segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Onde está a força da riqueza?








Porque nada trouxemos para este mundo, e manifesto é que nada podemos levar dele. Tendo, porém, sustento, e com que nos cobrirmos, estejamos com isso contentes. I Timóteo 6.7,8.

 

Porque será que as pessoas buscam tanto as riquezas?

Não é fato que as mesmas angústias que ocorrem com uma pessoa considerada pobre pode acometer outra considerada rica?

Como vemos pessoas que gozam de boa saúde e vivem em relativa paz de espirito, porém lamentarem não terem dinheiro para adquirir bens matérias.

De outro lado vemos  pessoas que tem dinheiro e bens materiais, mais que não consegue ter paz de espirito também lamentando.

São duas condições de "riquezas" por ponto de vistas diferentes: O Espiritual x O Material.

Contudo com as mesmas falta de entendimento para administrarem recursos diferentes que poderiam fazê-los viverem como o versículo acima ensina: Contentes!

 

Já postei que Jesus não veio ao mundo para mudar as condições de vida material de ninguém. O proposito da vinda de Jesus a este mundo que desde a sua época já dava sinal de estar perdendo o verdadeiro sentido de valorização pessoal, onde se substitui a real importância do Ser pelo Ter.

Ainda hoje  não foi extirpado do coração de muitos essas influências demoníaca que leva algumas civilizações também utilizarem o sistema de casta para "dignificar" ou "desqualificar" o seu semelhante a outros se deixarem como um ser igual a descriminar outro também igual pela cor da pele.

Estas atitudes são verdadeiras afrontas a Deus. Pois fomos feitos tal como sua imagem e semelhança e Deus fez questão de ensinar nas Escrituras que ele não faz acepção de pessoas. "Porque, para com Deus, não há acepção de pessoas." Romanos 2 : 11.

Estas atitudes discriminatórias exercem grandes influências justamente nas pessoas que só conseguem ver o seu próximo pela sua condição social  ou econômica.

Jesus, no entanto era o filho do Deus criador de tudo e viveu de maneira humilde e nunca descriminou ninguém pela sua condição social ou econômica, Ele esteve junto com todos os tipos desprezados pela sociedade. 

Seja a atitude de vocês a mesma de Cristo Jesus, que, embora sendo Deus, não considerou que o ser igual a Deus era algo a que devia apegar-se; mas esvaziou-se a si mesmo, vindo a ser servo, tornando-se semelhante aos homens. Filipenses 2:5-7

Eu entendo que podemos ser "ricos" aqui nesta vida sim! Mais rico do conhecimento de Deus. Jesus por diversos exemplos mostrou isso a seus discípulos ele nunca deixou que a humildade fosse vista como fraqueza.

Por isso, por amor de Cristo, regozijo-me nas fraquezas, nos insultos, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias. Pois, quando sou fraco é que sou forte. II Coríntios 12:10.

Quando o apostolo Paulo falou isso aos Corintos, ele não estava pregado para que ele aceitasse estas coisas como condição para agradar a Deus.

Ele estava mostrando a eles o perigo que há por trás de quem não admite ser fraco, reage a qualquer insulto, reclama por qualquer necessidade, acha-se sempre perseguido e não admite suas angustias.

Estas reações são atitudes típicas da maioria das pessoas que são orgulhosas, soberba e que tem suas esperanças fundamentadas nas riquezas materiais.

Paulo escreveu estas palavras do versículo 12:10, após ter tido uma experiência sobrenatural com o próprio Jesus. Esta experiência foi de tal grandeza que havia o risco dele se Exaltar! 

Jesus por conhecer as reações da natureza humana, tratou logo de impedir que ele fosse afetado. Mas ele me disse: "Minha graça é suficiente para você, pois o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza". Portanto, eu me gloriarei ainda mais alegremente em minhas fraquezas, para que o poder de Cristo repouse em mim. II Coríntios 12:9

Vejam que principio interessante Jesus no ensina. A nós gloriamos nas nossas fraquezas! Estes ensinamentos nos dias de hoje soa para muitos como loucura! Afinal a sociedade moderna tem um verdadeiro culto ao possuir, conquistar e ter.

Como então se pode pensar em se gloriar pela fraqueza? Infelizmente isto nos leva ao versículo inicial desta postagem elas não se contentam com o que tem.

