terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Fite os olhos em Jesus.

 

ia_hebreus12_1-2

Não tenham medo dos seus inimigos. Sejam sempre corajosos, pois isso será uma prova para eles de que serão derrotados e de que vocês serão vencedores. Porque é Deus quem dá a vitória a vocês.

Pois ele tem dado a vocês o privilégio de servir a Cristo, não somente crendo nele, mas também sofrendo por ele. (Filipenses 1:28,29 NTLH).

Tenho certeza que se fosse realizar uma enquete de qual dos versículos acima vocês gostariam que marcasse a trajetória da vida com Cristo de uma pessoa, o 28 seria o preferido de pelo menos 70% dos que respondesse com toda sinceridade.

Pois é! Infelizmente o porcentual de Cristãos Protestantes no Brasil são os 30% que deveriam incondicionalmente optarem pelo versículo 29. Porém nem sempre  é o que se vê. 

No inversamente universo contrario dos  70%  deveria estar somente todos outros que não creem em Jesus ou não professam nenhuma fé, são de outras praticas de fé ou até os que dizem que creem em Deus e até acreditam que Jesus é filho de Deus; porém agradecem o privilégio de servi-lo e declina-o e  continuam em frente.  Mais neste porcentual também estão muitos crentes que engrossam as fileiras dos que não se dedicaram a conhecer  verdadeiramente os ensinamentos de Jesus e como nunca  desejaram ter experiências de uma vida com Cristo em toda  a plenitude de  confiança do amor que ele tem por nós ,  também desprezaram  a mensagem da Cruz.

Eu particularmente levei 45 anos para conhecer este amor que excede a compreensão humana. E exatamente este fato que faz com que qualquer tentativa de explicação do para o que  seja uma verdadeira experiência com Jesus, torna-se impossível por meio de palavras por mais bela que fosse descrita.

O Apostolo Paulo foi que melhor definiu ao longo das suas varias cartas aos primeiros Cristãos  o que sentia por estar podendo ser um dos principais divulgador da palavra viva de Jesus e ter o privilegio de ser seu servo.

Paulo tinha o pleno discernimento do que acontece na vida de que aceita Jesus como seu único Salvador.: Pois sabemos que a nossa velha natureza pecadora já foi morta com Cristo na cruz a fim de que o nosso eu pecador fosse morto, e assim não sejamos mais escravos do pecado.

Pois quem morre fica livre do poder do pecado. Se já morremos com Cristo, cremos que também viveremos com ele. (Romanos 6:6-8 NTLH)

Por este conhecimento do real sentido da vinda do Senhor Jesus a este mundo ele não considerava outra hipótese que não fosse ser fiel a Jesus: Deus ofereceu Cristo como sacrifício para que, pela sua morte na cruz, Cristo se tornasse o meio de as pessoas receberem o perdão dos seus pecados, pela fé nele. Deus quis mostrar com isso que ele é justo. No passado ele foi paciente e não castigou as pessoas por causa dos seus pecados; mas agora, pelo sacrifício de Cristo, Deus mostra que é justo. Assim ele é justo e aceita os que crêem em Jesus. (Romanos 3:26 NTLH).

Assim como Paulo qualquer um que buscar através do conviver diário com Jesus através dos  seus ensinamentos, passarão a  conhecer e viver este amor, e com certeza nunca irão querer se afastar dele.

Por isso que quando o versículo 29 de Filipenses menciona o “privilegio de servir a Cristo  até no sofrimento!” Não está afirmando que a vida de um Crente necessariamente tenha que ser acompanhada deste sofrimentos, pelo fato de tão somente estar sendo fiel.  No Brasil onde hoje temos uma relativa liberdade de pregar o Evangelho. O sofrimento maior que um crente pode sentir é pelo sentimento  que nos é dado através do Espirito Santo: O entendimento do proposito da morte de Jesus! Tendo este entendimento que vai além da nossa compreensão, não há como não padecermos pela nossa própria incapacidade de  transmitir esta verdade.

Não podermos na maioria das vezes  ao menos falar de Jesus para  uma pessoa que  não esta disposta a abrir mão de uma vida que mesmo intercalada de sofrimentos, angustias, ansiedades e tudo mais, que este mundo cobra para os  que preferem viver a ilusão de que as coisas que gostam vale mais a pena do que como eles pensam ter que abrir mão delas  para se tornar um seguidor de Jesus de forma que  o Espirito Santo possa agir.

Tem até uma musica que conta a estória de uma pessoa que diz: Que não fuma, não bebe, não rouba e por isso seria um quase crente. Ao que o crente responde: Então amigo você fique sabendo que quando Jesus voltar, você será um quase salvo.

Não é possível que uma vez que tenha provado do amor de Jesus uma pessoa ainda possa querer estar envolvida pela coisas materiais: Um escravo não pode servir a dois donos ao mesmo tempo, pois vai rejeitar um e preferir o outro; ou será fiel a um e desprezará o outro. Vocês não podem servir a Deus e também servir ao dinheiro. (Lucas 16:13 NTLH)

Este ainda é o maior empecilho para muitos  seguirem de verdade a Jesus. Apesar de que ele não nos peça, nenhum voto de pobreza para segui-lo. Muito pelo contrario! A todos que se esforça para entrar em seu reino ele promete nos suster de tudo que possamos precisar.: Portanto, ponham em primeiro lugar na sua vida o Reino de Deus, e Deus lhes dará todas essas coisas. (Lucas 12:31 NTLH).

