segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Meus irmãos, considerem motivo de grande alegria o fato de passarem por diversas provações, pois vocês sabem que a prova da sua fé produz perseverança. Tiago 1:2-3

doce amor

Pode até parecer estranho alegrar-se pela provação. Porém se entendermos como o versículo sugere: Para provar a nossa fé e ensinar a sermos perseverantes. Realmente é motivo para nos alegrarmos.

Além do mais existe uma grande diferença entre Provação = Situação de aflição e sofrimento; e a Tentação = Atração para fazer o mal por esperança de obter prazer ou lucro.

Normalmente a provação acontece na forma de adversidades que se levantam contra nós, já a tentação é aquela situação em que somos seduzidos, e induzidos ao pecado. A tentação pode vir do Tentador ou de dentro do ser humano e o seu resultado leva a destruição e a morte. Ninguém, sendo tentado, diga: De Deus sou tentado; porque Deus não pode ser tentado pelo mal, e a ninguém tenta. Tiago 1:13

Cada um, porém, é tentado pela própria cobiça, sendo por esta arrastada e seduzido.
Então a cobiça, tendo engravidado, dá à luz o pecado; e o pecado, após ter-se consumado, gera a morte. Tiago 1:14-15.

Mas a provação quando vencida, é sim! Motivo de grande alegria ela produz a perseverança, promove o nosso crescimento pessoal e espiritual e o tem a principal ação de nos aproxima mais de Deus. O próprio Jesus Cristo alertava quanto a passarmos por provas: Todos odiarão vocês por minha causa; mas aquele que perseverar até o fim será salvo. Marcos 13:13.

Isto caracteriza uma pessoa que tem Perseverança = Permanência num estado ou numa atividade, mesmo em caso de oposição ou fracasso. Seja qual seja a situação que se apresente nada o faz recuar.

Jesus Cristo deu o maior exemplo de perseverança quando mesmo sabendo que tipo de sofrimento haveria de passar não recuou diante da ameaça e manteve-se firme no proposito para o qual Deus havia lhe destinado. Dizendo: Pai, se queres, passa de mim este cálice; todavia não se faça a minha vontade, mas a tua. Lucas 22:42.

O propósito da vida de um Cristão é ser um imitador de Jesus Cristo e a perseverança é uma das atitudes pela qual devemos estabelecer princípios dessa condição em nossas vidas. E a perseverança deve ter ação completa, a fim de que vocês sejam maduros e íntegros, sem lhes faltar coisa alguma.
Se algum de vocês tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá livremente, de boa vontade; e lhe será concedida. Tiago 1:4 e 5.

A sabedoria tem que andar lado a lado com o cristão temente a Deus; ela é que nos ajuda a discernir quando não estamos sendo imitadores de Jesus, pois é a sabedoria proveniente da nossa fé e dada pelo Espirito Santo de Deus; o que não nos deixa a opção da duvida. Peça-a, porém, com fé, sem duvidar, pois aquele que duvida é semelhante à onda do mar, levada e agitada pelo vento. Não pense tal homem que receberá coisa alguma do Senhor; é alguém que tem mente dividida e é instável em tudo o que faz. Tiago 1:4-8.

Um dos muitos enganos que é praticado por algumas Igrejas Cristãs Evangélicas e que tem formado legiões de crentes “motivacionados” é a impressão passada de que uma vez que se aceita a Jesus Cristo como seu Salvador os problemas da pessoa acabaram. Contudo esquece-se de avisar aos “motivados novos crentes” que o principal alvo de Jesus Cristo enquanto esteve entre os homens, não foi resolver os seus problemas materiais. O alvo de Jesus Cristo foi e será sempre a Salvação do Pecador da Morte Eterna. Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua alma? Ou que dará o homem em recompensa da sua alma? Mateus 16:26.

O que naquela época já parecia loucura para os que ouviam e também não entendia que estavam ouvindo ensinamentos do próprio Deus na pessoa de Jesus quanto ao seu Reino e não das coisas do mundo. Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus. 1 Coríntios 6:10.

Se observarem ainda hoje são os mesmos tipos de pessoas citadas acima que não querem aceitar a verdade da palavra de Deus. Imaginem se todos os participantes desses grupos também queiram aprovar leis que garanta os seus direitos de ser o que escolheram serem? Estaria estabelecido o caos. Nunca em época alguma da historia da humanidade houve uma lei criada por homem que tenha sido justa em todos os seus aspectos estabelecidos e ainda hoje não há.

Mais se observassem os ensinamentos contidos nos Evangelhos de Jesus Cristo, viriam neles o estabelecimento de praticas condutas atos posicionamentos escolhas e principalmente direito e respeito às pessoas e a tudo. E, que se fosse de conhecimento de todos haveria mais do verdadeiro amor entre os homens. E, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará. Mateus 24:12.

