quinta-feira, 1 de março de 2012

Meu filho, se os maus tentarem seduzi-lo, não ceda! Provérbios 1:10

image

Instrua a criança segundo os objetivos que você tem para ela, e mesmo com o passar dos anos não se desviará deles.
Provérbios 22:6 – Versão Internacional.

A questão não é “se”, mas “quando”! Os maus irão tentar nos seduzir.

Diariamente enfrentamos a tremenda pressão do mundo que tenta mostrar que somente os “espertos” podem ter sucesso. Nós cristãos devemos permanecer firmes e buscar segurança na palavra de Deus! Nós precisamos resistir o poder de persuasão dessa pressão. Mais ainda! Nunca devemos nos cansar de resistir. Portanto, submetam-se a Deus. Resistam ao diabo, e ele fugirá de vocês. Tiago 4:7

Em todo primeiro capitulo de provérbios vemos o Rei Salomão inspirado pelo Espirito Santo de Deus revelar aos seus súditos o perigo de cederem às ofertas sedutoras dos maus.

Estes são os provérbios de Salomão, filho de Davi, rei de Israel.
Eles ajudarão a experimentar a sabedoria e a disciplina; a compreender as palavras que dão entendimento; a viver com disciplina e sensatez, fazendo o que é justo, direito e correto; ajudarão a dar prudência aos inexperientes e conhecimento e bom senso aos jovens.
– Se ao invés de gastarem o dinheiro do contribuinte financiando todas as despesas necessárias para tentarem impor uma lei que impede os pais de darem uma Palmada corretiva em seus filhos! Os representantes eleitos pelo povo deveriam simplesmente deixar que a sabedoria e disciplina de Deus ainda fossem à única orientação necessária.

Se o sábio der ouvido, aumentará seu conhecimento, e quem tem discernimento obterá orientação para compreender provérbios e parábolas, ditados e enigmas dos sábios. – Cada vez mais vemos supostos intelectuais, estudiosos, filósofos e até religiosos tentando impor as suas concepções do que dizem ser: Politicamente correto. São aparentemente providos de capacidade intelectual, mas totalmente desprovidos de sabedoria. Se sábios fossem não estariam deturpando pelos seus próprios conceitos a causa e as consequências do que é errado.

O temor do Senhor é o princípio do conhecimento, mas os insensatos desprezam a sabedoria e a disciplina.
Ouça meu filho, a instrução de seu pai e não despreze o ensino de sua mãe.
Eles serão um enfeite para a sua cabeça, um adorno para o seu pescoço.
Meu filho, se os maus tentarem seduzi-lo, não ceda!
- Quando os pais, os representantes legais, os intelectuais não conseguem compreender a importância do respeito à palavra de Deus. Como irão então os filhos desta geração desprovida deste conhecimento que os livrariam das drogas, bebidas, fumo, prostituição e até da morte prematura. Sem a qual sequer têm condições de realizações dignas e uma boa e longa expectativa de vida?

Se disserem: "Venha conosco; fiquemos de tocaia para matar alguém, vamos divertir-nos armando emboscada contra quem de nada suspeita!
Vamos engoli-los vivos, como a sepultura engole os mortos; vamos destruí-los inteiros, como são destruídos os que descem à cova; acharemos todo tipo de objetos valiosos e encheremos as nossas casas com o que roubarmos; junte-se ao nosso bando; dividiremos em partes iguais tudo o que conseguirmos! "

Não pude deixar de lembrar de dois acontecimentos recentes que envolveram jovens aqui no Brasil lendo os versículos acima. Leaim e comparem com as atitudes dos envolvidos nos fatos abaixo e vejam se foram ou não escritos exatamente para estes tipos de jovens que vemos nas nossas sociedades? - No 1º caso: 04 jovens da chamada classe média (deveria ser: de volta a idade média) espancaram um jovem que tentou impedi-los de também espancarem um mendigo. (ou mais digno que eles). No 2ª caso: Outros jovens atearam fogo em vários moradores de rua provocando a morte de um deles. (assassinaram e covardemente fugiram).

Estes dois casos exemplificam muito bem o tipo de homens que a sociedade está formando longe do conhecimento e da sabedoria Divina.

