sábado, 12 de maio de 2012

E, se o Espírito daquele que ressuscitou Jesus dentre os mortos habita em vocês, aquele que ressuscitou a Cristo dentre os mortos também dará vida a seus corpos mortais, por meio do seu Espírito, que habita em vocês. Rm 8:11.

image

Ontem quando contei a minha experiência relacionada a orientação recebida do Espirito Santo de Deus sobre a compra da bíblia de estudo. Citei o fato de ter ouvido a pergunta: O que é uma bíblia de estudo. Para que não fiquem confusos ou relacione a outro tipo de “experiências” com espíritos difundidos por ai, fica de bom proposito utilizar este versículo para desfazer qualquer confusão, pois no caso: Não há nenhuma semelhança e nem coincidência com relação ao Espirito Santo de Deus e outras manifestações ditas como sendo de espíritos, ainda que sejam! Mas não de Deus.

Primeiro que fica muito bem explicado pelo Apostolo Paulo que diferentemente de pessoas que alegam receberem “ocasionalmente” a visita de espíritos; nós como cristãos seguidores de Cristo, temos o Espirito de Deus habitando em nós: Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos? 1 Co 6:19. Pois uma vez tendo aceitado a Jesus Cristo somos selados pelo Espirito Santo o qual nos proporciona a vida que há em Cristo: Ou seja! A Vida eterna que há de vim. O qual também nos selou e deu o penhor do Espírito em nossos corações. 2 Co 1:22. O que reforça o que postei ontem em relação a não ter que agradar a homens e sim a Deus. Portanto, irmãos, estamos em dívida, não para com a carne, para vivermos sujeitos a ela. Rm 8:12.

Apesar de estarmos no mundo na forma corpórea que recebemos através do nascimento carnal, somos seres essencialmente espirituais e uma vez tendo aceitado a Cristo isto se torna evidente na nossa comunhão com Seu Espirito, o que torna possível sermos orientados quanto ao que devemos ou não fazer: Pois se vocês viverem de acordo com a carne, morrerão; mas, se pelo Espírito fizerem morrer os atos do corpo, viverão, porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus. Rm 8:13,14.

Sobre esta passagem tenho que fazer uma observação muito pertinente, devido ao claro fato de muitos desconhecerem a importância que devem ter de distinguir o Espirito Santo de Deus de qualquer outro espirito que se apresente; e que esta distinção é o que faz a total diferença na vida espiritual de uma pessoa, pois, somente quem recebe o Espirito Santo de Deus é que pode ser chamando de Filhos: Pois vocês não receberam um espírito que os escravize para novamente temer, mas receberam o Espírito que os adota como filhos, por meio do qual clamamos: "Aba, Pai". O próprio Espírito testemunha ao nosso espírito que somos filhos de Deus. Rm 8:15,16. Explicação dada. Quero salientar que não faço estas observações com nenhum sentimento arrogante de minha parte, como me achando alguém especial por isso. Porém, é necessário que fique claramente explicado o porquê de nada adiantar que se creia em outros espíritos no que tange a agradar ao verdadeiro Deus da Bíblia.

Eu entendo que muitos sejam ainda enganados por esses falsos espíritos, uma vez que já declarei que fui um desses enganados. Mas graças à misericórdia de Deus que me levou ao Seu Filho Jesus Cristo hoje pode dizer que não há nada que se compare a ser chamado de Filho de Deus. Enquanto quem serve a outros espíritos recebem a acunha de cavalo! Pense nisso, pois só este tratamento já seria motivo para que refletissem sobre qual espirito devem crer. Quanto a quem aceita Cristo e o selo do Seu Espirito Santo e passa a ser Filho de Deus, é dado também o direito de participarmos com Ele de tudo que de Deus receberemos: Se somos filhos, então somos herdeiros; herdeiros de Deus e co-herdeiros com Cristo, se de fato participamos dos seus sofrimentos, para que também participemos da sua glória. Considero que os nossos sofrimentos atuais não podem ser comparados com a glória que em nós será revelada. Rm 8:17,18.

Quando dou ao conhecimento do que a bíblia diz em relação as muitas escolhas erradas que os homens fazem achando estarem no caminho de Deus. Faço com o firme propósito de que pela misericórdia de Deus muitas pessoas assim como eu fui, possa ser alcançada e venha a desfrutar da mesma condição de Filhos. - A natureza criada aguarda, com grande expectativa, que os filhos de Deus sejam revelados. Rm 8:19.

Deus é amor! E por tanto nos amar enviou o Seu Filho para poder nos resgatar de todos os enganos cometidos pela ignorância espiritual: Pois ela foi submetida à futilidade, não pela sua própria escolha, mas por causa da vontade daquele que a sujeitou, na esperança de que a própria natureza criada será libertada da escravidão da decadência em que se encontra para a gloriosa liberdade dos filhos de Deus. Sabemos que toda a natureza criada geme até agora, como em dores de parto. Rm 8:20,22.

Isso mesmo meus queridos (as), grande parte dos sofrimentos que assolam a humanidade é fruto da escravidão aos desejos carnais que cada vez mais tem pervertido os retos caminhos traçados pelo Nosso Criador. Vou deixar que vocês mesmos refletissem lendo com atenção os demais versículos abaixo. Orando e desejando que o entendimento que só o Espirito Santo de Deus poderá lhes conceder brote em seus corações.

E não só isso, mas nós mesmos, que temos os primeiros frutos do Espírito, gememos interiormente, esperando ansiosamente nossa adoção como filhos, a redenção do nosso corpo.
Pois nessa esperança fomos salvos. Mas, esperança que se vê não é esperança. Quem espera por aquilo que está vendo?
Mas se esperamos o que ainda não vemos, aguardamo-lo pacientemente.
Da mesma forma o Espírito nos ajuda em nossa fraqueza, pois não sabemos como orar, mas o próprio Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis.
E aquele que sonda os corações conhece a intenção do Espírito, porque o Espírito intercede pelos santos de acordo com a vontade de Deus.
Sabemos que Deus age em todas as coisas para o bem daqueles que o amam, dos que foram chamados de acordo com o seu propósito.
Pois aqueles que de antemão conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos.
E aos que predestinou, também chamou; aos que chamou, também justificou; aos que justificou, também glorificou.
Que diremos, pois, diante dessas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?
Aquele que não poupou a seu próprio Filho, mas o entregou por todos nós, como não nos dará juntamente com ele, e de graça, todas as coisas?
Quem fará alguma acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica.
Quem os condenará? Foi Cristo Jesus que morreu; e mais, que ressuscitou e está à direita de Deus, e também intercede por nós.
Quem nos separará do amor de Cristo? Será tribulação, ou angústia, ou perseguição, ou fome, ou nudez, ou perigo, ou espada?
Como está escrito: "Por amor de ti enfrentamos a morte todos os dias; somos considerados como ovelhas destinadas ao matadouro".
Mas, em todas estas coisas somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou.
Pois estou convencido de que nem morte nem vida, nem anjos nem demônios, nem o presente nem o futuro, nem quaisquer poderes,
nem altura nem profundidade, nem qualquer outra coisa na criação será capaz de nos separar do amor de Deus que está em Cristo Jesus, nosso Senhor. Rm 8:23-39

O que dizer diante de tamanha revelação do significado e importância de uma vida com Jesus Cristo? Desejem… Almejem… Queiram ser participantes dessa esperança. Eu lhes garanto meus queridos (as) não há nada neste mundo que se compare a Paz que Jesus Cristo ira te dar.

Amém.

image

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Usem este espaço para testemunhar como este Blog mudou sua forma de relacionar-se com Jesus Cristo.