sábado, 10 de março de 2012

E este é o testemunho: Deus nos deu a vida eterna, e essa vida está em seu Filho. 1 João 5:11

image

Pois, por meio da lei eu morri para a lei, a fim de viver para Deus. Gálatas 2:19

Ainda na mesma linha da postagem de ontem, podemos ver no versículo titulo que a grande e melhor recompensa de Deus é sem sombra de duvida; o Seu Filho Jesus Cristo e ainda recebemos um bônus! A vida que há Nele.

Apesar de o inquestionável aceitar de Deus; que uma pessoa possa recusar esta promessa. O que não tem nada haver com livre arbítrio bem se diga, mas sim do fato de que Deus não obrigaria a ninguém a receber o que não deseja. Todos deveriam refletir sobre aquilo que verdadeiramente importa que escolhamos neste mundo! Nossa passagem por ele é tão imprevisível que nem podemos mais determinar qual seja a sua real duração.

A antiga afirmação de que o homem: Nasce, Cresce e Morre! Tem que ser refeita, da mesma forma que são atualizados os sites na Web: Há os que são anualmente, uns mensalmente, outros semanalmente, alguns diariamente e muitos a todo instante. Assim tem sido o ciclo da vida no mundo atual. Ondo o tempo entre o Nascer e o Morrer, não, mas segue o cronograma antes previsto já dentro dos nossos já estabelecidos limites até a velhice. Portanto meus queridos (as), a reflexão em relação à efemeridade da nossa vida é, mas que uma necessidade fisiológica de preocupação em relação à saúde e qualidade nesta vida. Ela deve ser uma reflexão sobre os verdadeiros valores que estamos cultivando e colhendo. Quem tem o Filho, tem a vida; quem não tem o Filho de Deus, não tem a vida. 1 João 5:12.

A minha preocupação ao levar a vocês o conhecimento destas verdades relatadas no evangelho de Cristo; não é movida por nenhum interesse pessoal de querer “convence-los”  da minha impressão , convicções ou algo parecido. Sinceramente! Poderia simplesmente ao invés de arriscar ser “julgado” nas minhas intenções; guardá-las como informações muito preciosas e não me preocuparia em repassa-la; afinal ela foi escrita para mim: Escrevi-lhes estas coisas, a vocês que creem no nome do Filho de Deus, para que vocês saibam que têm a vida eterna. Esta é a confiança que temos ao nos aproximarmos de Deus: se pedirmos alguma coisa de acordo com a sua vontade, ele nos ouve. 1 João 5:13-14.

Mas, desde o principio este pensamento mesquinho e egoísta nunca fizeram parte da minha intenção de escrever este blog. Esteve sempre em minha mente agora renovada por Cristo; a ideia de que informações como estas, que mudou a minha vida para melhor. Não poderia ficar retida esperando para que o acaso os alcancem. Não estaria vivendo o amor de Jesus Cristo. Ou estaria incorrendo no mesmo engano cometido pelos que se apropriaram das verdades da palavra de Deus para fortalecerem a base da sua instituição religiosa e humana a ICAR, mantendo o povo na ignorância da verdadeira vontade de Deus. Ignorância s. f.1. Estado de quem ignora. 2. Falta de ciência ou de saber. 3. Incompetência. Não podia compactuar com este engano: E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. João 8:32.

Além do que; o meu desejo de cumprir a comissão do Ide de Jesus Cristo, que é o de pregar o evangelho a todas as criaturas e em todos os lugares, não poderia ser impedido apenas  por medo de discordâncias.

Impedimento mesmo, vemos acontecer aonde este sentimento é compartilhado por pessoas em lugares que nem são livres para expressa-lo. É o caso do Pastor Iraniano Yosef Nadarkhani. Que encontrasse preso desde 2009 pelo “crime” de ter se convertido ao verdadeiro e unico caminho, Jesus Cristo! Não se contentando em prendê-lo para cercear o ensinamento da sã doutrina e baseado em leis criadas para reprimir a liberdade que Cristo nos dá, ele está para ser condenado a morte pelas autoridades eclesiasticas dos Muçumanos.

Temos que lutar contra esta injusta perseguição. Porém as armas que Deus nos deu para enfrentarmos estas investidas dos inimigos da palavra não são as carnais que levaria ao derramamento de sangue. A arma do cristão é a Oração! Estamos orando incessantemente para que as autoridades do Irã venham libertar este nosso irmão em Cristo: Esta é a confiança que temos ao nos aproximarmos de Deus: se pedirmos alguma coisa de acordo com a sua vontade, ele nos ouve. E se sabemos que ele nos ouve em tudo o que pedimos, sabemos que temos o que dele pedimos. 1 João 5:14-15.

Se alguém vir seu irmão cometer pecado que não leva à morte, ore, e Deus lhe dará vida. Refiro-me àqueles cujo pecado não leva à morte. Há pecado que leva à morte; não estou dizendo que se deva orar por este.
Toda injustiça é pecado, mas há pecado que não leva à morte.
Sabemos que todo aquele que é nascido de Deus não está no pecado; aquele que nasceu de Deus o protege, e o Maligno não o atinge. Sabemos que somos de Deus e que o mundo todo está sob o poder do Maligno. 1 João 5:16-19.

Antes que acuse o evangelho de Jesus de estar pregando acusação infundada ou fundamentada em retaliação a quem não o aceita. Peço que façam uma leitura com mas profudidade da afirmação do Apostolo João de que: ”Sabemos que somos de Deus e que o mundo todo está sob o poder do Maligno.” Lendo com atenção e meditando em todo o texto, não apenas na frase fora do contexto. Verão que o que fundamenta esta afirmação é a pratica do pecado. E mesmo assim o apostolo distingue de certa forma o peso de cada pecado! Então meus queridos não sejamos “inocentes” de querer nos apegarmos a uma frase que é fácil de ser compreendida até por uma criança, bastando que saiba discernir o certo do errado, evitando assim emitir juízo. Pois querendo ou não: Mas as vossas iniqüidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que não vos ouça. Isaías 59:2

Antes se apegue na verdade! Ou que até usem o que na concepção humana é tido como sendo uma  ! Tendo até sido criada uma frase muito usada para justificar os que pregam filosoficamente que: O bem sempre vence o mal. Afirmam como se dependesse “deles” o que Jesus Cristo verdadeiramente já fez sendo pregado na Cruz e derrotando o Maligno com a sua morte e ressureição: Sabemos também que o Filho de Deus veio e nos deu entendimento, para que conheçamos aquele que é o Verdadeiro. E nós estamos naquele que é o Verdadeiro, em seu Filho Jesus Cristo. Este é o verdadeiro Deus e a vida eterna. Filhinhos guardem-se dos ídolos. 1 João 5:20 e 21.

