terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Pecado = Trevas.

ia_1joao3_8

Felizes são aqueles que não se deixam levar pelos conselhos dos maus, que não seguem o exemplo dos que não querem saber de Deus e que não se juntam com os que zombam de tudo o que é sagrado! Salmos 1:1

Sei que nem todos os habitantes da Terra creem em Deus, aliás para mim, muitos apenas dizem não crerem! Pois basta acontecer uma situação que fuja do seu controle, principalmente quando pode leva-los a morte,  para até o mais fervoroso ateu ao menos pense nele como seu socorro nesta hora de angustia.

Como o contrario também é verdadeiro: Infelizes são aqueles que se deixaram levar pelos conselhos dos maus e não querem saber de Deus.

Nós  sabemos de onde virá o nosso socorro, buscamos cada vez mais aprender pela leitura da palavra como agradar o nosso Deus. Temos porém que entender , se Deus não faz acepção de pessoas, também não iremos simplesmente deixar de falar com quem não acredita Nele.

Mais, é bom também entender o que fica evidente na continuação deste Salmo! Que estas pessoas não terão um final Feliz. Então para que a nossa felicidade possa estar de acordo com a palavra devemos evitar sim. A concordância no que se refere a suas praticas.

Para deixar claro que não se trata de nenhuma forma de discriminação, vou citar alguns exemplos  porque não podemos “conviver em concordância” o que é bem diferente de uma convivência pacifica.

Ex 1: Como poderá um Crente assentar-se com uma pessoa que fica contando piadas usando o nome de Deus ou Jesus? Poderia haver concordância?

Ex 2: Como poderá um Crente andar junto com uma pessoa que pratica atos desonestos? Onde estaria a concordância?

Ex 3: Como um Crente poderá andar diariamente com uma pessoa que tem o habito de beber e se drogar? Nem há como haver concordância.

Mais pode o Crente aproximar-se destas pessoas para mostrar-lhes o erro?

Mais é claro que sim! Estes exemplos devem afastar o crente dessas pessoas não pelo que elas são ou como estão vivendo a suas vidas. Nos afastamos pelos seus pecados. Mais não iremos deixar de buscar o momento certo para falar-lhes que existe uma pessoa que pode livrar-los de todos os pecados e com amor  tentarmos traze-las para a Salvação em Cristo.

E isso sem condenar ou acusar, e sem também consentir de andarmos em comunhão! Pois não há comunhão entre a Luz e as Trevas: Não se juntem com descrentes para trabalhar com eles. Pois como é que o certo pode ter alguma coisa a ver com o errado? Como é que a luz e a escuridão podem viver juntas? II Coríntios 6:14

Entendam que o termo trabalhar não se refere ao Trabalho no sentido de empregabilidade, mais na concordância de ações ou palavras com quem  não esteja de acordo com as Escrituras.

Jesus nunca deixou de atentar para uma pessoa pelos seus pecados, ele pregou a todos sem discrimina-los, porém nunca também se omitiu em dizer-lhes a verdade. Jesus, porém, ouvindo, disse-lhes: Não necessitam de médico os sãos, mas, sim, os doentes. Mateus 9 : 12 .

Ele falou isso exatamente para um bando de religiosos fariseus hipócritas que estavam lhe condenando por sentar-se a mesa com pessoas pecadoras e para que as próprias soubessem da suas condições e quem era Aquele que estava sentado com eles.

No entanto não quis com esta atitude dá aval as falsas doutrinas e  filosofias humanas que acham que devemos compreender “os erros” como se fossem parte de uma condição de crescimento e outras balelas. Ele nos ensinou principalmente a enxergamos nestas falhas morais pela ação do pecado e não pela condição social.

Ou não há todos os tipos de desvios também na chamada alta sociedade?

Jesus deixou seu ensinamentos como a única maneira de liberta-los desse mau que é o pecado e para tira-los da escuridão. Falou-lhes, pois, Jesus outra vez, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará em trevas, mas terá a luz da vida. João 8:12

Leiam as escrituras e vejam que a lei do Senhor foi cumprida por Jesus e nós que recebemos está dadiva pela Graça e hoje  aprendemos pelos  seus ensinamentos  temos o mesmo prazer em meditar dia e noite.

Pelo contrário, o prazer deles está na lei do SENHOR, e nessa lei eles meditam dia e noite.

Essas pessoas são como árvores que crescem na beira de um riacho; elas dão frutas no tempo certo, e as suas folhas não murcham. Assim também tudo o que essas pessoas fazem dá certo.

O mesmo não acontece com os maus; eles são como a palha que o vento leva.

No Dia do Juízo eles serão condenados e ficarão separados dos que obedecem a Deus.

Pois o SENHOR dirige e abençoa a vida daqueles que lhe obedecem, porém o fim dos maus são a desgraça e a morte. Salmos 1:2-6.

 

E esta é a mensagem que dele ouvimos, e vos anunciamos: que Deus é luz, e não há nele trevas nenhumas.1 João 1:5

Meditem nisso!

Amém?

image

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Usem este espaço para testemunhar como este Blog mudou sua forma de relacionar-se com Jesus Cristo.

Deus está no controle!

Ainda que eu não te ouça, pois o mundo faz de tudo para te calar! (Trecho da Canção Mar de Vidro de Rodolfo Abrantes) Apesar das inúmeras v...