sábado, 30 de abril de 2011

Até quando sofrerão homens de pouca Fé?

 

floresta_thumbs

O meu Deus suprirá todas as necessidades de vocês, de acordo com as suas gloriosas riquezas em Cristo Jesus. Filipenses 4:19.

Sei que parece difícil para muitos que não conhecem as verdadeiras riquezas de Cristo aceitar a ideia de que podemos abrir mão das nossas preocupações em obter o que achamos ser o necessário para satisfazermos nossas necessidades. Entretanto, é exatamente ai que está o principio das gloriosas riquezas de Jesus! Ele está ensinando que não devemos colocar como prioridade as riquezas materiais e terrenas: "Porque amavam mais a glória dos homens do que a glória de Deus." João 12:43.

Até antes da vinda de Jesus este mundo físico terreno era o limite da vida do homem. Jesus, porém veio para estabelecer uma nova condição para nossa vida; a de sermos feitos Filhos de Deus! Por aceitamos a Jesus como nosso Salvador e assim eles nos leva a sermos Eternos. A maioria das pessoas tem dificuldade de aceitar esta mensagem por não conhecerem a sua própria origem como criação de Deus e limitam seus entendimentos somente ao campo terreno e material, ao que é palpável. Mesmo que no interior a sua alma e espirito clamem pela compreensão de situações que nenhuma ciência consegue explicar.

O medo da morte é uma destas situações que os seres humanos mais temem, justamente por ter limitado a concepção das suas vidas aos curtos intervalos entre o nascimento, vida e morte. Medo este que nós que cremos em Jesus e na sua Ressureição não podemos e nem devemos compartilhar uma vez que Jesus é a agua que saciou a nossa sede: "Mas aquele que beber da água que eu lhe der nunca terá sede, porque a água que eu lhe der se fará nele uma fonte de água que salte para a vida eterna." João 4 : 14.

Jesus veio estabelecer uma nova concepção em relação ao conhecimento que os homens tinha em relação à morte e ensinar que nós fomos criados a imagem e semelhança de Deus também no que se refere a eternidade. "Eu lhes asseguro: Quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna e não será condenado, mas já passou da morte para a vida. João 5:24.

Porém diferente daquilo que é ensinado pelas diversas religiões as condições que leva os homens a conquistarem a vida eterna não tem nada haver com a sua capacidade de realizar “algo” que possa justifica-los e torna-los merecedor: Não trabalhem pela comida que se estraga, mas pela comida que permanece para a vida eterna, a qual o Filho do homem lhes dará. Deus, o Pai, nele colocou o seu selo de aprovação.

Então lhe perguntaram: "O que precisamos fazer para realizar as obras que Deus requer? "

Jesus respondeu: "A obra de Deus é esta: crer naquele que ele enviou". João 6:27-29.

Esta condição para os religiosos e mestres das leis era e ainda é muito simples por ser acessível a qualquer pessoa independente de sacrifícios oferendas, raça, condições sociais ou qualquer outra formula “prescrita” por homens. Dai por que não querendo perder os privilégios que ostentavam e que até hoje insistem em querer manter. Surgiu então as Religiões criadas por eles! Inclusive a que se diz senhora de todas. Nenhuma, porém será pela sua antiguidade ou mera pretensão que tenha condição de levar o homem à vida eterna.

Como já postei Jesus nunca estabeleceu nenhuma religião Ele nos deixou os Evangelhos que são as boas novas que todos podem receber em qualquer lugar e adora-lo também: Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade. João 4:24

Ora se Deus é Espírito e nós somos a sua imagem e semelhança também somos Espíritos! Mais não esses espíritos que dizem terem comunhão com Deus mais são espíritos do deus deste mundo e que usam as pessoas: E também de muitos saíam demônios, clamando e dizendo: Tu és o Cristo, o Filho de Deus. E ele, repreendendo-os, não os deixava falar, pois sabiam que ele era o Cristo. Lucas 4:41

Os Espirito que se manifestam por possessões ou dominação dos sentidos e levam as pessoas cometerem coisas que nunca imaginariam fazer não são e nem podem ser do Deus da Bíblia. Deus ama os pecadores! E espera que cada um se arrependa dos seus pecados, mais não tem nenhuma comunhão e nem aceita participar das coisas que neste mundo são atribuídas como sendo para sua adoração.