Oro também para que cada vez mas o Espirito Santo de Deus possa estar derramando a sua unção de entendimento sobre todos vocês para que um dia, chamado hoje, possam experimentar a verdadeira vida no Cristo de Deus.

Amém.

PS: Peço aos meus queridos (as) que acessem o link ao lado: http://www.ubeblogs.net/2011/09/quem-e-yosef-nadarkhani.html , para conhecerem mais um pouco da vida de um homem que rompeu a barreira da cergueira religiosa e viu a luz que é Jesus Cristo.

image

sexta-feira, 9 de março de 2012

Por isso, não abram mão da confiança que vocês têm; ela será ricamente recompensada. Hebreus 10:35

image

Em um mundo onde a confiança a muito tempo se tornou um artigo de luxo e mesmo assim são poucos os que depositam a sua com sinceridade. Quando tomamos conhecimento desta orientação do apostolo Paulo aos cristãos Hebreus e que também é para nós também seguirmos. Vemos não só uma, mas duas, condições que são poucas valorizadas nos dias atuais: A Confiança e por consequência o ato de: Esperar por algo que ainda virá.

Com toda certeza não são poucos os que não se interessariam em aceitar uma proposta que requeresse confiar em quem propõem e ainda mais sem saber ao certo quando receberia o algo proposto. Por isso que ontem eu disse que infelizmente, apesar do convite ser para todos, nem todos irão aceitar. É preciso para ser um cristão; que seja um verdadeiro seguidor de Jesus Cristo ter acima de tudo muita confiança e persistência: Vocês precisam perseverar, de modo que, quando tiverem feito a vontade de Deus, recebam o que ele prometeu; pois em breve, muito em breve "Aquele que vem virá, e não demorará. Hebreus 10:36-37.

O grande problema que parece afetar a muitos que, ou sequer aceitam e os que terminam desistindo. É fazerem “jogo de palavras” com o que está escrito na Bíblia. Vejamos o exemplo de como o versículo acima pode sofrer esta tendência que tem predominado em muitas igrejas e nas orientações de pessoas que por não se preocuparem em lerem elas mesmas a Bíblia, fica recebendo interpretações de homens ao invés do discernimento dado pelo Espirito Santo de Deus.

Se um pessoa se prender somente a 2ª parte do versículo baseando-se na orientação, sem o sentido espiritual, com certeza irá condicionar e direcionar a sua “confiança” na esperança de receber uma rica recompensa material. O que está totalmente fora do contexto bíblico das promessas de Jesus Cristo para os que aceitaram e entenderam que o plano de Deus tem como proposito na primeira e essencial recompensa que recebemos: A Salvação pelo arrependimento dos pecados!

As demais promessas de Deus que se cumpre diariamente na vida de quem: Não abre mão da confiança: “pois em breve, muito em breve "Aquele que vem virá, e não demorará.” Hebreus 10:37

O que faz com que haja quem aleguem decepções em relação às promessas de Deus para se justificarem. Quem pensa desta maneira eu posso afirmar que não teve verdadeiramente uma experiência de conversão a Jesus Cristo; nunca foi um cristão de verdade, estão, mas para “pedintes” de bênçãos materiais e cegos espiritualmente, pois não enxergam a natureza que rege a melhor recompensa: Mas o meu justo viverá pela fé. “E, se retroceder, não me agradarei dele”. Nós, porém, não somos dos que retrocedem e são destruídos, mas dos que creem e são salvos. Hebreus 10:38-39.

Hora! Se meditassem na afirmação do apostolo Paulo em relação à característica do cristão de verdade: “Nós, porém, não somos dos que retrocedem e são destruídos, mas dos que creem e são salvos.” Deduziriam que o que destrói uma pessoa é exatamente o que Jesus Cristo veio para nos livrar: A morte. - O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância. João 10:10. Está é a nossa confiança da qual não abrimos mão: A Fé em Jesus Cristo.

Esta meus queridos (as) é a maior, melhor, principal e desejada recompensa que qualquer pessoa poderia desejar:

Para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna. João 3:15

E o testemunho é este: que Deus nos deu a vida eterna; e esta vida está em seu Filho. 1 João 5:11

Talvez você que ainda não teve a oportunidade de ler a Bíblia possa até achar, mas interessante aceitar a possibilidade dos ensinamentos que a contraria, ou seja: Que a recompensa material é melhor! Pois você usufruiria aqui neste mundo etc.… etc.… Levando em conta “esta ignorância espiritual” quero, porém alerta-lo com duas perguntas extraídas da própria Bíblia: Pois quem quiser salvar a sua vida, a perderá, mas quem perder a vida por minha causa e pelo evangelho, a salvará.  Pois, que adianta ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma? Ou, o que o homem poderia dar em troca de sua alma? Marcos 8:35-37

Interessante como o jogo de palavras quando aplicado com a intenção pura de orientação para a verdade, não dar margem para interpretações duvidosas, ao contrario fica muito mas claro para quem também de pura e boa vontade a recebe: Pois quem quiser salvar a sua vida, a perderá, mas quem perder a vida por minha causa e pelo evangelho, a salvará.

As verdades contidas nestas palavras deixa evidente que a busca pelas recompensas materiais não impedirão que a pessoa venha experimentar a morte, e, pior! Ter que permanecer nela. Contudo para quem abre mão de passar toda uma vida somente em busca de bens materiais, também ira experimentar a morte! Mas, com toda certeza não permanecerá nela: Eu lhes asseguro: Quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou, tem a vida eterna e não será condenado, mas já passou da morte para a vida. João 5:24.

