domingo, 30 de outubro de 2011

Ordene aos que são ricos no presente mundo que não sejam arrogantes, nem ponham sua esperança na incerteza da riqueza, mas em Deus, que de tudo nos provê ricamente, para a nossa satisfação. 1 Timóteo 6:17

 

a b ¡blia n úo  ® contra possuirmos benscaia na real

Tudo parece muito mais fácil quando tentamos construir a nossa segurança ao redor do dinheiro, não é? Mas basta os primeiros abalos as catástrofes no mundo os colapsos econômicos embargos e desastres naturais que logo se vê acabar com a base dessa segurança, o que não é surpresa quando ela se baseia e está na riqueza ou coisas físicas. Contudo quando a nossa esperança está em Deus, mesmo no imprevisto podemos compartilhar a riqueza das suas bênçãos no mundo ao nosso redor e a segurança que o que mais importante na nossa vida não pode ser tirado de nós: A Fé em Jesus Cristo pela qual sabemos que o melhor para nós está no porvir.

Ordene-lhes que pratiquem o bem, sejam ricos em boas obras, generosos e prontos para repartir.
Dessa forma, eles acumularão um tesouro para si mesmo, um firme fundamento para a era que há de vir, e assim alcançarão a verdadeira vida. 1 Timóteo 6:18-19.

Todos nós passamos por dificuldades e o cristão não está imune, pelo contrario, para nós é muito mais difícil viver em uma sociedade em que o ter e mais importante do que o ser. O alegado conhecimento a razão, há muito interfere no exercício da fé pura em Deus e na confiança em suas promessas. Timóteo guarde o que lhe foi confiado. Evite as conversas inúteis e profanas e as ideias contraditórias do que é falsamente chamado conhecimento; professando-o, alguns se desviaram da fé. A graça seja com vocês. 1 Timóteo 6:20-21.

A partir do surgimento do humanismo filosófico o homem encontrou “na sua razão” uma forma de desviar-se dos ensinamentos puros da sã doutrina de Deus. Introduziram o chamado Pensamento Humano, onde acham que pelo muito se estudar as línguas e a cultura antiga podem estabelecer fundamentos para a vida do homem. Dai surgiu a Deificação de Deus relacionando-o misticamente de acordo com o desejo interesse e vontade dos homens.

Deificação |e-i| s. f. 1. Divinização; apoteose. 2. Identificação mística com Deus.

1. Incluir no número dos deuses. 2. Divinizar; endeusar. 3. Considerar como divino (o que não o é).

4. Fazer a apoteose de. v. pron. 5. Arrogar-se caráter divino.

Uma vez introduzido este pensamento; a sã doutrina de Deus foi sendo deturpada e transformada em sucessivos dogmas institucionais baseados e adaptados a interesses meramente carnal e humano, perdendo toda a sua relação verdadeira e necessária de interação entre o homem natural  e o espiritual. Afinal somos por definição: Um espirito que está dentro de uma carne (corpo) e que tem uma mente (alma).

Uma vez que não entendem essa relação intrínseca da qual depende o verdadeiro discernimento da vontade e dos mandamentos de Deus. E passam arrogantemente dirigir a suas vidas baseando-as no pensamento de que: Pela nossa própria capacidade podem vencer qualquer obstáculo. Não percebem que foi esta mesma arrogância que impediu e impede que os homens compreendam a inutilidade do muito saber e conhecimento humano para obter a verdadeira compreensão das coisas de Deus, pois elas são espirituais como Deus também é não podem portando, ser compreendidas de outra forma.

Desde o inicio da pregação do Reino de Deus por Jesus Cristo a mais de 2000 anos, aqueles que diziam terem o conhecimento de Deus também se recusaram a aceitar que todo o conhecimento que eles obtiveram a partir dos ensinamentos passados de geração após geração estavam incompletos pela ausência do Espirito Santo de Deus em suas vidas. Não conseguiam entender que o que Jesus ensinava era exatamente o que já havia sido dito ensinado e registrado nas Escrituras, mais que a eles não havia sido revelado em espirito. E, começando por Moisés, e por todos os profetas, explicava-lhes o que dele se achava em todas as Escrituras. Lucas 24:27.

Porém, é o que ainda continua acontecendo nos dias atuais, ainda vemos todos os tipos de manifestações de entendimento equivocado com relação a Deus e a Jesus Cristo, justamente porque pessoas, seja por interesse obscuro ou até movido por nobre intenção, perde-se nas falsas ideias humanista e filosófica de achar que podem entender carnalmente um Deus que é Espirito. Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade. João 4:24O Achismo é um pensamento demoniaco que leva a pessoa desprezar a verdade de Deus e acreditar em tudo que lhe pareça favoravel.

A minha comissão dada por Jesus Cristo é a de levar ao maior numero possível das suas criaturas a verdade da sua palavra. Por isso, que quando faço a exposição desta crença, não estou de maneira alguma baseando-me em um pensamento pessoal, estou cumprindo exatamente aquilo para qual o senhor Jesus me salvou e libertou que é também levar a vocês o mesmo entendimento que todos os que são verdadeiramente Discípulos de Jesus Cristo tem que compartilhar: As boas novas do Seu Evangelho.

Eles pregaram as boas novas naquela cidade e fizeram muitos discípulos. Então voltaram para Listra, Icônio e Antioquia, fortalecendo os discípulos e encorajando-os a permanecer na fé, dizendo: “É necessário que passemos por muitas tribulações para entrarmos no Reino de Deus”. Atos 14:21-22

Quando Paulo e Barnabé registraram este detalhe da vida cristã, foi para nos lembrar de que é difícil se tornar cristão. Mais isso nos leva a uma importante grande e principal diferença entre os ensinamentos das Escrituras Sagradas e em particular o Novo Testamento; em relação a todos os pensamentos ideias teorias filosofias, livros ou regras de homens que é a sua transparência e sinceridade nas informações consequências e os objetivos de como e quando sentimos os seus resultados, diferente de todas as outras formas,ela nos mostra que há tempos difíceis para novos cristãos! Jesus Cristo nunca disse em nenhuma das suas pregações que a vida de um cristão seria como dizem: Um mar de rosas.

Mais muito mais do que um mar de rosas Ele promete a aqueles que perseverarem na obediência aos mandamentos e vontade de Deus.

Confirmando os ânimos dos discípulos, exortando-os a permanecer na fé, pois que por muitas tribulações nos importa entrar no reino de Deus. Atos 14:22

Por isso me comprometo a não apenas compartilhar o Evangelho com vocês. Estou a disposição para humildemente compartilhar com qualquer um que deseje aceitar a Jesus Cristo ou para os que já tenham aceitado e coloco-me a disposição para ver como estão indo, para fortalecê-los e encorajá-los pela palavra de Deus e pelo amor de Jesus Cristo. Basta que entre em contato.

E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que estes. Marcos 12:31.

Amém.

image

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Usem este espaço para testemunhar como este Blog mudou sua forma de relacionar-se com Jesus Cristo.

Deus está no controle!

Ainda que eu não te ouça, pois o mundo faz de tudo para te calar! (Trecho da Canção Mar de Vidro de Rodolfo Abrantes) Apesar das inúmeras v...