Amor! Talvez esta seja a palavra mais distorcida pela humanidade até hoje:

Amor |ô| (latim amor, -oris)

s. m.

1. Sentimento que induz a aproximar, a proteger ou a conservar a pessoa pela qual se sente afeição ou atração; grande afeição ou afinidade forte por outra pessoa (ex.: amor filial, amor materno). = AFETO ≠ ÓDIO, REPULSA.

2. Sentimento intenso de atração entre duas pessoas. = PAIXÃO

3. Ligação afetiva com outrem, incluindo geralmente também uma ligação de cariz sexual (ex.: ela tem um novo amor; anda de amores com o colega). (Também usado no plural.) = CASO, NAMORO, RELACIONAMENTO, ROMANCE.

4. Ser que é amado.

5. Disposição dos afetos para querer ou fazer o bem a algo ou alguém (ex.: amor à humanidade, amor aos animais). ≠ DESPREZO, INDIFERENÇA

6. Entusiasmo ou grande interesse por algo (ex.: amor à natureza). = PAIXÃO ≠ AVERSÃO, DESINTERESSE, FOBIA, HORROR, ÓDIO, REPULSA.

7. Coisa que é objeto desse entusiasmo ou interesse (ex.: os livros eletrônicos são o meu amor mais recente). = PAIXÃO

8. Qualidade do que é suave ou delicado (ex.: faz isso com mais amor). = BRANDURA, DELICADEZA, SUAVIDADE.

9. Pessoa considerada simpática, agradável ou a quem se quer agradar (ex.: ela é um amor; vem cá, amor). = QUERIDO

10. Coisa cuja aparência é considerada positiva ou agradável (ex.: o quarto dos miúdos está um amor).

11. Ligação intensa de caráter filosófico, religioso ou transcendente (ex.: amor de Deus). ≠ DESRESPEITO

12. Grande dedicação ou cuidado (ex.: amor ao trabalho). = ZELO ≠ DESCUIDO, NEGLIGÊNCIA.

Amor cortês: sentimento, frequente na literatura medieval, que se caracteriza por uma relação de vassalagem entre o cavaleiro e a sua amada.

Amor livre: ligação afetiva que recusa as convenções sociais e as instituições legais, notadamente o casamento.

Fazer amor: ter relações sexuais.

Morrer de amor (es): gostar muito.

Não morrer de amor (es): não gostar.

Por amor à arte: de forma desinteressada.

Ter amor a: dar importância a (ex.: se tens amor ao dinheiro, pensa melhor no que vais fazer).

Viram como a palavra Amor, perdeu o seu real significado ao longo de Séculos de distorção quanto ao seu sentido original? Que é, a expressão da plenitude do caráter de Deus. E nós conhecemos, e cremos no amor que Deus nos tem. Deus é amor; e quem está em amor está em Deus, e Deus nele. 1 João 4:16.

Sentimento de apreciação por alguém, acompanhado do desejo de lhe fazer o bem.

Deus é amor. Seu amor é à base da ALIANÇA, o fundamento da sua fidelidade e a razão da eleição do seu povo.

Cristo é a maior expressão e prova do amor de Deus pela humanidade. O Espírito Santo derrama o amor no coração dos salvos.

O amor é a mais elevada qualidade cristã, devendo nortear todas as relações da vida com o próximo e com Deus. Esse amor envolve consagração a Deus e confiança total nele, incluindo compaixão pelos inimigos e o sacrifício em favor dos necessitados.
Este é o verdadeiro sentido do sentimento gerado pelo o Amor; e que infelizmente foi totalmente distorcido pela incapacidade do homem em compreender Deus.

O Amor Ágape: É o amor de Deus. Este é o amor mais sublime, mais alto, é a palavra usada para expressar o amor de Deus. Este é o amor descrito em I Coríntios 13. Sugiro que leiam.

Quando falamos sobre o amor de Cristo usa-se a palavra Ágape. Esta palavra descreve um amor desinteressado, de alguém que se dispõe a dar de si mesmo sem esperar receber nada em troca. É o amor que leva alguém a oferecer a sua própria vida para salvar a outros.

Espero que de agora em diante ao utilizar a expressão Amor, principalmente se relacionada a Deus Jesus e ao Espirito Santo. Tenham convicção e discernimento para usa-la.

Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor. 1 Coríntios 13:13.

Deus nos ama tanto que enviou seu Filho Jesus Cristo para morrer pelos nossos pecados.

Jesus te ama.

Amém.

image

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Usem este espaço para testemunhar como este Blog mudou sua forma de relacionar-se com Jesus Cristo.