Jesus Cristo o Filho de Deus é a maior recompensa imerecida que a humanidade já teve e nunca, mas irá ter igual. Pois Ele veio para oferecer-se a todos sem exceção: Não é verdade que ele não mostra parcialidade a favor dos príncipes, e não favorece o rico em detrimento do pobre, uma vez que todos são obra de suas mãos? Jó 34:19.

Este é o Deus a quem eu sirvo e servirei eternamente se permanecer Fiel a Ele como Ele é fiel a mim pelo amor que muito me ama o Seu Filho Jesus Cristo.

Amém.

image

quinta-feira, 8 de março de 2012

Porque Deus nos escolheu nele antes da criação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis em sua presença. Efésios 1:4

image

Apesar de todo o amor de Deus ter sido expressado pela entrega do Seu Filho Jesus Cristo para morrer pela remissão dos pecados dos homens não serão todos os que ouvirão a nossa pregação e que irão aceitar o seu convite.

Então vocês podem até pensar que a morte de Jesus tenha sido desnecessária! Pelo conceito humano de seleção baseada na existência de possíveis qualidades talvez estivessem corretos.

Contudo pelos princípios de Deus e pela sua onisciência de todas as coisas; não poderia de maneira alguma ter sido em vão a sua morte. Justamente por ser um Deus de amor, mas que, no entanto não obriga a ninguém aceitar este amor. Deus têm os seus próprios meios para perceber sinais claros em uma pessoa de que ela pode vim a ser uma das ovelhas perdidas do seu vasto rebanho: Tenho outras ovelhas que não são deste aprisco. É necessário que eu as conduza também. Elas ouvirão a minha voz, e haverá um só rebanho e um só pastor. João 10:16.

Jesus na sua infinita sabedoria nos comparou a ovelhas! Por quê? Pelo fato das ovelhas serem animais muito dependentes de cuidados e necessitadas de terem um bom pastor para cuidar delas. Justamente por causa desta fragilidade também percebida no ser humano. Afinal somos os únicos mamíferos que passa mais tempo dependente dos pais. Então; Deus sabendo de todas nossas necessidades pois em pratica o Seu plano Salvatico de enviar Seu Filho mostrar aos seres humanos toda sua vontade de nos amar:

Em amor nos predestinou para sermos adotados como filhos por meio de Jesus Cristo, conforme o bom propósito da sua vontade, para o louvor da sua gloriosa graça, a qual nos deu gratuitamente no Amado.

– Ao nos escolher Deus também nos predestinou = predestinarConjugar (latim praedestino, -are) v. tr.1. Eleger desde a eternidade (ex.: afirmou que Deus predestina os justos). 2. Destinar para grandes coisas ou para determinado fim. = ELEGER 3. Destinar com antecedência. Ele depositou literalmente a sua confiança de que todo aquele que recebesse o convite do Seu Filho Jesus Cristo; haveria neste momento reconhecer a voz do bom pastor.

Nele temos a redenção por meio de seu sangue, o perdão dos pecados, de acordo com as riquezas da graça de Deus, a qual ele derramou sobre nós com toda a sabedoria e entendimento. E nos revelou o mistério da sua vontade, de acordo com o seu bom propósito que ele estabeleceu em Cristo, isto é, de fazer convergir em Cristo todas às coisas, celestiais ou terrenas, na dispensação da plenitude dos tempos.

- Como afirmei no inicio, nem todos, porém irão entender com a mesma facilidade. Muitos dão ouvidos a outras vozes que não possuem as qualificações que Deus somente deu a Jesus.

Nele fomos também escolhidos, tendo sido predestinados conforme o plano daquele que faz todas as coisas segundo o propósito da sua vontade, a fim de que nós, os que primeiro esperamos em Cristo, sejamos para o louvor da sua glória.
Nele, quando vocês ouviram e creram na palavra da verdade, o evangelho que os salvou, vocês foram selados com o Espírito Santo da promessa, que é a garantia da nossa herança até a redenção daqueles que pertencem a Deus, para o louvor da sua glória.

- O Apostolo Paulo afirma que por causa desta inconstância dos homens onde muitos preferem “experimentar” outras possibilidades baseados no falso argumento já explicado anteriormente neste blog. Do: Livre Arbítrio. Que há uma natural escolha dos que uma vez predestinados não se recusarem a dar ouvido e crerem na verdade do evangelho.

Por essa razão, desde que ouvi falar da fé que vocês têm no Senhor Jesus e do amor que demonstram para com todos os santos, não deixo de dar graças por vocês, mencionando-os em minhas orações.
Peço que o Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o glorioso Pai, lhes dê espírito de sabedoria e de revelação, no pleno conhecimento dele.
Oro também para que os olhos do coração de vocês sejam iluminados, a fim de que vocês conheçam a esperança para a qual ele os chamou, as riquezas da gloriosa herança dele nos santos e a incomparável grandeza do seu poder para conosco, os que cremos, conforme a atuação da sua poderosa força.

Pelas palavras do apostolo Paulo podemos entender o por quê da necessidade da presença do bom pastor para que uma vez que os que aceitam o convite que veio acompanhado a todos desde o nascimento; mas, que nem todos se deram ao trabalho de guarda-lo, lê-lo e ouvir aquele que enviou confirmar que: Ei! Este convite é para você mesmo! Fui eu que enviei ei… ei….!  Felizmente para os que mesmo, após um bom tempo, vem dar ouvido a esta preciosa informação, de que o convite não é transferível e só pode ser cancelado ou revogado pelo próprio convidado. Resolve então aceitar e receber pela Graça do Sangue de Jesus Cristo uma nova vida.

Pois assim como Deus o Todo Poderoso ressuscitou o Seu Filho morto por amor a mim e a você! Ele também nos ressuscita do tempo que levamos mortos sem estarmos ainda enterrados nos enganos das muitas possibilidades que não levarão ao lugar onde Deus se encontra. Esse poder ele exerceu em Cristo, ressuscitando-o dos mortos e fazendo-o assentar-se à sua direita, nas regiões celestiais, muito acima de todo governo e autoridade, poder e domínio, e de todo nome que se possa mencionar, não apenas nesta era, mas também na que há de vir.
Deus colocou todas as coisas debaixo de seus pés e o designou como cabeça de todas as coisas para a igreja, que é o seu corpo, a plenitude daquele que enche todas as coisas, em toda e qualquer circunstância. Efésios 1:5-23.

