sábado, 19 de março de 2011

Sejam Santos vivo pois! Mortos nada podem fazer.

1tessalonicenses4_7

Aqui em Salvador – Bahia está acontecendo uma intensa movimentação entre os católicos com relação a canonização de Irmã Dulce como Santa.

O que me motiva a tocar neste assunto que aparentemente não deveria me interessar, pois não sou discípulo do Papa, mas que exatamente por ser discípulo de Jesus e crente fiel a Deus me vejo levado a observar algumas incoerências que existe em relação às tradições da Igreja Católica que estão completamente em desacordo com a Bíblia onde estão as únicas orientações fiéis às palavras e mandamentos de Deus.

Vamos chamar de Prerrogativas para ser Santo ou Santa da Igreja Católica:

Para a Igreja Católica é necessário uma serie provas físicas, testemunhos, atributos, veneração, beatificação, interesses políticos e muito investimento em tempo e dinheiro para que alguém diga ter em “seu nome” alcançado um milagre seja reconhecida pela Congregação dos Ritos, órgão da cúria romana e assim elevado (a) pelo Papa como Santo (a).

Outro fato extremamente curioso é que todos os chamados Santos ou candidatos quando em vida nada milagroso praticaram, mais bastou que morressem para desandar a realizar milagres, é no mínimo curioso ou não? Principalmente quando a palavra diz: Ora, Deus não é Deus de mortos, mas de vivos; porque para ele vivem todos. Lucas 20:38.

Então através de que deus estes defuntos pratica estes ditos milagres?

Eu gostaria que os lideres que criaram pelas suas tradições e doutrinas humana estas condições para “santificar” alguém que supostamente tenha feito algo considerado milagroso explicassem!

Principalmente quando sabemos que eles dizem crerem em Deus mais que parece terem esquecido do que Deus diz: Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele. João 14:21.

Ora se a palavra de Deus diz que ninguém poderá realizar milagres de cura ou libertação que não seja pelo nome do Senhor Jesus. Então como pode alguém que não invocou o seu nome por estar o mesmo morto; curar ou libertar uma pessoa que fez o pedido em nome do defunto santo?

Vejam como Pedro Apóstolo de Jesus curou um homem coxo: E disse Pedro: Não tenho prata nem ouro; mas o que tenho isso te dou. Em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, levanta-te e anda. Atos 03:06.

Ele estava vivo e invocou o nome de Jesus Ressurreto elevado aos Céus. E depois este mesmo Pedro pregando ao povo disse: E matastes o Príncipe da vida, ao qual Deus ressuscitou dentre os mortos, do que nós somos testemunhas. E pela fé no seu nome fez o seu nome fortalecer a este que vedes e conheceis; sim, a fé que vem por ele, deu a este, na presença de todos vós, esta perfeita saúde. Atos 3:16.

Somente pela fé no nome de Jesus e em nenhum outro pode ocorrer milagres que possam ser atribuídos a Deus.

E além do que, Jesus ensina que nada que alguém possa fazer em vida poderá salva-los, então quanto mais na morte que nada podem fazer mesmo: E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo depois disso o juízo, Hebreus 9:27.

Para que qualquer pessoa que realmente é servo do Deus Altíssimo possa realizar algum milagre basta obedecer ao que Jesus ordenou:

Mais tarde Jesus apareceu aos Onze enquanto eles comiam; censurou-lhes a incredulidade e a dureza de coração, porque não acreditaram nos que o tinham visto depois de ressurreto.

E disse-lhes: Vão pelo mundo todo e preguem o evangelho a todas as pessoas.

Quem crer e for batizado será salvo, mas quem não crer será condenado.

Estes sinais acompanharão os que crerem: em meu nome expulsarão demônios; falarão novas línguas; pegarão em serpentes; e, se beberem algum veneno mortal, não lhes fará mal nenhum; imporão as mãos sobre os doentes, e estes ficarão curados. Marcos 16:14-18

E o mais importante e que derruba de uma vez por toda esta fantasia de Santos (as) mortos (as) é que eles teriam que fazer isto em vida e assim foi feito: Depois de lhes ter falado, o Senhor Jesus foi elevado ao céu e assentou-se à direita de Deus.