Meu filho, não vá pela vereda dessa gente! Afaste os pés do caminho que eles seguem, pois os pés deles correm para fazer o mal, estão sempre prontos para derramar sangue. – Logo surgirão os pais e advogados dando declarações de que “como jovens eles estão sujeitos errarem”. Mentira! Conivência omissão proposital por não quererem a sabedoria e conhecimento do que as palavras de Deus já preveniam.

Assim como é inútil estender a rede se as aves o observam, também esses homens não percebem que fazem tocaia contra a própria vida; armam emboscadas contra eles mesmos! Tal é o caminho de todos os gananciosos; quem assim procede se destrói. – Infelizmente tanto os que praticam estes atos, como os que não evitaram que acontecessem pela boa instrução. Ambos verão que os efeitos destrutivos destas atitudes com certeza os alcançarão.

A sabedoria clama em voz alta nas ruas, ergue a voz nas praças públicas; nas esquinas das ruas barulhentas ela clama, nas portas da cidade faz o seu discurso: “Até quando vocês, inexperientes, irão contentar-se com a sua inexperiência”? Vocês, zombadores, até quando terão prazer na zombaria? E vocês, tolos, até quando desprezarão o conhecimento? – Esta é a descrição perfeita da rejeição em relação as palavras de Deus nos nossos dias. Que apesar de serem pregadas com mais frequência, abrangência na tentativa de mostrar-lhes que a inteligência e o acumulo de conhecimento, internet, computadores, bits, kilobits, megabits não os darão a verdadeira sabedoria. Pois, a verdadeira sabedoria só pode ser adquirida se dada por Deus. - Se acatarem a minha repreensão, eu lhes darei um espírito de sabedoria e lhes revelarei os meus pensamentos.

Lamentavelmente não só a juventude tem desprezado a sabedoria de Deus. Os mais velhos são tão ou mais responsáveis pelo estado de coisa que temos visto entre todas as faixas etárias e nível social; inclusive! Principalmente são entre os das classes de maior nível sócio econômico onde podemos constatar a total ausência de sabedoria, respeito e amor ao próximo. - Vocês, porém, rejeitaram o meu convite; ninguém se importou quando estendi minha mão! Visto que desprezaram totalmente o meu conselho e não quiseram aceitar a minha repreensão, eu, de minha parte, vou rir-me da sua desgraça; zombarei quando o que temem se abater sobre vocês, quando aquilo que temem abater-se sobre vocês como uma tempestade, quando a desgraça os atingir como um vendaval, quando a angústia e a dor os dominarem. “Então vocês me chamarão, mas não responderei; procurarão por mim, mas não me encontrarão”. – Duro né! Porém, mas que justo! Afinal como já informei em outras postagens; o Nosso Deus é um Deus de Amor sim. Contudo! Também é um Deus justo.

O que esperariam? - Visto que desprezaram o conhecimento e recusaram o temor do Senhor, não quiseram aceitar o meu conselho e fez pouco caso da minha advertência, comerão do fruto da sua conduta e se fartarão de suas próprias maquinações. A punição não é também a consequência da violação das leis imperfeitas criadas pelos homens? O que poderia então esperar que Deus fizesse? O que os pais e a justiça injusta dos homens fazem? Ainda que depois de tudo que Ele faz para tê-lo ao seu lado? Acham por acaso pouca coisa Ele ter enviado seu único Filho Amado para morrer pelos meus e seus pecados?

“Pois a inconstância dos inexperientes os matará, e a falsa segurança dos tolos os destruirá; mas quem me ouvir viverá em segurança e estará tranquilo, sem temer nenhum mal”. Provérbios 1:1-33. – Eu, porém escolhi ouvi a voz do Nosso Senhor Jesus Cristo quando Ele me convidou. Então, Ele me perdoou me deu segurança, tranquilidade, amor e nenhum temor dos “maus” que tentam me seduzir.

Que as instruções de Deus para nós todos neste 1º dia de março de 2012 seja o principio da introdução da sabedoria de Deus esm suas vidas. Em nome de Jesus Cristo.

Amém e Glória a Deus.

image

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Usem este espaço para testemunhar como este Blog mudou sua forma de relacionar-se com Jesus Cristo.

Deus está no controle!

Ainda que eu não te ouça, pois o mundo faz de tudo para te calar! (Trecho da Canção Mar de Vidro de Rodolfo Abrantes) Apesar das inúmeras v...