Somente Jesus Cristo está sentado ao lado de Deus e nenhum outro homem poderá atingir esta condição. Por maior que seja a sua ambição ou recusa a aceitar que somente por Ele e para Ele foram feitos todas as coisas. Inclusive! Eu e vocês.

A questão então será.

Você quer ser chamado a ser santo de Deus ou prefere acreditar nos santos dos homens?

Que são nada mais que figuras de: Gesso, barro, ferro, pedra, madeira, plástico. Olhando bem! São os tais santos avançados  a anos no uso da tecnologia tão alardeada como sendo atual. Já há muito tempo que foram e são: SANTOS VIRTUAIS que de tão virtuais que são não santificaram nem a si mesmos. Tinha que estar mortos para que pudessem fazer os tolos acreditarem.

Santos são todos aqueles que aceitam a Cristo como seu único e suficiente salvador e são separados - Portanto, como povo escolhido de Deus, santo e amado, revistam-se de profunda compaixão, bondade, humildade, mansidão e paciência. Colossenses 3:12.

À igreja de Deus que está em Corinto, aos santificados em Cristo Jesus e chamados para serem santos, juntamente com todos os que, em toda parte, invocam o nome de nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor deles e nosso: 1 Coríntios 1:2

Está esperando o que? Decida-se pelo o único que é digno de toda Honra e toda a Glória.

Venha para Jesus Cristo.

Amém.

image

quarta-feira, 7 de março de 2012

Finalmente, meus irmãos, alegrem-se no Senhor! Escrever-lhes de novo as mesmas coisas não é cansativo para mim e é uma segurança para vocês. Filipenses 3:1

 

imageimage

Vemos nesta carta do apostolo Paulo agora aos cristãos de Felipo as mesmas preocupações de orienta-los em relação aos falsos falsificadores do evangelho de Cristo, tal como havia feito aos da Galácia: Cuidado com os cães, cuidado com esses que praticam o mal, cuidado com a falsa circuncisão! Filipenses 3:2.

Também lá em Felipo logo apareceram os que queriam se aproveitar das pessoas que estavam começando a serem ensinadas que não seria mas necessário cumprir nenhuma das determinações da antiga aliança.  Como a circuncisão = Remoção do prepúcio do pênis. Os israelitas eram circuncidados no oitavo dia do nascimento. Deus pediu isto como uma parte de sua aliança com Israel. Era o sinal da fidelidade do povo de Deus. (Gênesis 17:12). Pois Jesus Cristo pela sua morte representou o cumprimento de todas as exigências e sacrifícios da Lei. O que iria demonstrar a fidelidade a Deus seria a circuncisão espiritual no coração liberto do pecado por aceita-lo como único e suficiente salvador.Pois nós é que somos a circuncisão, nós que adoramos pelo Espírito de Deus, que nos gloriamos em Cristo Jesus e não temos confiança alguma na carne, Filipenses 3:3.

O apostolo Paulo deu como exemplo da inutilidade da circuncisão física, a sua antiga condição. Deixando claro para qualquer um que tomasse conhecimento em Felipo e até a nós nos dias atuais que não há mais nenhuma outra condição que importe além de aceitar e permanecer na fé em Jesus Cristo: “embora eu mesmo tivesse razões para ter tal confiança. Se alguém pensa que tem razões para confiar na carne, eu ainda mais: circuncidado no oitavo dia de vida, pertencente ao povo de Israel, à tribo de Benjamim, verdadeiro hebreu; quanto à lei, fariseu; quanto ao zelo, perseguidor da igreja; quanto à justiça que há na lei, irrepreensível.
Mas o que para mim era lucro, passei a considerar perda, por causa de Cristo.
Mais do que isso, considero tudo como perda, comparado com a suprema grandeza do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor, por cuja causa perdi todas as coisas. Eu as considero como esterco para poder ganhar a Cristo e ser encontrado nele, não tendo a minha própria justiça que procede da lei, mas a que vem mediante a fé em Cristo, a justiça que procede de Deus e se baseia na fé. Filipenses 3:4-9.

Tenho vamos assim dizer: Uma inveja santa do apostolo Paulo. Pois a sua compreensão dos ensinamentos deixados por Jesus em relação a verdadeira cidadania e recompensa para os que deposita a fé Nele. Extrapola a minha capacidade de poder sequer me considerar “garantidamente” salvo. - Quero conhecer a Cristo, ao poder da sua ressurreição e à participação em seus sofrimentos, tornando-me como ele em sua morte para, de alguma forma, alcançar a ressurreição dentre os mortos. Filipenses 3:10-11.

Posso parecer estranho em está afirmando que seja esta a minha condição em relação ao que Paulo afirma; ser o melhor para quem deseja tanto a Cristo. Mas não é por uma questão de duvida da minha parte; é bom esclarecer! A questão é que diante da grandeza de Jesus Cristo e da graça recebida Dele. Para atingir a condição mínima necessária para termos a certeza de que estaremos um dia ressurreto ao Seu lado, não é uma tarefa para muitos. Até Paulo reconhecia isto:

Não que eu já tenha obtido tudo isso ou tenha sido aperfeiçoado, mas prossigo para alcançá-lo, pois para isso também fui alcançado por Cristo Jesus.
Irmãos, não penso que eu mesmo já o tenha alcançado, mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que ficaram para trás e avançando para as que estão adiante, prossigo para o alvo, a fim de ganhar o prêmio do chamado celestial de Deus em Cristo Jesus. Filipenses 3:12-14.

Em outra passagem o mesmo Paulo mostra como devemos nos portar em relação ao mundo: Se vivemos, vivemos para o Senhor; e, se morremos, morremos para o Senhor. Assim, quer vivamos, quer morramos, pertencemos ao Senhor. Romanos 14:8.

