domingo, 23 de outubro de 2011

Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido. 1 Coríntios 2:15

leia a b ¡blia

Ainda falando sobre a razão pela qual não adiantaria tentar através de debates no campo do conhecimento e da razão tentar explicar o porquê da minha confiança plena na Bíblia. O principal motivo posso dizer, que é exatamente a ausência do Espirito Santo de Deus que é quem nos ajuda a compreender o que somente pode ser discernido espiritualmente. As quais também falamos, não com palavras de sabedoria humana, mas com as que o Espírito Santo ensina, comparando as coisas espirituais com as espirituais. 1 Coríntios 2:13.

Costumo até citar como exemplo, a diferença que há entre lê a Bíblia como se fosse apenas mais um livro e ler um livro qualquer que não seja a Bíblia.

É fato que qualquer pessoa com a mínima de capacidade de leitura básica, poderá entender e alguns até aprimorar os conhecimentos passados ou então apenas compreender a mensagem do escritor. Não é assim que se dá a transmissão do conhecimento racional? O que, no entanto não permite que a mesma compreensão possa ser alcançada apenas com a leitura e a tentativa de entendimento baseado somente no conhecimento racional humano quando se trata da Bíblia. Alias a própria característica espiritual da Bíblia impede que seja assim; afinal ela não relata uma história fato ou acontecimento somente do que já ocorreu! O seu conteúdo é o próprio conhecimento da vontade de Deus para a sua principal criação: O ser humano. É como costumo afirmar: O nosso manual do fabricante. Não que possamos reivindicar qualquer coisa com base em nossos próprios méritos, mas a nossa capacidade vem de Deus. 2 Coríntios 3:5.

Isso remete para outra condição que é essencial para que alguém possa entender a Bíblia. Que é o fato, de que não cabe a nenhuma pessoa querer interpreta-la ao seu bel prazer. Este é outro dos argumentos de quem não quer crer no que a bíblia diz: Que homens deram interpretações próprias. Fazem uma confusão entre Traduções e Intepretações e assim tentam invalidar o que não entendem. Sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação. 2 Pedro 1:20.

Profecia = A mensagem do profeta. Também dom espiritual capacitação sobrenatural para edificação da família de Deus. Quem tinha esse dom anunciava verdades novas ao povo de Deus.

Outra característica que invalida esta alegação é o fato de que as Escrituras Sagradas, que é na verdade o conteúdo do que chamamos de Bíblia. Que por sua vez significa: Livros. E recebeu este nome da palavra grega biblos que é a parte interior do papiro. Os egípcios utilizava o papiro como um tipo de material para escrever. (dai a origem da palavra papel.) Sendo, portanto não apenas um livro! Mais uma coleção de 66 documentos reunidos ao longo de 1500 anos.

Outro fato que dá aos documentos contidos na Bíblia um caráter especial, é o fato de que o seu conteúdo foi revelado por inspiração do Espirito Santo de Deus a 40 homens de nações e línguas diferentes mais que harmonizam entre si, mesmo havendo uma diferença de mais de 400 anos entre a antiga aliança e a nova.

Revelação = Ato pelo qual Deus torna conhecido um propósito ou uma verdade. Ato pelo qual Deus faz com que alguma coisa seja claramente entendida. Explicação ou apresentação de verdades divinas.

Portanto não pode ser lida como sendo apenas mais um livro. O qual antes prometeu pelos seus profetas nas santas escrituras, Romanos 1:2

Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça; 2 Timóteo 3:16. O que lhe dá uma característica ainda mais especial é o fato de que apesar dos seus ensinamentos estarem à disposição de quem queira; é dirigida principalmente para quem realmente crer. Toda a Palavra de Deus é pura; escudo é para os que confiam nele. Provérbios 30:5.

O que corrobora a razão de afirmar não ser possível que a leiam sem a ajuda e o discernimento dado pelo Espirito Santo de Deus. E também pela própria incapacidade de quem tenta lê-la com suspeitas motivações racionais para tentar sustentar qualquer alegada “interpretação”. Por esta razão, nós também, desde o dia em que o ouvimos, não cessamos de orar por vós, e de pedir que sejais cheios do conhecimento da sua vontade, em toda a sabedoria e inteligência espiritual; Colossenses 1:9.

Durante séculos as Escrituras Sagradas, a Bíblia tem sido contestada, perseguida, difamada e até hoje proibida em algumas nações, o que, porém não impede de ser o livro mais impresso traduzido e lido em todo mundo.

A Bíblia, portanto é a própria palavra de Deus e é assim que a vemos: A sua palavra viva para nós crentes em Jesus Cristo. Ele, porém, respondendo, disse: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus. Mateus 4:4.

Quando oramos pelo Nome de Jesus, conversamos com Deus! E quando lemos a Bíblia a Palavra. Deus fala conosco. Sendo de novo gerados, não de semente corruptível, mas da incorruptível, pela palavra de Deus, viva, e que permanece para sempre. 1 Pedro 1:23

Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração. Hebreus 4:12.

De sorte que a fé é pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus. Romanos 10:17

Esta é a razão pela qual deposito minha confiança total plena e eterna na palavra de Deus. E sabemos que já o Filho de Deus é vindo, e nos deu entendimento para conhecermos o que é verdadeiro; e no que é verdadeiro estamos, isto é, em seu Filho Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna. 1 João 5:20.

Amém

image

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Usem este espaço para testemunhar como este Blog mudou sua forma de relacionar-se com Jesus Cristo.