quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Ninguém se engane a si mesmo. Se alguém dentre vós se tem por sábio neste mundo, faça-se louco para ser sábio. Porque a sabedoria deste mundo é loucura diante de Deus; pois está escrito: Ele apanha os sábios na sua própria astúcia. 1 Coríntios 3:18-19.

image

Ainda dentro da “novidade” exposta na postagem de ontem e pelo principio bíblico do tema perdão. Que eu tenha mostrado a total falta de sabedoria e/ou quem sabe; a intenção proposital de continuar no engano e enganando a outros. Encontraremos no versículo acima  alertas de que cedo ou tarde estas pessoas serão pegas pelos seus aludidos conhecimentos seculares.

Mas do que somente um alerta. O texto também mostra, que ao contrario do que pensam os que se dedicam a “estudar” intelectualmente a sabedoria de Deus. Que é perda de tempo querer conhecer Deus pela sabedoria humana. Como podem pensar conhecer um Deus que excede a compreensão pela mente limitada e finita dos homens? Deus é infinito e inalcançável pelo conhecimento e a logica. É um convite a libertarmos das nossas convicções do saber e nos entregarmos a simplicidade da fé: Ora, a fé é a certeza daquilo que esperamos e a prova das coisas que não vemos. Hebreus 11:1.

Essa nossa convicção pela fé, que é vista pelos os homens sábios pelas suas próprias definições como loucura! Deus vê como a única possibilidade de alcançarmos o discernimento dos seus mandamentos e vontade explicitamente registrados nas sagradas escrituras e que ao contrario do que homens dizem ser necessário estuda-las; é tão somente necessário de que venham aceitar a Jesus Cristo e o Espirito Santo como seu consolador: E outra vez: O Senhor conhece os pensamentos dos sábios, que são vãos. 1 Coríntios 3:20.

Mesmo que ontem tenha aludido a este assunto aproveitando a ignorância espiritual de uma pessoa que percebe-se não ter nenhum conhecimento e nem temor de Deus. A exortação que faço baseada estritamente nos textos bíblicos é também para os que estão dentro das muitas igrejas evangélicas e que também esperam que aja uma manifestação baseada no conhecimento dos pastores, dos presbíteros ou de membros mais antigos, tornando-os também  “sábios” e esperando neles encontrarem as respostas para seus questionamentos pessoais. Para os que agem assim; a própria escritura já alerta quanto as consequência de não buscarem elas mesmas em Deus e por Cristo na leitura da Palavra: O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento; porque tu rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; e, visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos. Oséias 4:6.

O que parece contrariar o que dizem ser obvio na cultura secular. Que devemos estudar muito para obter mais conhecimento. O profeta de Deus  exorta-nos exatamente em relação ao obter o melhor conhecimento, que era, e ainda é rejeitado: O conhecimento de Deus! E onde encontramos este conhecimento? Nas instituições de ensino secular? Definitivamente pelo exemplo da “vidente” que citei ontem não será instituições que poderão encontrar o conhecimento do que se refere a Deus: Pois o Senhor é quem dá sabedoria; de sua boca procedem ao conhecimento e o discernimento. Provérbios 2:6.

Penso que entendam que quando me refiro à ausência de resultados que levem ao conhecimento nas instituições de ensino secular; que eu estou me referindo ao conhecimento especifico das coisas concernentes a Deus e a Cristo! Que fique claro também que sei da existência de instituições que se dedicam a estudarem o tema Deus. Contudo, infelizmente quase que a totalidade está presa a RELIGIÕES. E como já postei anteriormente a religiosidade introduzida por homens cujo intuito maior é a defesa das suas próprias teorias e não da vontade de Deus, são a razão e causa do descredito em relação a verdadeira e única palavra de Deus: Tenham cuidado para que ninguém os escravize a filosofias vãs e enganosas, que se fundamentam nas tradições humanas e nos princípios elementares deste mundo, e não em Cristo. Colossenses 2:8.

Eu posso me colocar como exemplo da inutilidade das religiões como fonte do conhecimento profundo e verdadeiro de Deus. Já citei o fato de ter ao longo dos 44 anos e meio que antecederam a minha salvação em Cristo como buscava ter conhecimento de Deus. Tendo nascido em um lar (como a maioria dos lares do Brasil) onde se cultuava a Religião Católica e seus representantes. Logo cedo pude “experimentar” o “conhecimento” de um padre preso aos muitos Dogmas dessa instituição religiosa qquando fui impedido de realizar a primeira comunhão (deles) por que minha camisa tinha o modelo diferente dos outros alunos. Isso aos meus 11 anos.