Espero sinceramente atingir esta condição de dependência de Jesus Cristo e ainda bem que Deus não me deixará com duvidas quando chegar a minha vez: Todos nós que alcançamos a maturidade devemos ver as coisas dessa forma, e se em algum aspecto vocês pensam de modo diferente, isso também Deus lhes esclarecerá. Tão-somente vivamos de acordo com o que já alcançamos. Filipenses 3:15-16.

Eu tenho um pouco mais de 06 anos que caminho em direção ao alvo do meu aperfeiçoamento em Jesus Cristo. E posso afirmar que o pouco que já obtive de mudanças visíveis e espirituais na minha maneira de viver, já é uma experiência inexplicável! Imagine então conseguir chegar ao final da minha jornada aqui no mundo se me desviar do alvo e alcançar o que Jesus me promete? - Irmãos, sigam unidos o meu exemplo e observem os que vivem de acordo com o padrão que lhes apresentamos.
Pois, como já lhes disse repetidas vezes, e agora repito com lágrimas, há muitos que vivem como inimigos da cruz de Cristo.
Quanto a estes, o seu destino é a perdição, o seu deus é o estômago e têm orgulho do que é vergonhoso; eles só pensam nas coisas terrenas.
A nossa cidadania, porém, está nos céus, de onde esperamos ansiosamente um Salvador, o Senhor Jesus Cristo.
Pelo poder que o capacita a colocar todas as coisas debaixo do seu domínio, ele transformará os nossos corpos humilhados, para serem semelhantes ao seu corpo glorioso. Filipenses 3:17-21

Fico imaginando o quanto Jesus Cristo me ama e ama vocês todos! Ouvi outro dia uma pregação de um pastor que falou uma verdade que passa despercebida até dos mais apaixonados pela palavra de Deus. Ele disse que apesar desta passagem afirmar: “Por isso Deus o exaltou à mais alta posição e lhe deu o nome que está acima de todo nome,” Filipenses 2:9. Com certeza não foi por esse motivo que Jesus Cristo aceitou morrer pelo meu e seus pecados. Afinal a palavra de Deus também afirma que: No princípio era aquele que é a Palavra. Ele estava com Deus, e era Deus. Ela estava com Deus no princípio. Todas as coisas foram feitas por intermédio dele; sem ele, nada do que existe teria sido feito. Nele estava a vida, e esta era a luz dos homens. A luz brilha nas trevas, e as trevas não a derrotaram. João 1:1-5.

Deu para perceber o maravilhoso detalhe? Isso mesmo meus queridos (as) Jesus já tinha um nome mais que excelente. Ele é Deus! Ele é a própria vida e mesmo assim por amor e unicamente por amor! Ele se deu por mim e por você! Já tinham pensado nisso? Ainda duvidam do Amor de Deus por todos os homens?

Deus é amor e foi por muito nos amar que nos deu o seu Amado Filho e Ele muito mais ainda nos amou a ponto de se deixar morrer. Repito: Por mim e por vocês.

Assim conhecemos o amor que Deus tem por nós e confiamos nesse amor. Deus é amor. Todo aquele que permanece no amor permanece em Deus, e Deus nele. 1 João 4:16

O Senhor conduza os seus corações ao amor de Deus e à perseverança de Cristo. 2 Tessalonicenses 3:5

Mantenham-se no amor de Deus, enquanto esperam que a misericórdia de nosso Senhor Jesus Cristo os leve para a vida eterna. Judas 1:21

E conhecer o amor de Cristo que excede todo conhecimento, para que vocês sejam cheios de toda a plenitude de Deus. Efésios 3:19

Mas quando se manifestaram a bondade e o amor pelos homens da parte de Deus, nosso Salvador, Tito 3:4

Foi assim que Deus manifestou o seu amor entre nós: Através do seu Filho Unigênito Jesus Cristo para que pudéssemos viver por meio dele.

Jesus é a razão do meu viver! E espero que venha ser a sua também.

Jesus Te Ama

Amém.

image

terça-feira, 6 de março de 2012

“Paulo, apóstolo enviado, não da parte de homens nem por meio de pessoa alguma, mas por Jesus Cristo e por Deus Pai, que o ressuscitou dos mortos,” Galátas 1:1.

image

Interessante à maneira que Paulo já faz com que observem a procedência dos ensinamentos que ele levava aos Gálatas. Hoje em dia, porém é muito comum nas diversas religiões espalhadas pelo mundo, até omitirem as suas verdadeiras origem e quem foram os seus mentores. Esta omissão proposital ou providencial não acontece em relação aos evangelhos de Cristo, onde tudo é feito de maneira que fique claro e entendido, desde a origem até o objetivo: A vocês, graça e paz da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo, que se entregou a si mesmo por nossos pecados a fim de nos resgatar desta presente era perversa, segundo a vontade de nosso Deus e Pai, a quem seja a glória para todo o sempre. Amém. Gálatas 1:3-5.

Infelizmente a pratica de desviarem, falsificarem e tentarem adaptar os ensinamentos de Jesus Cristo não é privilégio das religiões atuais, a existência de pessoas que estavam deturpando as verdades do evangelho, foi também a razão e o porquê da advertência inicial de Paulo em relação a sua procedência e a causa que motivou a carta: Admiro-me de que vocês estejam abandonando tão rapidamente aquele que os chamou pela graça de Cristo, para seguirem outro evangelho que, na realidade, não é o evangelho. O que ocorre é que algumas pessoas os estão perturbando, querendo perverter o evangelho de Cristo. Gálatas 1:6-7.

Paulo foi um homem que experimentou o maravilhoso poder do evangelho de Cristo em um momento em que ele era o principal opositor do mesmo, e tão tremendo foi esta experiência; que o transformou no maior e melhor divulgador do verdadeiro evangelho, dai o seu cuidado extremo pela manutenção da  divulgação verdadeira deste evangelho: Mas ainda que nós ou um anjo do céu pregue um evangelho diferente daquele que lhes pregamos que seja amaldiçoado! Como já dissemos, agora repito: Se alguém lhes anuncia um evangelho diferente daquele que já receberam, que seja amaldiçoado! Gálatas 1:8-9.

