quinta-feira, 5 de abril de 2012

Sejam sábios no procedimento para com os de fora; aproveitem ao máximo todas as oportunidades. O seu falar seja sempre agradável e temperado com sal, para que saibam como responder a cada um Colossenses 4:5-6

  image

Semelhantemente, a língua é um pequeno órgão do corpo, mas se vangloria de grandes coisas. Vejam como um grande bosque é incendiado por uma simples fagulha.Tiago 3:5

Confesso que tive certo receio no inicio de minha caminhada com Jesus Cristo, quanto a minha maneira de falar. Temia que o que tinha aprendido como sendo “qualidade” ou traço de caráter forte e determinado e: Não levar desaforo para casa, ter sempre uma resposta na ponta da língua, algo como, bateu levou etc. atitudes “normalmente”  aprendida pelo conceitos do mundo, tornaria impossível que pudesse mudar e por em pratica o que o evangelho estava me ensinando. É obvio que ainda não tinha lido a passagem que diz: Porque para Deus nada é impossível. Lucas 1:37.

Hoje pela operação da Graça de Jesus Cristo na minha vida posso afirmar que mesmo estando ainda sendo aperfeiçoado; já  fui verdadeiramente transformado. Portanto, se alguém está em Cristo, é nova criação. As coisas antigas já passaram; eis que surgiram coisas novas! 2 Coríntios 5:17.

Jesus já nos advertia que teríamos que dar satisfação sobre cada palavra inútil. E eu dia após dia busco estar em obediência a esta instrução, desde meu levantar ao meu deitar tenho que estar constantemente vigiando para que não venha a ser tentado a falar mais do que devo. Mas eu lhes digo que, no dia do juízo, os homens haverão de dar conta de toda palavra inútil que tiverem falado. Pois por suas palavras você será absolvido, e por suas palavras será condenado. Mateus 12:36-37.

Hoje graças a esta transformação que Jesus Cristo fez na minha vida, tenho consciência da importância de ter o domínio próprio, o que inclusive é um dos Dons dado pelo Espirito Santo de Deus. E posso entender que a minha responsabilidade com o evangelho é muito maior e importante do que a minha vontade, desejos, temperamento e tudo mais. Porém antes que pensem que assim Jesus Cristo estaria tirando o que no mundo chamam de “meu direito a individualidade”. O que também a história enganosa do livre arbítrio tenta transparecer, nada de obrigatório há em quere dar o que de graça recebi. Uma vez tendo recebido tanto amor, compreensão e perdão dos meus pecados sem ao menos merecer: Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores. Romanos 5:8. Percebo que é mais importante do que meus direitos; está o dever de levar mais adiante a ideia e enfatiza quão importante é o meu procedimento com o não cristão.

Para isso ocorra, tento aproveitar todas as oportunidades, quando estou com pessoas não cristãs para mostrar-lhes bondade, benignidade e controle na maneira em que uso a minha língua. Pois hoje tenho consciência que o destino eterno de alguém pode depender da minha conversa com ele.

Contudo é necessário fazer uma observação com relação ao fato, de que mesmo sendo essencial que a minha postura seja como a de um conciliador. Esta mesma condição é que permite que eu ou  qualquer cristão temente a Deus não fique também calado mediante ao que sabemos ser contra a sã doutrina. - Que pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina. 2 Timóteo 4:2.

A diferença, porém tem que está no entendimento de que não é a ira; a impaciência ou arrogância que irá fazer com que uma pessoa venha mudar o seu modo de viver, muito pelo contrario! Somente através do amor que a pessoa poderá vim a ser mudada na sua percepção do Deus que os religiosos descreveram ao longo de séculos de manipulação da palavra. Levando-o ao conhecimento e entendimento do verdadeiro Deus da Bíblia revelado por Jesus Cristo. E ai possa entender a dimensão desse amor: Porque o SENHOR repreende aquele a quem ama, assim como o pai ao filho a quem quer bem. Provérbios 3:12.

