domingo, 7 de agosto de 2011

No entanto, está chegando a hora, e de fato já chegou, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade. São estes os adoradores que o Pai procura. João 4:23.

Joao6-51

Os séculos passam e a palavra de Deus permanece atual como se fosse escrita hoje. Em todos os cantos do mundo vemos pessoas “adorando” seus deuses cada qual crendo que estes são o seu Deus.

Mesmo quando Jesus esteve conosco já havia o mesmo pensamento, tanto que os versículos anteriores ao do titulo da postagem de hoje, mostra o dialogo de Jesus com uma mulher Samaritana = Pessoa nascida em Samaria, região que ficava entre a Judéia e a Galiléia. Os judeus e os samaritanos não se davam por causa de diferenças de religião, raça e costumes.

E é neste dialogo que Jesus deixa para nós também o ensinamento da verdadeira forma de render adoração ao verdadeiro e único Deus de toda humanidade.

Disse a mulher: "Senhor, vejo que é profeta. Nossos antepassados adoraram neste monte, mas vocês, judeus, dizem que Jerusalém é o lugar onde se deve adorar".

Jesus declarou: Creia em mim, mulher: está próxima a hora em que vocês não adorarão o Pai nem neste monte, nem em Jerusalém.

Vocês, samaritanos, adoram o que não conhecem; nós adoramos o que conhecemos, pois a salvação vem dos judeus. João 4:19-22.

Jesus não estava apenas confrontando a religião daquela mulher, que foi ensinada para que esperasse o Messias e então conheceria Deus. Jesus continuou a explica-la o porquê da sua afirmação: Deus é espírito, e é necessário que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade. João 4:24 – Ela porém, e como até hoje ocorre com as pessoas que dizem estarem esperando ou que até já encontraram Deus mais não consegue compreender palavras daquele que lhe falava: O Filho de Deus. Disse a mulher: "Eu sei que o Messias ( chamado Cristo ) está para vir. Quando ele vier, explicará tudo para nós". João 4:25.

E permanece buscando ou esperando. Ele tinha autoridade para esta afirmação  mesmo que ela não soubesse, pois, falava de si mesmo: a salvação do mundo. Então Jesus declarou: "Eu sou o Messias! Eu, que estou falando com você. João 4:26.

O interessante desta passagem é que Jesus além de estar conversando com uma mulher (que na época sofria varias restrições) Ele também se revela como sendo o Messias aguardado por todos.

Penso que se está mulher já não tivesse sua crença baseada ne religiosidade dos seus instrutores, teria meditado em tudo o que Jesus havia dito e entenderia a maravilhosa revelação que recebeu, mais assim como acontece com quem não aceita Jesus no coração, ela após terem sido interrompidos. Naquele momento os seus discípulos voltaram e ficaram surpresos ao encontrá-lo conversando com uma mulher. Mas ninguém perguntou: "Que queres saber? " ou: "Por que estás conversando com ela? " Então, deixando o seu cântaro, a mulher voltou à cidade e disse ao povo: João 4:27 e 28 – Voltou novamente para a sua religiosidade de questionamentos e expectativa: "Venham ver um homem que me disse tudo o que tenho feito. Será que ele não é o Cristo? " Então saíram da cidade e foram para onde ele estava. João 4:29-30.

Mais para Glória de Deus a semente da palavra já havia sido lançada, só faltava ser germinada e Jesus estava ali para completar o que havia começado e mesmo que os próprios discípulos não compreendessem. Enquanto isso, os discípulos insistiam com ele: "Mestre, come alguma coisa". João 4:31 – Talvez pensado que Ele tinha parado ali por estar com fome. Mas ele lhes disse: "Tenho algo para comer que vocês não conhecem". Então os seus discípulos disseram uns aos outros: "Será que alguém lhe trouxe comida? "

Disse Jesus: "A minha comida é fazer a vontade daquele que me enviou e concluir a sua obra. João 4:32-34.

E para que fosse cumprindo este desejo de satisfazer a vontade do Pai. Ele começou a ensinar  como costumava fazer, de forma que qualquer um com o coração desejoso da verdade pudesse compreender. Vocês não dizem: ‘Daqui a quatro meses haverá a colheita’? Eu lhes digo: Abram os olhos e vejam os campos! Eles estão maduros para a colheita.