A própria experiência sobrenatural que Paulo teve com o Senhor Jesus quando a caminho de Damasco: E, indo no caminho, aconteceu que, chegando perto de Damasco, subitamente o cercou um resplendor de luz do céu. E, caindo em terra, ouviu uma voz que lhe dizia: Saulo, Saulo, por que me persegues?
E ele disse: Quem és Senhor? E disse o Senhor: Eu sou Jesus, a quem tu persegues. Duro é para ti recalcitrar contra os aguilhões. Atos 9:3-5.
Já seria suficiente para faze-lo uma pessoa diferente. Ninguém que tenha tido esta experiência seria capaz de aceitar outro evangelho e tão pouco, se ensinado por homens: Acaso me busco agora a aprovação dos homens ou a de Deus? Ou estou tentando agradar a homens? Se eu ainda estivesse procurando agradar a homens, não seria servo de Cristo. Irmãos. Quero que saibam que o evangelho por mim anunciado não é de origem humana.
Não o recebi de pessoa alguma nem me foi ele ensinado; pelo contrário, eu o recebi de Jesus Cristo por revelação. Gálatas 1:10-12

Talvez você possa estar se perguntando! Mas então como é que eu que não conheci Jesus e nem tevi uma experiência semelhante à de Paulo poss crer tanto neste evangelho? A resposta meus queridos (as) está na própria historia sobrenatural do apostolo Paulo! Ele foi escolhido justamente por todo o seu conhecimento de Deus, mesmo que o seu zelo “religioso” o tivesse impedido de ver que Jesus Cristo ensinava tudo que Ele pensava que sabia deste mesmo Deus. Mas com o verdadeiro entendimento: Vocês ouviram qual foi o meu procedimento no judaísmo, como perseguia com violência a igreja de Deus, procurando destruí-la. No judaísmo, eu superava a maioria dos judeus da minha idade, e era extremamente zeloso das tradições dos meus antepassados. Mas Deus me separou desde o ventre materno e me chamou por sua graça. Quando lhe agradou revelar o seu Filho em mim para que eu o anunciasse entre os gentios, não consultei pessoa alguma. Gálatas 1:13-16.

Este exemplo de Paulo é um dos muitos comportamentos que os homens de Deus do passado têm passado para nós e confesso que o de “não consultar pessoa alguma”, mas ter a palavra de Deus como bussola é o que mais tento imitar: Tampouco subi a Jerusalém para ver os que já eram apóstolos antes de mim, mas de imediato parti para a Arábia, e tornei a voltar a Damasco. Depois de três anos, subi a Jerusalém para conhecer Pedro pessoalmente, e estive com ele quinze dias. Não vi nenhum dos outros apóstolos, a não ser Tiago, irmão do Senhor. Gálatas 1:17-19. Paulo apesar de jovem era conhecido pela sua personalidade forte e decidida e uma vez que não havia ficado nenhuma duvida dentro do seu coração em relação a Jesus Cristo, tanto que ele nem se preocupou em conhecer os principais discípulos. Os textos não falam sobre o porquê de Paulo não ter ido logo “tirar a duvida que pudesse existir em relação a sua conversão”, mas me permito a divagar que: Talvez ele não quisesse receber nenhuma outra influência. Ainda que dos discipulos; mas humana: Quanto ao que lhes escrevo, afirmo diante de Deus que não minto. A seguir, fui para as regiões da Síria e da Cilícia. Eu não era pessoalmente conhecido pelas igrejas da Judéia que estão em Cristo. Gálatas 1:20-22.

Além de não ter tido interesse imediato de conhecer os discípulos. Paulo também não se preocupou em ter que provar que ele agora estava totalmente comprometido com Jesus: Apenas ouviam dizer: "Aquele que antes nos perseguia, agora está anunciando a fé que outrora procurava destruir". Gálatas 1:23

Ele, no entanto tinha como único proposito fazer com que sua nova vida de Apostolo de Cristo tivesse como unica razão ser, uma manifestação viva da Glória de Deus: E glorificavam a Deus por minha causa. Gálatas 1:23.

Esta passagem meus queridos (as) mostra uma das muitas maneiras com que Deus pode agir e mudar a vida de uma pessoa. No entanto! Não há como, sob nenhuma outra hipótese que isso possa acontecer sem que a pessoa tenha uma verdadeira experiência com o evangelho de Jesus Cristo.

Só Jesus Cristo Salva Cura e Liberta.

Amém.

image

segunda-feira, 5 de março de 2012

De fato, vocês ouviram falar dele, e nele foram ensinados de acordo com a verdade que está em Jesus. Quanto à antiga maneira de viver, vocês foram ensinados a despir-se do velho homem, que se corrompe por desejos enganosos, a serem renovados no modo de pensar e Efésios 4:21-23

image

Todo homem ou mulher que já tenha ouvido falar de Jesus Cristo e passam para a próxima etapa, que é a de ser ensinado de acordo com a sua verdade. Entende também que não, é mas possível manter as mesmas atitudes, atos e costumes dos desejos e enganos e que é necessário a renovação total do modo de pensar. É preciso decidir romper com a velha criatura e aprender: “a revestir-se do novo homem, criado para ser semelhante a Deus em justiça e em santidade provenientes da verdade. Efésios 4:24.

Toda pessoa que uma vez revestida do novo homem em Cristo assume diante de Deus o compromisso de mudança: Portanto, cada um de vocês deve abandonar a mentira e falar a verdade ao seu próximo, pois todos somos membros de um mesmo corpo. Efésios 4:25.

Este compromisso de mudança, contudo não pode ser apenas no âmbito da teoria. É necessário que se viva de uma maneira totalmente oposta à antiga forma de entender e viver a vida, e a Deus. - "Quando vocês ficarem irados, não peque". Apaziguem a sua ira antes que o sol se ponha, e não deem lugar ao diabo.
O que furtava não furte mais; antes trabalhe, fazendo algo de útil com as mãos, para que tenha o que repartir com quem estiver em necessidade.
Nenhuma palavra torpe saia da boca de vocês, mas apenas a que for útil para edificar os outros, conforme a necessidade, para que conceda graça aos que a ouvem. Efésios 4:26-29.