Meus queridos (as) de nada adiantam as filosofias, religiões e tudo mais que se faça em nome de Deus. Se não estiver fundamentado no amor! Mas, como já postei anteriormente, não falo do amor de mundo, que na realidade muitas das vezes não passa de uma momentânea atração. O amor verdadeiro é o que o Apostolo Paulo ensina:

Ainda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver amor, serei como o sino que ressoa ou como o prato que retine.
Ainda que eu tenha o dom de profecia e saiba todos os mistérios e todo o conhecimento, e tenha uma fé capaz de mover montanhas, mas não tiver amor, nada serei.
Ainda que eu dê aos pobres tudo o que possuo e entregue o meu corpo para ser queimado, mas não tiver amor, nada disso me valerá.
O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha.
Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor.
O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade.
Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
O amor nunca perece; mas as profecias desaparecerão, as línguas cessarão, o conhecimento passará. 1 Coríntios 13:1-8.

Este meus caros (as), é o verdadeiro e unico amor que pode transformar o mais imperfeito dos homens em um verdadeiro adorador de Deus. Este amor que nos foi dado pela graça de Jesus Cristo. Um amor que transcende qualquer compreensão humana. Mas que Jesus mostrou ser plenamente possível de ser manifestado entre os homens através desse mesmo amor que quem o aceitou, recebe.

Se alguém confessa publicamente que Jesus é o Filho de Deus, Deus permanece nele, e ele em Deus.
Assim conhecemos o amor que Deus tem por nós e confiamos nesse amor. Deus é amor. Todo aquele que permanece no amor permanece em Deus, e Deus nele.
Dessa forma o amor está aperfeiçoado entre nós, para que no dia do juízo tenhamos confiança, porque neste mundo somos como ele.
No amor não há medo; pelo contrário o perfeito amor expulsa o medo, porque o medo supõe castigo. Aquele que tem medo não está aperfeiçoado no amor.
Nós amamos porque ele nos amou primeiro. João 4:15-19.

Certa vez Jesus Cristo foi interrogado por um escriba sobre quais os principais mandamentos da Lei de Moises, os 10 mandamentos. (Recomendo que leiam Êxodo Cap. 20:1 – 17). E respondeu de maneira que não deixa duvida da inutilidade de todos os outros mandamentos sem que achasse o verdadeiro amor de Deus nos corações dos homens.

Ele respondeu: "Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma, de todas as suas forças e de todo o seu entendimento’ e ‘Ame o seu próximo como a si mesmo’". Lucas 10:27.

Meus queridos (as)! Jesus ao resumir os 10 mandamentos da Lei em apenas 02, não estava de maneira alguma desprezado os demais ou invalidando-os. Muito pelo contrário! Quando lemos Êxodo 20 vemos que nos 04 primeiros versículo Moises se refere ao que devemos fazer em relação a Deus e nos demais aos que devemos fazer em relação aos homens. Portanto Jesus Cristo; mostrou que, quem é capaz de amar a Deus sobre todas as coisas e ao seu próximo como a si mesmo. De maneira alguma poderia deixar de já está cumprindo todos os demais mandamentos. Pois quem ama:

Honra teu pai e tua mãe, a fim de que tenhas vida longa na terra que o Senhor teu Deus te dá.
Não matarás.
Não adulterarás.
Não furtarás.
Não darás falso testemunho contra o teu próximo.
Não cobiçarás a casa do teu próximo. Não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem seus servos ou servas, nem seu boi ou jumento, nem coisa alguma que lhe pertença". Êxodo 20:12-17.

Se alguém afirmar: "Eu amo a Deus", mas odiar seu irmão é mentiroso, pois quem não ama seu irmão, a quem vê, não pode amar a Deus, a quem não vê.
Ele nos deu este mandamento: Quem ama a Deus, ame também seu irmão. 1 João 4:20 e 21.
Foi a partir deste entendimento e da mudança de percepção do que amor que interessa a Deus, que foi possível para eu mudar o que até então tinha aprendido no mundo. E agora vocês já sabem que: Vocês! Se quiserem também mudará. Afinal como o próprio Jesus disse: Jesus olhou para eles e respondeu: "Para o homem é impossível, mas para Deus todas as coisas são possíveis". Mateus 19:26.

A única questão que pode te impedir de não aceitar este amor! Não está no mundo e nem no inferno! Mas, na descrença que possa está no seu coração: "Se podes? , disse Jesus. "Tudo é possível àquele que crê. Marcos 9:23.

Tú crê?

Amém.

image

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Usem este espaço para testemunhar como este Blog mudou sua forma de relacionar-se com Jesus Cristo.