terça-feira, 13 de setembro de 2011

Ele veio e anunciou paz a vocês que estavam longe e paz aos que estavam perto, pois por meio dele tanto nós como vocês temos acesso ao Pai, por um só Espírito. Efésios 2:17 e 18.

religião aprisiona

O evangelho de Jesus é o evangelho da Paz! Pela palavra é que tomamos conhecimento que Jesus veio ao mundo para nós dar condições de ter acesso a Deus movido em um só Espirito, pois Ele é a nossa paz.

Mas agora, em Cristo Jesus, vocês, que antes estavam longe, foram aproximados mediante o sangue de Cristo. Pois ele é a nossa paz, o qual de ambos fez um e destruiu a barreira, o muro de inimizade, anulando em seu corpo a lei dos mandamentos expressa em ordenanças. O objetivo dele era criar em si mesmo, dos dois, um novo homem, fazendo a paz, e reconciliar com Deus os dois em um corpo, por meio da cruz, pela qual ele destruiu a inimizade. Efésios 2: 13 – 16.

Uma vez que recebemos a paz do Senhor podemos nos achegar sem receio ao Pai, fomos reconciliados por meio da Cruz e não somos mais como estranhos e inimigos do Reino de Deus. Portanto, vocês já não são estrangeiros nem forasteiros, mas concidadãos dos santos e membros da família de Deus, edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, tendo Jesus Cristo como pedra angular, no qual todo o edifício é ajustado e cresce para tornar-se um santuário santo no Senhor.

Nele vocês também estão sendo juntamente edificados, para se tornarem morada de Deus por seu Espírito. Efésios 2:19-22.

Ser edificado para ser morada de Deus é um dos muitos privilegio que alcançamos a partir da reconciliação com Deus através de Jesus. "Jesus respondeu, e disse-lhe: Se alguém me ama, guardará a minha palavra, e meu Pai o amará, e viremos para ele, e faremos nele morada." João 14 : 23.

É o que tento explicar as pessoas que me perguntam: de que igreja você é? Respondendo que: eu sou a igreja de Cristo! Pois sou templo do Espirito Santo de Deus. "Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos?" I Coríntios 6 : 19. E que congrego juntamente com meus irmãos em Cristo sob o teto de uma construção que por nos abrigar é chamada de Igreja ou Templo do Senhor.

O homem na sua limitada capacidade teve a em algum momento da historia o pensamento de dar continuidade a  não mais importante necessidade de construírem prédios suntuosos tais como os narrados no Antigo Testamento, quando a condição pecadora dos homens fazia necessário que houvesse uma edificação levantada por homens afim de que pudessem oferecer sacrifícios pelos seus constantes pecados. Jesus Cristo, porém veio a ser o ultimo e suficiente sacrifício de Sangue. Eliminando a necessidade de se construir uma habitação construída por homens. O mais importante do que estamos tratando é que temos um sumo sacerdote como esse, o qual se assentou à direita do trono da Majestade nos céus e serve no santuário, no verdadeiro tabernáculo que o Senhor erigiu, e não o homem. Hebreus 8: 1 e 2.

Jesus se fez oferta de sacrifício pelos pecados de todos os homens e através Dele passamos ter acesso direto a Deus em seu precioso Nome. Segundo o eterno propósito que fez em Cristo Jesus nosso Senhor, No qual temos ousadia e acesso com confiança, pela nossa fé nele. Efésios 3: 11 e 12.

Como continuação a minha explicação do qual motivo me faz recusar a identificar-me por meio da placa de uma denominação. Fazendo-a secundaria a minha condição de Cristão, Crente Evangélico! O que vem a ser a mesma coisa se a pessoa for realmente um seguidor de Jesus! Procuro mostrar que a importância do prédio edificado para abrigar a igreja de Jesus torna-se necessária pelo contexto pelo qual nele estaremos reunidos com o único proposito de adoramos ao Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo através do louvor oração em comunhão entre irmãos e no mesmo sentimento.

