quarta-feira, 4 de maio de 2011

"É necessário que ele cresça e que eu diminua." João 3 : 30

timthumb.php

"Sede unânimes entre vós; não ambicioneis coisas altas, mas acomodai-vos às humildes; não sejais sábios em vós mesmos;" Romanos 12:16

Aquele que muito quer nada tem. Quando desejamos coisas altas demais corremos o risco de não alcança-las e depois sofrer com o sentimento de incapacidade e frustração. Muitas vezes buscamos glória e reconhecimento para nós mesmos, mas não é essa a recomendação bíblica. Deus quer que estejamos satisfeitos com as coisas humildes, e caso Ele achar que convém nos dará as coisas grandes para que Seu nome seja glorificado.

Diferentemente do pensamento atual, onde o possuir mais a qualquer custo está se tornando a essência da vida da maioria das pessoas e tem também aumentado a fila de candidatos aos divãs dos psicólogos, a busca inconsequente pela riqueza ou o adquiri mais do que realmente necessita traz por consequências varias frustações que pode culminar em um colapso emocional levando a pessoa ao estagio depressivo.

A ideia de que: “qualquer esforço vale a pena quando a mente não é pequena” é uma grande e mentirosa armadilha onde incautos adeptos desta prática logo irão perceber o alto preço que é pago. Justamente por não nos contentamos com o que temos ou podemos ter sem que seja necessário ultrapassar limites normais é que vemos cada vez mais o ser humano tornar-se uma criatura Egoísta e Ego Centrica.

João Batista veio ao mundo anunciar e preparar o caminho para Jesus. Ele ensinava aos homens a valorizar mais as pessoas do que as coisas. Os conceitos de justiça social que João Batista já mencionava em sua época não pensem os amigos que mudaram em relação aos dias atuais. Como hoje havia corrupção, injustiça de classe, abuso de autoridade e toda sorte de descaminho.

Ele percorreu toda a região próxima ao Jordão, pregando um batismo de arrependimento para o perdão dos pecados.

Como está escrito no livro das palavras de Isaías, o profeta: Voz do que clama no deserto: ‘Preparem o caminho para o Senhor, façam veredas retas para ele.

Todo vale será aterrado e todas as montanhas e colinas, niveladas. As estradas tortuosas serão endireitadas e os caminhos acidentados, aplanados. (Aqui ele fala simbolicamente dos muitos enganos que era cometido)

E toda a humanidade verá a salvação de Deus.

João dizia às multidões que saíam para serem batizadas por ele: “Raça de víboras”! Quem lhes deu a ideia de fugir da ira que se aproxima?

Deem frutos que mostrem o arrependimento. E não comecem a dizer a si mesmos: ‘Abraão é nosso pai’. Pois eu lhes digo que destas pedras Deus pode fazer surgir filhos a Abraão.

“O machado já está posto à raiz das árvores, e toda árvore que não der bom fruto será cortada e lançada ao fogo”.

"O que devemos fazer então?”, perguntavam as multidões.

João respondia: "Quem tem duas túnicas reparta-as com quem não tem nenhuma; e quem tem comida faça o mesmo". (Aqui João mostra o exercício de amparar aos mais necessitados)

Alguns publicanos também vieram para serem batizados. Eles perguntaram: "Mestre, o que devemos fazer? "

Ele respondeu: "Não cobrem nada além do que lhes foi estipulado". ( Os publicanos era Judeus colocados pelos Romanos para cobrar impostos do povo e que cobravam a mais e ficava com a diferença.)

Então alguns soldados lhe perguntaram: "E nós, o que devemos fazer? " Ele respondeu: "Não pratiquem extorsão nem acusem ninguém falsamente; contentem-se com o seu salário". (Aqui fica claro que João os acusa de serem corruptos e ladrões do povo pela força do poder.)

O povo estava em grande expectativa, questionando em seus corações se acaso João não seria o Cristo.

João respondeu a todos: “Eu os batizo com água”. Mas virá alguém mais poderoso do que eu, tanto que não sou digno nem de curvar-me e desamarrar as correias das suas sandálias. Ele os batizará com o Espírito Santo e com fogo.

Ele traz a pá em sua mão, a fim de limpar sua eira e juntar o trigo em seu celeiro; mas queimará a palha com fogo que nunca se apaga.

E com muitas outras palavras João exortava o povo e lhe pregava as boas novas. Lucas 3:3-18.

