sexta-feira, 23 de setembro de 2011

E, quando chegaram ao lugar chamado a Caveira, ali o crucificaram, e aos malfeitores, um à direita e outro à esquerda. E dizia Jesus: Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem. E, repartindo as suas vestes, lançaram sortes.Lucas 23:33,34

Obs. Exceto pela Cruz, os cravos a coroa de espinho e as feridas. Nesta imagem qualquer semelhança física do ator com o único e inimitável Jesus; não passa de imaginação do roteirista que por sua vez atendeu ao diretor a quem lhe disseram que era essa. Leiam Isaias 53 abaixo.

17

A palavra diz que Jesus é quem intercede por nós junto ao Pai. "Quem é que condena? Pois é Cristo quem morreu, ou antes, quem ressuscitou dentre os mortos, o qual está à direita de Deus, e também intercede por nós." Romanos 8 : 34. Pelo que pedimos e também pelo tanto que ainda erramos. E creio que apesar de já ter se passado mais de 2.000 anos da sua morte Ele ainda continua repetindo não mais na Cruz do Calvário mais a sua direita: Pai perdoa-lhes que não sabem o que fazem.

Não diariamente, pois a falta de criatividade é peculiar a Satanás, que também é conhecido como sendo um imitador não lhe capacitar a tanto! Mais de tempo em tempo surge mais uma “novidade” de pessoas que não tem nenhum compromisso com Deus e Jesus, com idéias que aparentemente seria para a expansão e divulgação do nome Dele, mais que por total falta de conhecimento e verdadeiro respeito querem fazer uma imagem caricata de Jesus Cristo baseada na falsa intenção de contribuir para atrair os jovens para Jesus.

Confesso que até que relutei em dá atenção a mais esta baboseira humana, contudo ao meditar neste versículo hoje pela manhã vi nele uma boa oportunidade de mostrar-lhes o quando a humanidade continua sem saber o que fazer em relação aquele que foi é e será o mais importante acontecimento que marcou a vida dos homens. "E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai, cheio de graça e de verdade." João 1 : 14.

Estou falando de uma matéria que saiu na BBC Brasil ontem: Artista cria 'Jesus sarado' para aproximar jovens da religião Americano Stephen Sawyer quer renovar a ideia que a atual geração faz de Cristo.

Não irei incluir a imagem que não é outra senão aquela que dizem ser Dele mais que não passa de uma imaginação conveniente aos seus divulgadores, com características de um halterofilista = halterofilismo (halterofilia + -ismo)

s. m.[Esporte] Esporte que consiste em levantar pesos e halteres. Se já não bastasse a ignorância espiritual de acreditar que Jesus pudesse ter as características arianas ou caucasianas das pinturas difundidas há séculos. O Senhor Stephen Sawyer demonstra claramente ser uma pessoa que não possui nenhum entendimento espiritual da Bíblia o que deixa bem claro com está idiota afirmação: 'Não sei como Cristo era visto há 2 mil anos, nem me importa. Quero criar uma iconografia que seja relevante para hoje.

Somente uma mente predisposta a distorcer a verdade poderia elaborar tal conceito. Se este cidadão que como americano a muito deixaram de serem os melhores exemplos de divulgadores da palavra de Deus, ao menos pedisse orientação a um verdadeiro homem de Deus saberia que Jesus não se “moldou sua imagem a nenhum padrão de beleza física”. Muito pelo contrario, em varias passagens do Novo Testamento verão que ao longo do 3 anos nos quais Ele peregrinou na Judéia sempre que se sentia ameaçado a ponto de que se fosse apanhado pelos seus inimigos teria que antecipar o que já estava planejado desde seu nascimento. Jesus aproveitava-se do fato de ser um homem Judeu comum, para misturar-se a multidão é passar despercebido.

Todos os que estavam na sinagoga ficaram furiosos quando ouviram isso.

Levantaram-se, expulsaram-no da cidade e o levaram até ao topo da colina sobre a qual fora construída a cidade, a fim de atira-lo precipício abaixo. Mas Jesus passou por entre eles e retirou-se. Lucas 4:28-30

Querer assemelhar Jesus a imagem de Chuck Norris um ator de filmes policial com atributos de Carateca é no mínimo um tremendo mau gosto. Jesus não veio para combater o erro do pecado pela violência ou a imposição de ideia. O que tornava Jesus perigoso para seus desafetos fariseus e saduceus era suas palavras repletas de verdades sobre Deus. "E maravilharam-se da sua doutrina, porque os ensinava como tendo autoridade, e não como os escribas." Marcos 1 : 22.

Então os fariseus saíram e começaram a conspirar sobre como poderiam matar Jesus.

