o prazer de experimentar o poder da graça e nem pelo acumulo serem capazes de compartilhar: E crescia Jesus em sabedoria, e em estatura, e em graça para com Deus e os homens. Lucas 2:52.

A dificuldade de aceitar e compreender a ação da graça de Deus em nossas vidas sempre acompanhou os homens em todas as épocas e até entre os seguidores de Jesus! Mesmo o apostolo Paulo há quem foi dado privilegio de ter recebido uma revelação em visão vinda do próprio Senhor. Foi necessário para que não ficasse como dizem hoje: Se achando! Que fosse constantemente atormentado em relação ao que lhe foi revelado. Tanto que pediu a Jesus que tirasse o que ele mesmo chamou de espinho na carne. Contudo veja qual foi à resposta de Jesus: Para impedir que eu me exaltasse por causa da grandeza dessas revelações, foi-me dado um espinho na carne, um mensageiro de Satanás, para me atormentar. Três vezes roguei ao Senhor que o tirasse de mim.
Mas ele me disse: "Minha graça é suficiente para você, pois o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza". Portanto, eu me gloriarei ainda mais alegremente em minhas fraquezas, para que o poder de Cristo repouse em mim. 2 Coríntios 12:7-9.

Estes ensinamentos são exatamente o oposto do que diria algum outro mestre religioso. E são muitos os que vemos nos dias atuais cada vez, mas preocupados com a aparente sabedoria e poder que pensam possuir e assim serem visto por homens iludidos, fazendo com que pareça que as suas palavras sejam como é comum hoje pensar capaz de: Levantar a moral de alguém! Contrariando o principio da graça de Deus que não requer nada e nem em nós há nenhum mérito que possa justificar-nos: Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus. Efésios 2:8.

Charles H. Spugeon no livro Tudo de Graça mostra de forma inequívoca a dimensão da graça de Deus na vida de uma pessoa.

“Jesus Cristo veio ao mundo para salvar pecadores. Isso é coisa surpreendente – algo que maravilha os quantos gozam de seu favor. Para mim, essa é, ainda hoje, a maior maravilha que já ouvi – que Deus tenha justificado exatamente a mim. Pelo que já vivi, sinto que sou um amontoado de indignidade, uma massa de corrupção e um poço de pecado, separado do elevado amor de Deus. No entanto, sei, com toda segurança, que estou justificado em Cristo Jesus e que sou tratado como se eu mesmo fosse perfeitamente justo, sendo feito herdeiro juntamente com Cristo. Ainda assim, por natureza, ocupo meu lugar entre os mais pecadores. Eu, que sou totalmente indigno, sou tratado como “merecedor”. Sou amado com tamanho amor como se sempre tivesse sido uma pessoa piedosa, mesmo que, um dia, tenha sido ímpio. Quem não ficaria espantado diante de tais coisas? A gratidão por tal favor se reveste de maravilha. “

Sem nenhuma penitencia promessa, reza a santos/ídolos, sacrifícios ou outro preço a pagar. Tudo que Jesus nos dá já foi pago e a divida está cancelada pelo preço do seu precioso sangue é tudo de graça: E cancelou a escrita de dívida, que consistia em ordenanças, e que nos era contrária. Ele a removeu, pregando-a na cruz, Colossenses 2:14

Portanto meus queridos (as) toda vez que lhes pedirem um valor pelo seu resgate! Tenham cuidado para que quem esteja te propondo não seja um enviado do seu credor: Pois o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor. Romanos 6:23.

O entendimento da importância da graça é uma das principais armas do cristão diante de todas as dificuldades que enfrentamos neste mundo. Pois ainda que por enquanto vocês não pensem assim. Todos os que aceitam a Cristo vivem neste mundo de maneira tal que não nos sentimos, mas pertencentes a ele: Se vocês pertencessem ao mundo, ele os amaria como se fossem dele. Todavia, vocês não são do mundo, mas eu os escolhi, tirando-os do mundo; por isso o mundo os odeia. João 15:19

Apesar de Satanás ter aparentemente triunfado introduzindo o pecado e a morte no mundo por Adão! No final foi derrotado pelo poder da graça de Jesus Cristo:

Se pela transgressão de um só a morte reinou por meio dele, muito mais aqueles que recebem de Deus a imensa provisão da graça e a dádiva da justiça reinarão em vida por meio de um único homem, Jesus Cristo.
Consequentemente, assim como uma só transgressão resultou na condenação de todos os homens, assim também um só ato de justiça resultou na justificação que traz vida a todos os homens.
Logo, assim como por meio da desobediência de um só homem muitos foram feitos pecadores, assim também, por meio da obediência de um único homem muitos serão feitos justos.
A lei foi introduzida para que a transgressão fosse ressaltada. Mas onde aumentou o pecado, transbordou a graça,
a fim de que, assim como o pecado reinou na morte, também a graça reine pela justiça para conceder vida eterna, mediante Jesus Cristo, nosso Senhor. Romanos 5:17-21

Não é de admirar que enquanto aguardamos a volta do Senhor. Podemos cumprimentar um ao outro com graça e paz. Ele os comprou para nós!

Amém.

image

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Usem este espaço para testemunhar como este Blog mudou sua forma de relacionar-se com Jesus Cristo.