Por volta dos meus 18 para 19 anos como todo pós-adolescente encantado pelas “novidades” do mundo tomei conhecimento de outra pratica de “conhecimento” errado de Deus: O espiritismo e por consequência  certo tempo depois (um abismo chama outro abismo) lá estava eu experimentando mais dos conhecimentos dos homens! Fui parar no candomblé (o que os baianos pensam que todos tem que passar). Mas uma vez pude presenciar as consequências desses conhecimentos baseados em homens e suas fabulas e lá permaneci por aproximadamente uns 09 anos. Até que mesmo sem ainda conhecer Jesus; cansei de ser enganado e larguei tudo àquilo que não me levava a lugar nenhum (que prestasse) e como muitos também dizem que fazem: Continuei a crer em Deus do meu jeito. Ainda bem que Deus não me deixou continuar por este novo engano.

Então a graça e misericórdia de Deus me alcançou um mês após eu ter completado 45 anos.: Deus olha lá dos céus para os filhos dos homens, para ver se há alguém que tenha entendimento, alguém que busque a Deus. Salmos 53:2.

Vocês devem está a perguntar? Como um cara que errou tanto para pelo caminho pode ser alcançado por Deus? Simples assim: Eu ainda não tinha o entendimento. Mas, ninguém pode negar que eu o estava buscando. E o mais importante! Eu na minha “ignorância espiritual.” buscava unicamente o verdadeiro Deus e creio do fundo do coração e pelo entendimento que hoje tenho da palavra que Deus não levou em conta minhas tentativas e erros. Tanto é verdade! Que depois Ele me disse: O Espírito Santo também nos testifica a este respeito. Primeiro ele diz: "Esta é a aliança que farei com eles, depois daqueles dias, diz o Senhor. Porei as minhas leis em seus corações e as escreverei em suas mentes"; e acrescenta: "Dos seus pecados e iniquidades não me lembrarei mais". Hebreus 10:15-17.

Por isso meus queridos (as) pondo de lado a minha maneira às vezes não tão adquada para os “religiosos” de falar de um assunto tão sério como o perdão, Deus e Jesus. Não me constranjo, pois o que aprendi com meu próprio exemplo de vida é que não devemos seguir de maneira nenhuma os conceitos dos homens.

Pois com certeza se me orientasse pelos seus  “conhecimentos” correria um grande risco de negar a alguém, seja ela quem quer que fosse, um crédito de confiança e não aceitar que o pior dos piores pelos conceitos ou pré-conceitos humanos possa um dia dizer: Eu aceitei a Jesus Cristo e Ele mudou o meu viver! E não recebe-lo como meu verdadeiro irmão em Cristo.

Esses são os efeitos desconhecidos para quem não deseja conhecer o verdadeiro Deus é o que nos torna loucos para entendermos pela sabedoria de Deus como devemos viver entre os homens de acordo com os ensinamentos da Palavra de Deus. O apostolo Paulo que foi um dos primeiros a compreender estes efeitos disse: Esta é uma palavra fiel, e digna de toda a aceitação, que Cristo Jesus veio ao mundo, para salvar os pecadores, dos quais eu sou o principal.
Mas por isso alcancei misericórdia, para que em mim, que sou o principal, Jesus Cristo mostrasse toda a sua longanimidade, para exemplo dos que haviam de crer nele para a vida eterna. Ora, ao Rei dos séculos, imortal, invisível, ao único Deus sábio, seja honra e glória para todo o sempre. Amém. 1 Timóteo 1:15-17.

Para quem ainda não sabe! O apostolo Paulo antes de ter encontrado o próprio Jesus a caminho de Damasco para onde estava indo perseguir e até matar os seus seguidores. Era um Fariseu e seu nome era Saulo de Tarso: E pediu-lhe cartas para as sinagogas de Damasco, a fim de que, caso achasse alguns que fossem do Caminho, tanto homens como mulheres, os levasse presos a Jerusalém. Atos 9:2

E por fim ele veio, no entanto há ser o principal responsável pela divulgação do evangelho de Cristo e autor de mais de um terço dos registros do seu poder e divindade como Filho de Deus: Em sua viagem, quando se aproximava de Damasco, de repente brilhou ao seu redor uma luz vinda do céu.
Ele caiu por terra e ouviu uma voz que lhe dizia: "Saulo, Saulo, por que você me persegue? "
Saulo perguntou: "Quem és tu, Senhor? " Ele respondeu: "Eu sou Jesus, a quem você persegue. Levante-se, entre na cidade; alguém lhe dirá o que você deve fazer". Atos 9:3-6

E assim meus queridos (as) pela loucura ou pelo privilegio de servir a Jesus Cristo! É que todos que assim como Saulo o obedeceu podemos continuar a escrever e divulgar a todo mundo que:

Só Jesus Cristo Salva Cura e Liberta porque nos perdoa e Ama.

Amém.

PS: E como é maravilhoso sermos loucos por Ele.

image

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Usem este espaço para testemunhar como este Blog mudou sua forma de relacionar-se com Jesus Cristo.