quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

A palavra de Deus é fonte de sabedoria.

aprovado

Dando continuidade ao tema abordado ontem. Veremos que Paulo continuou a exortar os cristãos de Corinto, quanto a importância de permanecerem fieis aos ensinamentos de Jesus e nada além.

No capitulo 2º da mesma carta. Paulo reafirma de onde vinha todo seu conhecimento e inspiração sobre as coisas pertinentes a Deus.: Meus irmãos, quando fui anunciar a vocês o testemunho de Deus, não usei muitas palavras nem grande sabedoria. ( I Coríntios 2:1)

Paulo ainda revelou a eles o quanto tinha se desprendido de todo seu conhecimento humano que possuía de Deus, aprendido quando era ainda discípulo de Gamaliel um dos Sacerdotes dos Judeus.: Porque, quando estive com vocês, resolvi esquecer tudo, a não ser Jesus Cristo e principalmente a sua morte na cruz. (I Coríntios 2:2)

Ele revelou também que tal condição foi de fato além da sua vontade natural; ele estava quando pregava ao povo de Corinto sendo totalmente inspirado pelo agir do Espirito Santo de Deus. O que apesar de ser uma experiência maravilhosa ao mesmo tempo nos enche de toda uma responsabilidade  de estar sendo boca de Deus. Por isso que ele disse: E eu estive convosco em fraqueza, e em temor, e em grande tremor.

A minha palavra, e a minha pregação, não consistiram em palavras persuasivas de sabedoria humana, mas em demonstração de Espírito e de poder; (I Coríntios 2:3,4)

Essa é a principal diferença de ser um pregador da palavra de Deus e não um orador e interpretador. Alguma coisa bela convincente ou conveniente a alguém, poderá até agradar. Contudo não terá efeito nenhum para a salvação da pessoa se não estiver de acordo com a vontade de Deus. : Para que a vossa fé não se apoiasse em sabedoria dos homens, mas no poder de Deus.

Porém, para os que são espiritualmente maduros, anunciamos uma mensagem de sabedoria. Mas não é de uma sabedoria deste mundo nem a dos poderes que o governam e que estão perdendo o seu poder. ( I Coríntios 2:5,6)

Paulo chamou a atenção deles para o fato, de que não poderiam ficar em demanda quanto a qual palavra ouvir e obedecer. Ele mostrou a origem do conhecimento que havia ensinados a eles, mostrou-lhes que dentre os homens, por mais poderosos que fosse a nenhum deles foi dado a saber.

Ainda esclarece que justamente por não terem conhecimento e nem respeitarem a vontade de Deus que haviam crucificado a Jesus.: A sabedoria que anunciamos é a sabedoria secreta de Deus, escondida dos seres humanos, a sabedoria que o próprio Deus, antes mesmo da criação do mundo, já havia escolhido para a nossa glória.

Nenhum dos poderes que agora governam o mundo conheceu essa sabedoria. Pois, se a tivessem conhecido, não teriam crucificado o glorioso Senhor. (I Coríntios 2:7,8)

Paulo mostrou a todos que as Escrituras já mencionavam os fatos que eles estavam presenciando, quantas provas mais eles poderia querer? E quantas vocês ainda querem? Para entender que somente por Jesus será possível  encontrar-se com Deus! : Porém, como dizem as Escrituras Sagradas: “O que ninguém nunca viu nem ouviu, e o que jamais alguém pensou que podia acontecer, foi isso o que Deus preparou para aqueles que o amam.”

Mas foi a nós que Deus, por meio do Espírito, revelou o seu segredo. O Espírito Santo examina tudo, até mesmo os planos mais profundos e escondidos de Deus. ( I Coríntios 2:9,10)

Paulo ensinou a eles e ainda é valido para todos que pensam terem conhecimento a respeito de Deus, mostrou como são limitadas as suas capacidades e que  não ultrapassam a própria compreensão de si mesmos. : Quanto ao ser humano, somente o espírito que está nele é que conhece tudo a respeito dele. E, quanto a Deus, somente o seu próprio Espírito conhece tudo a respeito dele. (I Coríntios 2:11)

Paulo continua a explicar o quanto é inútil se ocuparem entre tantas teorias, filosofias, falsos ensinamentos. Tudo que possa dizer que não tenha sido revelado por Deus através de seu Espirito para nada servirá a não ser encher as prateleiras de estantes ou como infelizmente ainda acontece, desviar alguns do verdadeiro caminho.: Não foi o espírito deste mundo que nós recebemos, mas o Espírito mandado por Deus, para que possamos entender tudo o que Deus nos tem dado.