Aquele que colhe já recebe o seu salário e colhe fruto para a vida eterna, de forma que se alegram juntos o que semeia e o que colhe.

Assim é verdadeiro o ditado: ‘Um semeia, e outro colhe’.

Eu os enviei para colherem o que vocês não cultivaram. Outros realizaram o trabalho árduo, e vocês vieram a usufruir do trabalho deles. João 4:35-38.

Jesus estava com isso mostrando aos discípulos que antes deles os vários profetas e homens de Deus já haviam preparado o povo para conhecerem a verdade e também os ensinava o que e como deveriam fazer, para quando não mais estivesse com eles. Muitos samaritanos daquela cidade creram nele por causa do seguinte testemunho dado pela mulher: "Ele me disse tudo o que tenho feito".

Assim, quando se aproximaram dele, os samaritanos insistiram em que ficasse com eles, e ele ficou dois dias. E por causa da sua palavra, muitos outros creram.

E disseram à mulher: "Agora cremos não somente por causa do que você disse, pois nós mesmos o ouvimos e sabemos que este é realmente o Salvador do mundo".

Depois daqueles dois dias, ele partiu para a Galiléia. João 4:39-43

Depois desta passagem a Bíblia não relata mais nada sobre está mulher e os seus compatriotas Samaritanos, mais posso imaginar que depois de terem convivido com Jesus mesmo que somente por 02 dias ela não só creu como entendeu o que Ele afirmou anteriormente.  Havia ali o poço de Jacó. Jesus, cansado da viagem, sentou-se à beira do poço. Isto se deu por volta do meio-dia.

Nisso veio uma mulher samaritana tirar água. Disse-lhe Jesus: "Dê-me um pouco de água". ( Os seus discípulos tinham ido à cidade comprar comida. )

A mulher samaritana lhe perguntou: "Como o senhor, sendo judeu, pede a mim, uma samaritana, água para beber? " ( Pois os judeus não se dão bem com os samaritanos. )

Jesus lhe respondeu: "Se você conhecesse o dom de Deus e quem lhe está pedindo água, você lhe teria pedido e ele lhe teria dado água viva".

Disse a mulher: O senhor não tem com que tirar a água, e o poço é fundo. Onde pode conseguir essa água viva?

Acaso o senhor é maior do que o nosso pai Jacó, que nos deu o poço, do qual ele mesmo bebeu, bem como seus filhos e seu gado? "

Jesus respondeu: "Quem beber desta água terá sede outra vez, mas quem beber da água que eu lhe der nunca mais terá sede. Pelo contrário, a água que eu lhe der se tornará nele uma fonte de água a jorrar para a vida eterna". A mulher lhe disse: "Senhor, dê-me dessa água, para que eu não tenha mais sede, nem precise voltar aqui para tirar água". João 4:6-15.

Jesus é o nosso tudo! Quem tem Jesus tem a vida. "E Jesus lhes disse: Eu sou o pão da vida; aquele que vem a mim não terá fome, e quem crê em mim nunca terá sede." João 6 : 35.

Você podem procurar ou espera, mais não encontrará em nenhum lugar deste mundo quem ou aonde possa saciar a sua sede de: Paz, Alegria, Prosperidade, Cura e Salvação e Vida Eterna. Somente em Jesus e por Jesus é possível em nenhum outro! "E disse-me mais: Está cumprido. Eu sou o Alfa e o Ômega, o princípio e o fim. A quem quer que tiver sede, de graça lhe darei da fonte da água da vida." Apocalipse 21:6.

Em Jesus Cristo encontramos a própria essência da vida: "Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor." I João 4:8

"Amados, amemos uns aos outros; porque o amor é de Deus; e qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus." I João 4:7.

Hoje Jesus fala através dos Evangelhos e em todo Novo Testamento e também não importa se quem deseja ouvi-lo seja “tal como um samaritano”.

Jesus te Ama.

Amém.

image

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Usem este espaço para testemunhar como este Blog mudou sua forma de relacionar-se com Jesus Cristo.

Deus está no controle!

Ainda que eu não te ouça, pois o mundo faz de tudo para te calar! (Trecho da Canção Mar de Vidro de Rodolfo Abrantes) Apesar das inúmeras v...