Antes digo que as coisas que os gentios sacrificam, as sacrificam aos demônios, e não a Deus. E não quero que sejais participantes com os demônios. 1 Coríntios 10:20

Não podeis beber o cálice do Senhor e o cálice dos demônios; não podeis ser participantes da mesa do Senhor e da mesa dos demônios. 1 Coríntios 10:21

Nós que buscamos o entendimento das coisas espirituais sabemos que nossa luta não é contra pessoas, pois é sabido o quanto um demônio pode levar uma pessoa que aparentemente é normal a ter atitudes não naturais: Um homem, no meio da multidão, respondeu: Mestre, eu te trouxe o meu filho, que está com um espírito que o impede de falar.

Onde quer que o apanhe, joga-o no chão. Ele espuma pela boca, range os dentes e fica rígido. Pedi aos teus discípulos que expulsassem o espírito, mas eles não conseguiram.

Respondeu Jesus: "Ó geração incrédula, até quando estarei com vocês? Até quando terei que suporta-los? Tragam-me o menino".

Então, eles o trouxeram. Quando o espírito viu Jesus, imediatamente causou uma convulsão no menino. Este caiu no chão e começou a rolar, espumando pela boca.

Jesus perguntou ao pai do menino: Há quanto tempo ele está assim? Desde a infância, respondeu ele.

"Muitas vezes o tem lançado no fogo e na água para mata-lo. Mas, se podes fazer alguma coisa, tem compaixão de nós e ajuda-nos. " Marcos 9:17-22

Jesus na passagem acima alerta aos discípulos que não estaria com eles para sempre e que se não aprendesse logo a distinguir e expulsar os espíritos que não são de Deus eles continuariam a atormentar as pessoas.

Uma vez tendo escolhido a andar com Jesus e servi-lo em obediência a sua Palavra e Mandamentos verão a diferença de terem o Espirito Santo de Deus ao seu lado: E repousará sobre ele o Espírito do SENHOR, o espírito de sabedoria e de entendimento, o espírito de conselho e de fortaleza, o espírito de conhecimento e de temor do SENHOR. Isaías 11:2

O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus. Romanos 8:16

Vejam que diferença! Não somos tomados à força para ser amaldiçoados, atormentados e levados à loucura. O Espirito Santo é o nosso consolador que irá nos ensinar como andar em comunhão com Deus: Mas aquele Consolador, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar-se de tudo quanto vos tenho dito. João 14:26

O Espirito que rege os acontecimentos loucos deste mundo, as desgraças familiares, os desvios morais, as guerras e contendas entre os homens não é um espirito de Deus: Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais. Efésios 6:12

Nos quais o deus deste século cegou os entendimentos dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, que é a imagem de Deus. 2 Coríntios 4:4

Jesus é a Luz que veio ao mundo para tirar o homem da escuridão e da cegueira espiritual e você não ainda não tem certeza que veio a este mundo somente por Nascer pelo Viver e até Morrer. Não perca mais tempo! Venha para a luz de Cristo: E esta é a promessa que ele nos fez: a vida eterna. 1 João 2:25

Não estou falando de imortalidade neste mundo: Porque a vontade de meu Pai é que todo o que olhar para o Filho e nele crer tenha a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia. João 6:40.

Amém.

AA Vivo por Jesus -

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Usem este espaço para testemunhar como este Blog mudou sua forma de relacionar-se com Jesus Cristo.

Deus está no controle!

Ainda que eu não te ouça, pois o mundo faz de tudo para te calar! (Trecho da Canção Mar de Vidro de Rodolfo Abrantes) Apesar das inúmeras v...