terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Se for possível, quanto depender de vós, tende paz com todos os homens. Romanos 12:18

image

Que bom seria se toda a humanidade pudesse viver em paz! Este é desejo da maioria das pessoas principalmente nesta época onde a essência de Deus que existe em cada um clama pela presença verdadeira de Jesus Cristo nos corações. Ainda que muitos a ignore. Contudo para que está paz fosse realmente possível seria necessário que todos os povos cressem em Jesus Cristo. Pois, como o versículo ensina a conquista da paz coletiva depende da ação individual de cada um de nós.

Infelizmente não é o que temos observado ultimamente. As noticias que nos chega de toda parte do mundo graças aos avanços tecnológicos mostram sinais visíveis até para que não é crente e conhecedor da palavra de Deus de algo anormal que está provocando tanta ira em todo mundo.

Como disse não é preciso nem crer em Jesus para perceber que a escalada de violência que tem assolado a humanidade está próxima dos anos mais obscuros da história da humanidade moderna. Tanto no Antigo testamento como no Novo Testamento encontraremos advertências claras sobre estes tempos, que estamos principiando viver.

Não desfaleça o vosso coração, nem temais pelo rumor que se ouvir na terra; pois virá num ano um rumor, e depois noutro ano outro rumor; e haverá violência na terra, dominador contra dominador. Jeremias 51:46.

E ouvireis falar de guerras e rumores de guerras; olhai não vos perturbeis; porque forçoso é que assim aconteça; mas ainda não é o fim. Mateus 24:6.

É verdade, ainda não será o fim. Porém haverá dias muitos difíceis para todos e principalmente para o povo de Deus. Mas, não se iludam? Assim como hoje vemos a crescente violência atingir a todos indistintamente também neste tempo será difícil para quem não é. Pois, o autor de todas essas anormalidade o demônio está cada vez mais se sentindo ameaçado pela proximidade da vinda do Senhor Jesus Cristo, tentará de todas as maneiras impedir que as pessoas possam vim aceitar Jesus Cristo e promover a paz. Aparte-se do mal, e faça o bem, Busque a paz e vá após dela; 1 Pedro 3:11

Mesmo que a suas mentes bombardeadas pelo conhecimento das coisas terrenas não queira aceitar a existência do mal manifestado pelo diabo e seus demônios, talvez compreendam o porquê da principal arma deles ainda atinja de forma tão dolorosa para todos e principalmente para Jesus, que para nos dar condição de termos a oportunidade de por Ele sermos salvos. A morte. Quando falo da morte! Não me refiro somente a morte física. A morte pela qual o diabo tem como o ultimo recurso para tragar as almas das criaturas de Deus evitando que possam ter um encontro com Jesus é a morte: Espiritual. Ora, o último inimigo a ser destruído é a morte. 1 Coríntios 15:26.

Temos vistos nos noticiários como a maldade do Diabo tem sido astutamente usada para cada vez mais discriminar a descrença dos homens em relação a Deus e a Jesus Cristo. Todo o dia se vê nas mídias; mortes violentas sem medidas que atinge desde recém-nascidos, crianças de todas as idades, jovens, pais e mães, esposas, maridos, filhos (as). Para que tem o conhecimento do agir deste ser maligno e sabe que a sua intenção principal é levar as pessoas a um estado de desespero que as leve a desacreditarem de Deus. E, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará. Mateus 24:12.

Porque naqueles dias haverá uma tribulação tal, qual nunca houve desde o princípio da criação, que Deus criou, até agora, nem jamais haverá.
Se o Senhor não abreviasse aqueles dias, ninguém se salvaria, mas ele, por causa dos eleitos que escolheu, abreviou aqueles dias.
Então, se alguém vos disser: Eis aqui o Cristo! Ou: Ei-lo ali! Não acrediteis.
Porque hão de surgir falsos cristos e falsos profetas, e farão sinais e prodígios para enganar, se possíveis, até os escolhidos.
Ficai vós, pois, de sobreaviso; eis que de antemão vos tenho dito tudo.
Mas naqueles dias, depois daquela tribulação, o sol escurecerá, e a lua não dará a sua luz; as estrelas cairão do céu, e os poderes que estão nos céus, serão abalados.
Então verão vir o Filho do homem nas nuvens, com grande poder e glória.
E logo enviará os seus anjos, e ajuntará os seus eleitos, desde os quatro ventos, desde a extremidade da terra até a extremidade do céu.
Da figueira, pois, aprendei a parábola: Quando já o seu ramo se torna tenro e brota folhas, sabeis que está próximo o verão.
Assim também vós, quando virdes sucederem essas coisas, sabei que ele está próximo, mesmo às portas.
Em verdade vos digo que não passará esta geração, até que todas essas coisas aconteçam.
Passará o céu e a terra, mas as minhas palavras não passarão.
Quanto, porém, ao dia e à hora, ninguém sabe nem os anjos no céu nem o Filho, senão o Pai.
Olhai! Vigiai! Porque não sabeis quando chegará o tempo. Marcos 13:19-33

Para muitos a narrativa acima pode parecer um devaneio de crente. Deixe o seu preconceito de lado, e passe a observar os acontecimentos que estão em todos os lugares e afetando a todos como nunca antes houve e se mesmo assim, ainda achar que é um devaneio. Ore! Para que Jesus Cristo não volte amanhã e você não tenha tido tempo de sair deste engano: Chegou-lhes os olhos e endureceu lhes o coração, para que não vejam com os olhos e entendam com o coração, e se convertam, e eu os cure. João 12:40.

Só Jesus Cristo pode promover a Paz. Primeiro em vós Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; eu não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize. João 14:27. E depois no mundo vindouro para toda eternidade: Tenho-vos dito estas coisas, para que em mim tenhais paz. No mundo tereis tribulações; mas tende bom ânimo, eu venci o mundo. João 16:33.

Amém.

image  PS: Natal sem Jesus? Estou fora!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Usem este espaço para testemunhar como este Blog mudou sua forma de relacionar-se com Jesus Cristo.