Jesus também mostrou aos apóstolos e os discípulos os mesmo princípios e mais ainda Ele foi o exemplo de como é possível sim uma pessoa não ceder às tentações. E não adianta querer insinuar que para Jesus foi fácil por que Ele era o Filho de Deus; não existe isto no Reino de Deus. "Porque naquilo que ele mesmo, sendo tentado, padeceu, pode socorrer aos que são tentados." Hebreus 2 : 18. Este versículo e outros comprova que Jesus nunca teve ou usou do privilégio de ser Filho de Deus. O que diferencia Jesus de mim, por exemplo, é que mesmo que ao longo do 45 anos que levei sem conhecê-lo eu tentasse me opor a Satanás e suas tentações (o que na maioria das vezes nem fazemos) nunca obteria sucesso, com certeza e isso ocorreu em algum ponto eu cedi.

Vocês então perguntariam? É preciso então ser especial como Jesus para conseguir? Não! Ser especial não é a questão, o que nos habilita a termos uma visão diferenciada das coisas é exatamente à observação do que está escrito desde o Antigo Testamento e foi colocado como regra de conduta, ética, moral, social para a convivência humana de acordo com a vontade Deus.

Sempre que se fala de conduta humana há uma associação natural do conceito humano entre o Bem e o Mal.

Mais ao mesmo tempo demonstram total ceticismo em relação à origem, causa e efeitos dos mesmos. Que por ser de origem espiritual não é bem compreendida. Jesus, no entanto sempre deu provas de que existe sim uma grande e malévola influência do diabo em determinadas atitudes e deixou claro isso: "Ninguém, sendo tentado, diga: De Deus sou tentado; porque Deus não pode ser tentado pelo mal, e a ninguém tenta." Tiago 1 : 13.

A tentação é definida como: Tentação s.f. Atração por coisa proibida. / Movimento íntimo que incita ao mal: resistir à tentação. / Desejo veemente. Um dos muitos nomes que é atribuído ao diabo é o de Tentador, como o versículo acima ensina: Deus não pode se tentado e nem a ninguém tenta; fica claro quem é o responsável pelos diversos descaminhos que João Batista já mencionava e que ainda hoje são praticados.

Não seria ingênuo de afirmar que todos que aceitam a Jesus são transformados imediatamente em pessoas extremamente honestas e que se contente como que tem e lamento por isso! Está cada vez mais raro encontrar-mos estas qualidades e os noticiários mostram cada vez mais pessoas que dizem serem Crentes ou Cristãos enlameando o nome do Senhor. Graças a Deus que a salvação é individual e para que ocorra em sua vida basta que sua palavra seja: "Seja, porém, o vosso falar: Sim, sim; Não, não; porque o que passa disto é de procedência maligna."  Mateus 5 : 37.

Pois é exatamente o que deveria ocorrer. Muitos se lembram da musica do Regis Danese que fala de certo Zaqueu. O que talvez não saibam é que o Zaqueu existiu e foi transformando imediatamente após ter um encontro com Jesus.: Jesus entrou em Jericó, e atravessava a cidade.

Havia ali um homem rico chamado Zaqueu, chefe dos publicanos.

Ele queria ver quem era Jesus, mas, sendo de pequena estatura, não o conseguia, por causa da multidão.

Assim, correu adiante e subiu numa figueira brava para vê-lo, pois Jesus ia passar por ali.

Quando Jesus chegou àquele lugar, olhou para cima e lhe disse: "Zaqueu, desça depressa. Quero ficar em sua casa hoje".

Então ele desceu rapidamente e o recebeu com alegria.

Todo o povo viu isso e começou a se queixar: "Ele se hospedou na casa de um ‘pecador’ ".

Mas Zaqueu levantou-se e disse ao Senhor: "Olha Senhor! Estou dando a metade dos meus bens aos pobres; e se de alguém extorqui alguma coisa, devolverei quatro vezes mais".

Jesus lhe disse: Hoje houve salvação nesta casa! Porque este homem também é filho de Abraão.

“Pois o Filho do homem veio buscar e salvar o que estava perdido”. Lucas 19:1-10.

O conhecimento do real significado da vinda de Jesus é suficiente para mudar a vida de uma pessoa e para que isso ocorra não é necessário que achasse nenhuma condição materialmente falando na pessoa. "Desde então começou Jesus a pregar, e a dizer: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus." Mateus 4 : 17. Está é a única coisa que Jesus pede: que se arrependam!

Não pense que ser Crente é ser tapado, idiota, alienado ou louco por viver o que é a agradável a Deus.

"Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai."  Filipenses 4 : 8.

Amém.

AA Vivo por Jesus -

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Usem este espaço para testemunhar como este Blog mudou sua forma de relacionar-se com Jesus Cristo.