Prosperidade passou a ser uma palavra na qual o significado foi resumido a uma só parte do que diz o dicionário:  Prosperidade s.f. Estado do que é próspero, do que melhora ou progride. / Abundância, fartura. / Riqueza.

Não raramente vemos as pessoas associarem a prosperidade somente a segunda parte do significado dado no Aurélio: Abundância, fartura. / Riqueza.

Ninguém mais parece enxergar a prosperidade como uma escada que pode  estar na 1ª parte  do Aurélio : Melhora ou progride: Não é mais de degrau em degrau e sim por grandes esforços ou associações incorretas que se pensa poder vencer e ter prosperidade.

A ambição desmedida faz com que a melhora, através do esforço não seja mais desejada ou o progresso gradativo seja coisa ultrapassada pelos avanços tecnológicos. Pessoas que aceitem viver uma vida modesta mesmo que com todo conforto necessário, são taxadas de Pobres de Espirito. Como se ricos fossem os que pelas riquezas perdem a Paz de Espirito.

Leio e releio o Novo Testamento e cada vez mais me convenço que: Se houvesse a orientação para que ter  riquezas fosse pelas loterias, os jeitinhos brasileiro, a lei de Gérson ou  qualquer outra forma de associação entre ter Fé em Jesus e a Prosperidade que fala a 2ª parte do Aurélio ou mesmo que sendo a custa de muito trabalho. Se isto estivesse na Escritura Sagrada em um único versículo que fosse! Por tal orientação: Jesus teria morrido em vão.

Jesus não se contradiz quando diz que nos dá vida em abundancia em João 10:10. Mais o qual é a abundancia que Jesus promete?

Querer, gostar, e ter as boas coisas é natural. Porém achar que as coisas boas para a vida só podem ser adquiridas por dinheiro! É literalmente cuspir na Cruz de Jesus.

Onde estará o seu dinheiro na hora da sua morte? : Pois quem põe os seus próprios interesses em primeiro lugar nunca terá a vida verdadeira; mas quem esquece a si mesmo por minha causa e por causa do evangelho terá a vida verdadeira.

O que adianta alguém ganhar o mundo inteiro, mas perder a vida verdadeira?

Pois não há nada que poderá pagar para ter de volta essa vida. (Marcos 8:35-37 NTLH)

E quantos multi milionários?  Homens que podem comprar  com o seu dinheiro tudo que possa desejar! Mais não consegue ser curados do câncer? Quanto ricos e famosos dariam da parte das suas fortunas por uma única noite de sono sem que tenha que ingerir uma droga? Quantos pais que tudo deram a seus filhos além do que necessitavam e hoje são por eles desprezados? De que adianta ter uma Big Casa, um ultra Carro, um Super Avião e viver cercado de todo um aparato de segurança que não é capaz de ao menos deixa-lo verdadeiramente: EM PAZ!

Já meu Jesus me deu e eu não precisei comprar: Deixo com vocês a paz. É a minha paz que eu lhes dou; não lhes dou a paz como o mundo a dá. Não fiquem aflitos, nem tenham medo. (João 14:27 NTLH)

Precisaria querer mais?: Por isso nunca ficamos desanimados. Mesmo que o nosso corpo vá se gastando, o nosso espírito vai se renovando dia a dia.

E essa pequena e passageira aflição que sofremos vai nos trazer uma glória enorme e eterna, muito maior do que o sofrimento.

Porque nós não prestamos atenção nas coisas que se vêem, mas nas que não se vêem. Pois o que pode ser visto dura apenas um pouco, mas o que não pode ser visto dura para sempre. (II Coríntio 4:16-18 NTLH)

Já seria mais que suficiente para não atentarmos para o que vemos! Pois sabemos que Jesus  é muito maior: E agora, que a glória seja dada a Deus, o qual, por meio do seu poder que age em nós, pode fazer muito mais do que nós pedimos ou até pensamos! (Efésios 3:20 NTLH)

Eu escolhi o caminho de Jesus e não me arrependerei nunca! Pois eu tenho a certeza de que nada pode nos separar do amor de Deus: nem a morte, nem a vida; nem os anjos, nem outras autoridades ou poderes celestiais; nem o presente, nem o futuro;nem o mundo lá de cima, nem o mundo lá de baixo. Em todo o Universo não há nada que possa nos separar do amor de Deus, que é nosso por meio de Cristo Jesus, o nosso Senhor. (Romanos 8:38,39 NTLH)

Como disse o Apostolo Paulo:

"Porque para mim o viver é Cristo, e o morrer é ganho."  (Filipenses 1 : 21)

Amém.

Fiel até o fim.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Usem este espaço para testemunhar como este Blog mudou sua forma de relacionar-se com Jesus Cristo.

Deus está no controle!

Ainda que eu não te ouça, pois o mundo faz de tudo para te calar! (Trecho da Canção Mar de Vidro de Rodolfo Abrantes) Apesar das inúmeras v...