Sabendo disso, Jesus retirou-se daquele lugar. Muitos o seguiram, e ele curou a todos os doentes que havia entre eles, advertindo-os que não dissessem quem ele era.

Isso aconteceu para se cumprir o que fora dito pelo do profeta Isaías:

"Eis o meu servo, a quem escolhi o meu amado, em quem tenho prazer. Porei sobre ele o meu Espírito, e ele anunciará justiça às nações. Não discutirá nem gritará; ninguém ouvirá sua voz nas ruas.

Não quebrará o caniço rachado, não apagará o pavio fumegante, até que leve à vitória a justiça.

Em seu nome as nações porão sua esperança. Mateus 12:14-21

Se os jovens de hoje precisam de uma imagem para inspira-se, deveriam fechar os olhos e imaginarem Jesus Cristo na Cruz do Calvário morrendo pelos meus e seus pecados conforme a descrição que o profeta Isaias revelou aproximadamente 750 anos antes da sua morte:

Ele cresceu diante dele como um broto tenro, e como uma raiz saída de uma terra seca. Ele não tinha qualquer beleza ou majestade que nos atraísse nada em sua aparência para que o desejássemos.

Foi desprezado e rejeitado pelos homens, um homem de tristeza e familiarizado com o sofrimento. Como alguém de quem os homens escondem o rosto, foi desprezado, e nós não o tínhamos em estima. Isaías 53:2-3.

Imaginem mais um pouco:

Certamente ele tomou sobre si as nossas enfermidades e sobre si levou as nossas doenças, contudo nós o consideramos castigado por Deus, por ele atingido e afligido.

Mas ele foi transpassado por causa das nossas transgressões, foi esmagado por causa de nossas iniqüidades; o castigo que nos trouxe paz estava sobre ele, e pelas suas feridas fomos curados.

Todos nós, tal qual ovelhas, nos desviamos, cada um de nós se voltou para o seu próprio caminho; e o Senhor fez cair sobre ele à iniqüidade de todos nós.

Ele foi oprimido e afligido, contudo não abriu a sua boca; como um cordeiro foi levado para o matadouro, e como uma ovelha que diante de seus tosquiadores fica calada, ele não abriu a sua boca.

Com julgamento opressivo ele foi levado. E quem pode falar dos seus descendentes? Pois ele foi eliminado da terra dos viventes; por causa da transgressão do meu povo ele foi golpeado.

Foi-lhe dado um túmulo com os ímpios, e com os ricos em sua morte, embora não tivesse cometido qualquer violência nem houvesse qualquer mentira em sua boca.

Contudo foi da vontade do Senhor esmagá-lo e fazê-lo sofrer, e, embora o Senhor faça da vida dele uma oferta pela culpa, ele verá sua prole e prolongará seus dias, e a vontade do Senhor prosperará em sua mão.

Depois do sofrimento de sua alma, ele verá a luz e ficará satisfeito; pelo seu conhecimento meu servo justo justificará a muitos, e levará a iniqüidade deles.

Por isso eu lhe darei uma porção entre os grandes, e ele dividirá os despojos com os fortes, porquanto ele derramou sua vida até a morte, e foi contado entre os transgressores. Pois ele carregou o pecado de muitos, e intercedeu pelos transgressores. Isaías 53:4-12

Caro Senhor Stephen Sawyer, infelizmente esta imagem que o senhor pensa ser um incentivo a busca por Jesus é a causa dos muitos desvios que a séculos os homens como o senhor vem tomando, por querer “produzir” um Jesus que seja a imagem e semelhança dos desejos incompatível dos homens que não entendem a mensagem da Cruz. "Porque a palavra da cruz é loucura para os que perecem; mas para nós, que somos salvos, é o poder de Deus." I Coríntios 1 : 18.

Jesus Cristo foi sim um carpinteiro, como o senhor afirma querendo atribuir a sua profissão a necessidade de ser uma pessoa provida de músculos além do natural. O que o Senhor não conseguiu entender, foi que o material mais bruto que Ele teve que carregar não desenvolveu lhe músculos. Os pesos dos nossos pecados rasgaram sua pele, rompeu os seus tendões, esmagou os seus órgãos, transpassou o seu corpo, esvaiu o seu sangue e consumou o que viria a ser a nossa Salvação: a sua morte.

Que Deus na sua infinita misericórdia possa alcançá-lo para que seja tirado o véu que até hoje lhe cobre os olhos para que não veja a verdadeira imagem do Pai no Filho.

Amém

image

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Usem este espaço para testemunhar como este Blog mudou sua forma de relacionar-se com Jesus Cristo.

Deus está no controle!

Ainda que eu não te ouça, pois o mundo faz de tudo para te calar! (Trecho da Canção Mar de Vidro de Rodolfo Abrantes) Apesar das inúmeras v...