Pedro respondeu: Arrependam-se, e cada um de vocês seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos seus pecados, e receberão o dom do Espírito Santo.  Pois a promessa é para vocês, para os seus filhos e para todos os que estão longe, para todos quantos o Senhor, o nosso Deus chamar.

Com muitas outras palavras os advertia e insistia com eles: Salvem-se desta geração corrompida! Os que aceitaram a mensagem foram batizados, e naquele dia houve um acréscimo de cerca de três mil pessoas.

Eles se dedicavam ao ensino dos apóstolos e à comunhão, ao partir do pão e às orações.

Todos estavam cheios de temor, e muitas maravilhas e sinais eram feitos pelos apóstolos.

Todos os que criam mantinham-se unidos e tinham tudo em comum.

Vendendo suas propriedades e bens, distribuíam a cada um conforme a sua necessidade.

Todos os dias, continuavam a reunir-se no pátio do templo. Partiam o pão em suas casas, e juntos participavam das refeições, com alegria e sinceridade de coração, louvando a Deus e tendo a simpatia de todo o povo. E o Senhor lhes acrescentava todos os dias os que iam sendo salvos. Atos 2: 38-47.

Obs. Sempre que a palavra temor aparece nos textos do Novo Testamento o seu significado é de: respeito; modo de se referir a Deus. Apesar de que, momentaneamente as pessoas até sentirem medo pela novidade que era para eles presenciarem o agir de Deus em homens que até antes da morte de Jesus eram como eles.

Como podem ver; a vida em igreja era também uma vida em comunidade, não importava onde estivessem reunidos, fossem ainda nos templos que havia ou em suas próprias casas. Onde estivessem reunidos eram a igreja e Jesus estava com eles. Pois onde se reunirem dois ou três em meu nome, ali eu estou no meio deles. Mateus 18:20.

Todos que recebem a Jesus Cristo como seu Salvador tornam-se parte da verdadeira igreja de Cristo e tem livre acesso a Deus. Pois é no coração do homem arrependido e liberto do pecado que habita o Senhor. "Mas o Altíssimo não habita em templos feitos por mãos de homens, como diz o profeta:" Atos 7 : 48

Antes porém, nisso se alegra: "Porque já é manifesto que vós sois a carta de Cristo, ministrada por nós, e escrita, não com tinta, mas com o Espírito do Deus vivo não em tábuas de pedra, mas nas tábuas de carne do coração." II Coríntios 3 : 3.

Ser Cristão não é defender nome de igreja. Assim como o crer em Deus não se faz por uma religião. Não estamos tentando novamente recomendar-nos a vocês, porém lhes estamos dando a oportunidade de exultarem em nós, para que tenham o que responder aos que se vangloriam das aparências e não do que está no coração. II Coríntios 5:12

Somente é necessário que façam o que está escrito: "E disse-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para perdão dos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo;" Atos 2 : 38.

Disse a mulher: Senhor, vejo que é profeta. Nossos antepassados adoraram neste monte, mas vocês, judeus, dizem que Jerusalém é o lugar onde se deve adorar.

Jesus declarou: Creia em mim, mulher: está próxima a hora em que vocês não adorarão o Pai nem neste monte, nem em Jerusalém.

Vocês, samaritanos, adoram o que não conhecem; nós adoramos o que conhecemos, pois a salvação vem dos judeus. No entanto, está chegando a hora, e de fato já chegou em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade. São estes os adoradores que o Pai procura.

Deus é espírito, e é necessário que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade. João 4:19-24.

E todos verão em ti a igreja de Cristo.

Amém.

image

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Usem este espaço para testemunhar como este Blog mudou sua forma de relacionar-se com Jesus Cristo.

Deus está no controle!

Ainda que eu não te ouça, pois o mundo faz de tudo para te calar! (Trecho da Canção Mar de Vidro de Rodolfo Abrantes) Apesar das inúmeras v...