A maior dificuldade do relacionamento sincero com Deus e com os ensinamentos de Jesus Cristo não está relacionado a compreensão , pois para isso temos o Espirito Santo para nos socorrer: Mas aquele Consolador, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto vos tenho dito. João 14:26. A maior dificuldade reside em viver de acordo com estes ensinamentos, pois, ainda que o Espirito Santo venha nos alertar quanto as nossas escolhas, decisões e atos. Nem sempre permitimos ou aceitamos a sua orientação.

Cada vez que regredimos em relação a pratica de atos do passado é como se estivéssemos dizendo a Deus que não aceitamos a sua orientação. Isto acontece, infelizmente com mais frequência do que se imagina na vida de um cristão! Não entristeçam o Espírito Santo de Deus, com o qual vocês foram selados para o dia da redenção. Livrem-se de toda amargura, indignação e ira, gritaria e calúnia, bem como de toda maldade.
Sejam bondosos e compassivos uns para com os outros, perdoando-se mutuamente, assim como Deus perdoou vocês em Cristo. Efésios 4:30-32.

E é exatamente pela percepção desta inconstância do ser humano, ainda que esteja em um processo de transformação; testifica a inutilidade de praticas de atos que são qualificados como sendo por boas intenções. Esta inconstância é que nos desqualifica de reivindicar a redenção dos nossos pecados pelas nossas boas obras. Se não houver a renovação total do modo antigo de pensar, e principalmente de SER. Esta incapacidade muitas vezes demonstrada pelos nossos comportamentos, falas, atitudes, desejos e pensamentos conflitantes com a verdade, que levou a Deus ter que por em ação o plano de salvação através de Jesus Cristo.

Ontem postei sobre sermos glorificados por Cristo quando da sua volta. No entanto a maioria das pessoas buscam incessantemente as glórias temporais deste mundo, o que torna suas boas obras sem efeito diante de Deus. Aliás! A palavra OBRA é constantemente mal utilizada para justificar pessoas que pensam que podem comprar uma credencial para entrar no Reino de Deus. A palavra OBRA na Bíblia expressa: Uma atitude; a ação; a mobilização em relação aos ensinamentos de Jesus Cristo. Sem que tenha, contudo, nenhum valor de ganho ou pontuação em relação à salvação do individuo. É o que quer dizer a expressão muito utilizada pelas seitas espíritas para justificar as suas teorias de salvação baseada em feitos humanos de caridade: Assim como o corpo sem espírito está morto, também a fé sem obras está morta. Tiago 2:26.

Estas pessoas estão tão obcecadas e cegas pelas suas próprias incapacidades que propositalmente ignoram um versículo anterior que mostra claramente não ter o nenhum sentido por eles alegado esta frase fora do contexto de todo o capitulo: Pois vocês são salvos pela graça, por meio da fé, e isto não vem de vocês, é dom de Deus; não por obras, para que ninguém se glorie. Efésios 2:8-9. – E o que eles fazem é exatamente buscarem para si mesmas a falsa glória dos seus atos para serem visto por homens como dignos de salvação.

Meus queridos (as) nunca houve e nem haverá outra pessoa pela qual importe a sua salvação, somente por Jesus Cristo é que alguém pode ser salvo. Todas as outras “glórias humanas” não passam de boias para náufragos, levadas pelos ventos e torcendo para que dê em alguma ilha. Onde no mínimo permanecerão secas, mas ainda não salvas.

Somente Jesus Cristo pode tira-lo do mais fundo abismo em que se encontre e leva-lo em seus braços para que tenham Nele a vida eterna.

Mas como costumo dizer! Cada um é que escolhe em que barco vai querer estar:

Entrando ele no barco, seus discípulos o seguiram.
De repente, uma violenta tempestade abateu-se sobre o mar, de forma que as ondas inundavam o barco. Jesus, porém, dormia.
Os discípulos foram acordá-lo, clamando: "Senhor, salva-nos! Vamos morrer! "
Ele perguntou: "Por que vocês estão com tanto medo, homens de pequena fé? " Então ele se levantou e repreendeu os ventos e o mar, e fez-se completa bonança. Os homens ficaram perplexos e perguntaram: "Quem é este que até os ventos e o mar lhe obedecem? " Mateus 8:23-27.

Navios maiores já afundaram sem Jesus a bordo. Pense nisso.

Amém.

image

domingo, 4 de março de 2012

Quando Cristo, que é a sua vida, for manifestado, então vocês também serão manifestados com ele em glória. Colossenses 3:4

image

Pois o amor ao dinheiro é raiz de todos os males. Algumas pessoas, por cobiçarem o dinheiro, desviaram-se da fé e se atormentaram a si mesmas com muitos sofrimentos. 1 Timóteo 6:10

Pois, que adianta ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma? Marcos 8:36

A instrução que o mundo insiste em apresentar faz com que tudo que é importante seja o ter. Mesmo que isso leve a pessoa a viver pela aparência. E muitas pessoas sem que percebam ou por que a aceitam, levam estas instruções até para o âmbito da sua vida existencial. A chamada: Vida de aparência!

Alguns fingem que são ricos e nada têm; outros fingem que são pobres, e têm grande riqueza. Provérbios 13:7.

Pessoas que esquecem em função deste ensinamento equivocado, de que a nossa passagem por este mundo é muito breve e de poucas realizações que realmente tenha importância diante das infinitas possibilidades que a vida real pode oferecer, perde seu precioso tempo investindo naquilo que não importa. Não importa! Se ou como conseguiram, pois não poderão usufruir após a morte.

A incrível bênção que eu e todos que creem em Cristo, porém, é que a nossa vida verdadeira e eterna está com Cristo em Deus. Então, mesmo que as coisas na minha vida sejam boas agora, serão sempre vulneráveis para serem tocadas pela mortalidade. Quando Cristo vier, tudo será gloriosamente perfeito e sem manchas do mal, da morte ou da decomposição. Isso é uma boa nova! Numa época em que cada vez mais homens e mulheres procuram desesperadamente atenuarem as marcas do tempo através de inúmeros procedimentos cirúrgicos como se fossem realmente capazes de evitar o curso natural da limitada vida do ser humano: O homem nascido de mulher vive pouco tempo e passa por muitas dificuldades. Jó 14:1.