Tenho certeza que as maiorias das pessoas ricas financeiramente acreditam piamente que não poderiam ser felizes sem o dinheiro que possuem. Mas será verdade?

Então porque os profissionais da Psiquiatria e Psicologia e todas as outras que cuidam dos transtornos emocionais, mentais e existenciais são prósperos pela grande clientela de ricos, famosos e poderosos que os procuram?

Como explicar uma pessoa "rica" pular do vigésimo andar de um apartamento de luxo, em um bairro de luxo, aonde chegou no carro de luxo, todos comprados pela sua grande fortuna que está depositada em um grande banco e morreu espatifado na calçada?

A autópsia então revela. Estava drogada e embriagada. Ou seja! Sem Cristo. Sem paz e agora sem a salvação que dinheiro e nenhuma riqueza compram.

 Cruel, Duro este discurso? Pois a verdade o dinheiro não compra, de quem não às vendem.

E mais, não fica tão difícil de entender quando olhamos atentamente para a história da humanidade e vemos quantas guerras que ocasionaram milhões de mortes foram causadas por pessoas que se consideravam Fortes e Poderosas? Mais eram desprovidos do poder de Jesus nas suas vidas e simplesmente não conseguiam ter paz consigo mesmas e ainda tiravam a paz do mundo.

Não estou com isso afirmando que os ricos são culpados por todas as desgraças do mundo.

Mais são culpados sim, de serem sovinas e egoístas.

Existem as pessoas que são abastadas financeiramente e não desfrutam corretamente do bem  que possuem, nem se permitem ajudar o próximo. A omissão é pecado. Se estiver em suas mãos o poder de ajudar alguém e você se furta disso, você está em pecado. Não estou falando de substituir o ajudar pela busca verdadeira de Deus, não é por obras que ninguém será salvo, mais pelo confessar a Jesus como seu único e suficiente salvador.

Por isso se que o Ter nunca será a solução para seus problemas.

Vejam que passagem interessante: Conheço as tuas obras, e tribulação, e pobreza (mas tu és rico) Apocalipse 2:9a.

Rico, ser rico, estar rico não está necessariamente ligado a ganhos financeiros, a riqueza que o Evangelho de Jesus nos promete é para eternidade! Não aqui nesta terra e sim na terra prometida.

 A riqueza do crente é a sua Fé. Em toda bíblia nós crentes, vemos os homens e mulheres de Deus exercendo sua fé para obter, perdão, cura, salvação não vê ninguém desejando obter gloria, fama, dinheiro para si. Jesus disse:

Quando andavam pelo caminho, um homem lhe disse: "Eu te seguirei por onde quer que vá".

Jesus respondeu: "As raposas têm suas tocas e as aves do céu têm seus ninhos, mas o Filho do homem não tem onde repousar a cabeça". Lucas 9:57;58.

Jesus não tinha onde dormir!

Jesus disse aos seus discípulos

Não levem bolsa nem saco de viagem nem sandálias; e não saúdem ninguém pelo caminho. "Quando entrarem numa casa, digam primeiro: ‘Paz a esta casa’. Lucas 10:4;5.

Os discípulos não tinham riquezas e luxo.

Jesus ensinava que as riquezas deste mundo são para os necessitados deste mundo.

Vendam o que têm e deem esmolas. Façam para vocês bolsas que não se gastem com o tempo, um tesouro nos céus que não se acabe aonde ladrão algum chega perto e nenhuma traça destrói.

“Pois onde estiver o seu tesouro, ali também estará o seu coração”. Lucas 12:33;34.

Onde está o seu coração? Nas muitas riquezas deste mundo?

Busquem, pois, em primeiro lugar o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas lhes serão acrescentadas.

Portanto, não se preocupem com o amanhã, pois o amanhã se preocupará consigo mesmo. “Basta a cada dia o seu próprio mal”. Mateus 6:33;34.

 Amém.

.







Nenhum comentário:

Postar um comentário

Usem este espaço para testemunhar como este Blog mudou sua forma de relacionar-se com Jesus Cristo.

Deus está no controle!

Ainda que eu não te ouça, pois o mundo faz de tudo para te calar! (Trecho da Canção Mar de Vidro de Rodolfo Abrantes) Apesar das inúmeras v...