Então, os discípulos saíram e pregaram por toda parte; e o Senhor cooperava com eles, confirmando-lhes a palavra com os sinais que a acompanhavam. Marcos 16:19;20.

Me perdoem meu amados católicos se ainda assim relutam em acreditarem no que Deus afirma e continuam a comer da comida que lhes oferecem, mais todas estas passagens estão também nas Bíblias que o Papa e os Padres dizem conhecerem mais não parece seguir.

Querem mais provas que as virtudes e poderes foram dadas por Jesus a todos quantos crerem e invocarem o seu sim! Santo Nome: E, convocando os seus doze discípulos, deu-lhes virtude e poder sobre todos os demônios, para curarem enfermidades.

E enviou-os a pregar o reino de Deus, e a curar os enfermos. Lucas 9:1;2.

Querem mais provas de que não é preciso nenhum atributo especial para alguém realizar milagres desde que seja no nome de Jesus? E, respondendo João, disse: Mestre, vimos um que em teu nome expulsava os demônios, e lho proibimos, porque não te segue conosco.

E Jesus lhes disse: Não o proibais, porque quem não é contra nós é por nós. Lucas 9:49;50.

Viram nem seguidor de Jesus era. Porém pelo nome de quem ele expulsava demônios?

Acreditem amigos católicos não adiantará nenhuma obra realizada ou que se diga ter sido realizada por alguém em vida para justifica-la quanto mais através de petição a defuntos que nada podem fazer.

Jesus enviou setenta discípulos de dois em dois para saírem em por todas as cidades e lugares a onde ele havia de ir. Eles foram e voltaram vivinhos da silva e disseram a Jesus: E voltaram os setenta com alegria, dizendo: Senhor, pelo teu nome, até os demônios se nos sujeitam.

E disse-lhes: Eu via Satanás, como raio, cair do céu.

Eis que vos dou poder para pisar serpentes e escorpiões, e toda a força do inimigo, e nada vos fará dano algum.

Mas, não vos alegreis porque se vos sujeitem os espíritos; alegrai-vos antes por estarem os vossos nomes escritos nos céus. Lucas 10:17-20.

Vivos realizaram milagres e tiveram seus nomes escritos nos céus: Estes são os verdadeiros Santos de Deus. Aqueles que ouvem e obedecem aos seus mandamentos.

O resto de todas está parafernálias humana não passam de Idolatria como foi com os Israelitas no deserto e necessidade de vê para crer como Tomé após a ressureição de Jesus. Para muitos que dizem ter fé e que, porém colocam sua fé naquilo que é visível Jesus disse: Então Jesus lhe disse: Porque me viu, você creu? Felizes os que não viram e creram.

Jesus realizou na presença dos seus discípulos muitos outros sinais miraculosos, que não estão registrados neste livro.

Mas estes foram escritos para que vocês creiam que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus e, crendo, tenham vida em seu nome. João 20:30-31.

Espero que não recebam estes esclarecimentos com ressentimento e procurem na Bíblia a confirmação de tudo que escrevi. E faço um desafio de Fé, pergunte ao Padre de sua paroquia se o que a bíblia diz é verdade ou não?

E se por acaso ele responder algo que não seja: Sim. Quero lembra-lo(a) do que a bíblia ensina: Pois quê? Se alguns foram incrédulos, a sua incredulidade aniquilará a fidelidade de Deus?

De maneira nenhuma; sempre seja Deus verdadeiro, e todo o homem mentiroso; como está escrito: Para que sejas justificado em tuas palavras, E venças quando fores julgado. Romanos 3:3;4.

Deus sempre é fiel para que é fiel a Ele.

Meditem sobre o que leram e busque na Bíblia a resposta para suas duvidas.

Que Deus os abençoe no nome de Jesus

Amém.

Vivo por Jesus                           Idolatria não

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Usem este espaço para testemunhar como este Blog mudou sua forma de relacionar-se com Jesus Cristo.

Deus está no controle!

Ainda que eu não te ouça, pois o mundo faz de tudo para te calar! (Trecho da Canção Mar de Vidro de Rodolfo Abrantes) Apesar das inúmeras v...