Como é maravilhoso saber que Jesus Cristo voltará e que não precisamos nos preocupar com a nossa aparência pessoal. (por vaidade): Pelo poder que o capacita a colocar todas as coisas debaixo do seu domínio, ele transformará os nossos corpos humilhados, para serem semelhantes ao seu corpo glorioso. Filipenses 3:21.

O homem não se farta em seus desejos e ainda que consiga realizar alguns, sempre tem outro que imediatamente ocupa sua atenção e esforços no intuito de também realiza-lo. Assim fazendo, mesmo que venha obter êxito não percebem que estão abreviando o dia em que serão obrigados a deixar tudo para trás. E pior, é que nem saberão do que será feito de tudo que possa ter conseguido. O Rei Salomão tido como o homem mais rico e sábio que já existiu, chegou ainda em vida a esta esclarecedora conclusão quanto a inutilidade dos sacrifícios na tentativa de obter apenas a satisfação dos desejos.

Quem ama o dinheiro jamais terá o suficiente; quem ama as riquezas jamais ficará satisfeito com os seus rendimentos. Isso também não faz sentido.
Quando aumentam os bens, também aumentam os que os consomem. E que benefício trazem os bens a quem os possui, senão dar um pouco de alegria aos seus olhos?
O sono do trabalhador é ameno, quer coma pouco quer coma muito, mas a fartura de um homem rico não lhe dá tranquilidade para dormir.
Há um mal terrível que vi debaixo do sol: riquezas acumuladas para infelicidade do seu possuidor.
Se as riquezas se perdem num mau negócio, nada ficará para o filho que lhe nascer.
O homem sai nu do ventre de sua mãe, e como vem, assim vai. De todo o trabalho em que se esforçou nada levará consigo.
Há também outro mal terrível: Como o homem vem, assim ele vai, e o que obtém, de todo o seu esforço em busca do vento?
Passa toda a sua vida nas trevas, com grande frustração, doença e amargura.
Assim, descobri que o melhor e o que vale a pena é comer, beber, e desfrutar o resultado de todo o esforço que se faz debaixo do sol durante os poucos dias de vida que Deus dá ao homem, pois essa é a sua recompensa. Eclesiastes 5:10-17

Meus queridos (as) as bênçãos de Deus são completas na vida de uma pessoa e quando elas nos alcançam é tamanha a certeza de que seja o que for ou de que tamanho, será sempre o melhor para nós e faz que estejamos sempre alegres com que temos, sem a preocupação possuir mais: E, quando Deus concede riquezas e bens a alguém, e o capacita a desfrutá-los, a aceitar a sua sorte e a ser feliz em seu trabalho, isso é um presente de Deus. Raramente essa pessoa reflete no fato de que a sua vida é curta, porque Deus o mantém ocupado com a alegria do coração. Eclesiastes 5:18-20

Infelizmente este é um ensinamento que contraria a opinião quase que geral da humanidade, onde a incessante busca pelo ter toma até o lugar de Deus na vida das pessoas: Pois onde estiver o seu tesouro, aí também estará o seu coração. Mateus 6:21.

Há muito tempo cada vez mais pessoas estão colocando as riquezas como seu deus, ainda que muitos ainda procurem associarem o seu “sucesso” ao Deus da Bíblia. Erram os que pensam assim, pois Deus que pode e traz a verdadeira prosperidade aos seus Filhos não esta preocupando em nos enriquecer materialmente: Pois o Reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, paz e alegria no Espírito Santo; Romanos 14:17.

Ele não pode ser associado a riquezas materiais: Ninguém pode servir a dois senhores; pois odiará a um e amará o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Vocês não podem servir a Deus e ao Dinheiro. Mateus 6:24. Este tem sido também um dos motivos que tem levado muitos a desistirem ou nem tentarem servi ao verdadeiro Deus de todas as coisas. Há e infelizmente não são poucas; pessoas que vão a Deus em busca de riquezas, pessoas que estão apenas se transferidos momentaneamente para Deus com as suas verdadeiras intenção: O amor ao dinheiro. Veja só o homem que rejeitou a Deus como refúgio; confiou em sua grande riqueza e buscou refúgio em sua maldade! " Salmos 52:7.

Quem assim despreza a palavra de Deus e não se contentam com o que tem. Vive enganando a si mesmos achando que poderão se perpetuarem pelas suas riquezas, são tolos inconsequentes: “pois as riquezas não duram para sempre, e nada garante que a coroa passe de uma geração a outra.” Provérbios 27:24.

Ainda que possam achar tolice ou insensatez de crente! Meditem nestes dois versículos abaixo e vejam em qual destas verdades vocês desejaria estar inserido:

Esforço-me para que eles sejam fortalecidos em seus corações, estejam unidos em amor e alcancem toda a riqueza do pleno entendimento, a fim de conhecerem plenamente o mistério de Deus, a saber, Cristo. Colossenses 2:2

Você diz: Estou rico, adquiri riquezas e não preciso de nada. Não reconhece, porém, que é miserável digno de compaixão, pobre, cego e que está nu. Apocalipse 3:17

Não existe nenhum pecado em possuir bens matérias e nem tão pouco Jesus Cristo condena os que são ricos. O que estou tentando mostrar-lhes é o perigo que se corre em trocar Deus pela ilusão das riquezas. O nosso Deus é poderoso para fazer com que em tudo sejamos satisfeito, basta que creiamos que assim se cumpre toda a sua palavra e a vivamos com sinceridade: Mantém longe de mim a falsidade e a mentira; Não me dês nem pobreza nem riqueza; dá-me apenas o alimento necessário. Provérbios 30:8

Pois: Esta é a confiança que temos ao nos aproximarmos de Deus: se pedirmos alguma coisa de acordo com a sua vontade, ele nos ouve. 1 João 5:14.

E isso, para nós basta!

Amém.

image