Portanto, quando falamos, nós usamos palavras ensinadas pelo Espírito de Deus e não palavras ensinadas pela sabedoria humana. Assim explicamos as verdades espirituais aos que são espirituais. (I Coríntios 2:12,13)

Eu já postei qual a diferença da afirmação “ Não foi o espirito deste mundo que nós recebemos”. Determinadas seitas que pregam a “incorporação de espíritos”,  banalizaram o verdadeiro sentido para o termo “receber do espirito”. Fazendo parecer que tudo é igual a suas manifestações de possessões de corpos.

Estas praticas já existiam no passado e foram desmascaradas por  Jesus e seu Discípulos em varais ocasiões como estão relatadas em Mateus 8:28-32; Mateus 9:32,33; Lucas 8:2; Apocalipse 16:14. Dentre outros.

Quando Paulo diz ter recebido do espirito de Deus, ele está afirmando ter sido a ele revelado pelo agir do espirito santo sem que tenha havido nenhuma possessão dos seus sentidos. Como acontece a quem serve a outros espíritos, que por não terem a onisciência e onipresença de Deus tem que encontrar uma forma de induzir a alguém obedece-los. Mais este é outro assunto que quando Deus assim quiser falarei.

Explicação dada.

Paulo deixa claro no final do versículo 13, o motivo pelo qual quem não é de Deus não são capazes de entender o que falamos de Deus baseado somente na Bíblia.

Falta-lhes a verdadeira Espiritualidade de Deus e sobra na maioria deles a do Mundo. Está nem todos as obtém por livre e espontânea vontade. Como dizem em algumas seitas, são possuídos, são meros instrumentos dos espíritos, cavalos, médiuns, guias, ponto de contato etc.

Mas quem não tem o Espírito de Deus não pode receber os dons que vêm do Espírito e, de fato, nem mesmo pode entendê-los. Essas verdades são loucura para essa pessoa porque o sentido delas só pode ser entendido de modo espiritual. ( I Coríntios 2:14)

Não quero sinceramente ofender a quem quer que seja ou a nenhuma outra forma de “espiritualidade”  mais desafio confronta-las perante aos ensinamentos bíblicos , as suas  bases (que muitas vezes foram distorcidas das próprias escrituras, modificadas para adaptar-se a interesses de alguns).

Já falei em outra postagem o que é a Bíblia na vida de uma pessoa:

Assim como o fabricante de qualquer equipamento tem um manual de instrução. Deus o nosso Criador também deixou o nosso manual para a vida. A sua Palavra! A Bíblia.

Vocês podem até discordar e não querer viver conforme ela ensina. Tudo bem! Deus respeita a sua vontade.

Porém diferente de algo que compre. Por Exemplo:Uma geladeira! Que  você não leu o manual antes de usa-la e por isso ela queimou. E você poderá até comprar outra. Já a sua vida…A sua vida no entanto se continuar sendo vivida sem observar o manual do Criador.

Se! E com certeza vai acontecer; você morrer! Não terá uma segunda chance para arrepender-se de não ter lido.

A pessoa que tem o Espírito Santo pode julgar o valor de todas as coisas, porém ela mesma não pode ser julgada por ninguém.

Como dizem as Escrituras Sagradas: “Quem pode conhecer a mente do Senhor? Quem é capaz de lhe dar conselhos?” Mas nós pensamos como Cristo pensa. (I Coríntios 2:15,16)

Não escrevo por mim mesmo e pela minha opinião não penso que possa mudar o seu pensamento. Pode acreditar! Mesmo que achasse que poderia, seria uma tremenda perda de tempo ficar diariamente buscando de mim mesmo palavras para persuadi-los. Pois no mundo já tem que faça e como dizem: Cheios de boas intenções. Não quero ser e nem estar onde como diz um ditado popular: De boas intenções o cemitério estar cheio.

Quero porém; escrever uma palavra inspirada pelo o Espirito de Deus e totalmente de acordo com a sua vontade do que um livro de meu próprio pensamento. Peço-lhes portanto que verifiquem, comprove na Bíblia se tudo que escrevo não está de acordo com ela ou se estou fazendo alguma interpretação pessoal.

Os meus comentários sim, mesmo que  pertinentes , são  passiveis de serem refutados, não há duvida nenhuma. Contudo não deixe de observar “a condição de testemunho vivo do poder da Palavra” e não que esteja com muitas Boas intenções.

Que Deus em sua infinita misericórdia continue a me ajudar e abençoe-me.

A vocês meu desejo verdadeiro de que a Paz de Jesus que excede a compreensão dos homens os alcance.

Amém.

Vivo por Jesus

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Usem este espaço para testemunhar como este Blog mudou sua forma de relacionar-se com Jesus Cristo.

Deus está no controle!

Ainda que eu não te ouça, pois o mundo faz de tudo para te calar! (Trecho da Canção Mar de Vidro de Rodolfo Abrantes) Apesar das inúmeras v...