terça-feira, 1 de maio de 2012

Rm 5:1 (NVI Br) Tendo sido, pois, justificados pela fé, temos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo,

image

A melhor maneira de um cristão compreender o significado de ter a paz de Deus; é quando humanamente está acometido de uma momentânea provação e vê o cuidado do Senhor Jesus Cristo se revelar através de uma pessoa que você nunca viu que se aproxima de você para lembra-lo que Ele está vendo a sua situação e esta contigo na luta.

E meus queridos (as), não que esteja me referido a uma situação hipotética! Foi o que aconteceu ontem à tarde comigo numa praça de alimentação de um pequeno centro comercial no bairro onde moro. Sentei-me em uma mesa ao lado de outra em que um jovem que nunca havia visto anteriormente, já estava sentado e a única palavra que troquei com ele, foi a de pedir o favor de permitir que ligasse a fonte do meu notebook na tomada da parede atrás da cadeira que estava sentado. Pude perceber que ele estava lendo um livro que não pude e nem tive a curiosidade de ver o titulo e parecia absorvido na leitura, e só.

Passado algum tempo após ler alguns e-mails, tomar um delicioso prato de sopa. Creio que entrei naquele estagio natural do homem; onde as preocupações parecem predominar sobre tudo e fiquei meio que absorto em meus próprios pensamentos. De relance percebi que o jovem estava preste a ir embora, o que de fato ocorreu. Passados alguns minutos ele retornou e sentou-se na mesma mesa. E eu permaneci absorvido nos meus pensamentos. Mas, pude novamente perceber que ele estava se retirando outra vez.

Voltei a minha atenção para o meu note e para minha surpresa o jovem retornou mais uma vez, só que desta vez, ele pegou uma cadeira e pediu licença para falar comigo. Ai meus queridos (as), é que entra na história tudo que costumo pregar nas minhas postagens! A diferença que há entre ser servo de Cristo.

Após pedir licença e eu concede-la, aquele jovem que não me conhecia e eu tão pouco a ele, me disse que Jesus Cristo estava vendo a minha situação e que eu não estava só. Confesso que mesmo sendo uma pessoa que já se habituou a ver o agir do seu Senhor; fui surpreendido de tal maneira que nem consegui ouvir toda a sua fala e desejei compartilhar com ele que eu também pertencia ao mesmo Senhor que o havia impulsionado a falar para este servo e lembra-lo; que Ele não falha em nenhuma das suas promessas e voltasse a ter paz. - 2 por meio de quem obtivemos acesso pela fé a esta graça na qual agora estamos firmes; e nos gloriamos na esperança da glória de Deus.
3 Não só isso, mas também nos gloriamos nas tribulações, porque sabemos que a tribulação produz perseverança; 4 a perseverança, um caráter aprovado; e o caráter aprovado, esperança.
5 E a esperança não nos decepcionam, porque Deus derramou seu amor em nossos corações, por meio do Espírito Santo que ele nos concedeu. Rm 5:2-5.

Conversamos por alguns minutos, o suficiente para que meu estado de animo mudasse e eu de imediato lembrasse: 6 De fato, no devido tempo, quando ainda éramos fracos, Cristo morreu pelos ímpios. 7 Dificilmente haverá alguém que morra por um justo; pelo homem bom talvez alguém tenha coragem de morrer. 8 Mas Deus demonstra seu amor por nós: Cristo morreu em nosso favor quando ainda éramos pecadores. Rm 5:6-8.

Estou dando este testemunho para glorificar ao meu Senhor e Salvador Jesus Cristo e também exaltar aquele jovem que não irei citar o nome, pois ele bem sabe que a sua glória foi ter cumprido o que o Nosso Senhor lhe mandou fazer, mas, que fique com a certeza que como diz a palavra: Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós um peso eterno de glória mui excelente; 2 Co 4:17. Que eu também glorifico a Deus pela sua vida meu caro Irmão em Cristo.

São situações como estas que Deus permite que passemos; para podermos estimular o agir da nossa fé, mesmo que o momento pareça contradizer a esperança. Ele, no entanto está com Seus olhos atentos aos seus Filhos. Pois não foi em vão que o Seu Filho morreu por mim: 9 Como agora fomos justificados por seu sangue, muito mais ainda seremos salvos da ira de Deus por meio dele! 10 Se quando éramos inimigos de Deus fomos reconciliados com ele mediante a morte de seu Filho, quanto mais agora, tendo sido reconciliados, seremos salvos por sua vida! Rm 5:9,10.

E não que eu tenha esquecido, mas, é a brecha que o inimigo de Deus e nosso também encontra para nos atingir com os pensamentos de duvida. Tentando fazer com que me esqueça que eu já passei pela porta estreita e só dependo do meu Senhor Jesus: "Eu sou a porta. Quem entrar por mim será salvo; poderá entrar e sair e achará comida." Jo 14:6;

O nosso bom Deus mostra o quanto se preocupa com todos os seus filhos, que providência um irmão para que venha nos lembrar de tudo que o evangelho de Seu Filho Jesus nos ensina e promete: Agora, irmãos, quero que lembrem do evangelho que eu anunciei a vocês, o qual vocês aceitaram e no qual continuam firmes. 1Co 15:1.

Mesmo que eu possa ter me deixado levar por esta breve e momentânea tribulação, o fato é que um cristão nunca esquece que o Nosso Senhor Jesus não faz nada pela metade: Pois eu estou certo de que Deus, que começou esse bom trabalho na vida de vocês, vai continua-lo até que ele esteja completo no Dia de Cristo Jesus. Fp 1:6.

Por isso meus queridos (as) aconteça o que acontecer uma coisa eu sei: 38 "Pois eu tenho a certeza de que nada pode nos separar do amor de Deus: nem a morte, nem a vida; nem os anjos, nem outras autoridades ou poderes celestiais; nem o presente, nem o futuro;" 39 nem o mundo lá de cima, nem o mundo lá de baixo. Em todo o Universo não há nada que possa nos separar do amor de Deus, que é nosso por meio de Cristo Jesus, o nosso Senhor. Rm 8:38,39.

Em nome de Jesus Cristo

Amém.

image

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Usem este espaço para testemunhar como este Blog mudou sua forma de relacionar-se com Jesus Cristo.

Deus está no controle!

Ainda que eu não te ouça, pois o mundo faz de tudo para te calar! (Trecho da Canção Mar de Vidro de Rodolfo Abrantes) Apesar das inúmeras v...