quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

E a vida eterna é esta: que te conheçam a ti, como o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, aquele que tu enviaste. João 17:3.

image

Quando afirmo que não tenho religião as pessoas que sabem que sou crente ficam sem entender! Pois, assim como eu que também há uns anos atrás pensava que era necessário ser participante de alguma religião para crer em Deus. Claro que eu nunca tinha lido a Bíblia e principalmente o Novo Testamento! E tão pouco conhecia Jesus Cristo. Ainda não o conhece como o único Deus.

Quando leio um versículo como o acima fico imaginando como os seguidores de todas ditas religiões que se baseiam em Deus e em Jesus Cristo (não vou nem citar as seitas e outras) não conseguem se sentir no mínimo curiosos para verificar se o que os lideres, pastores, gurus, mentores, guias, padres, pais e mães de santo, espiritas, médiuns ou qual o nome que queiram ser chamados; dizem ser ensinamentos bíblicos? Ainda que como cristão por amor ao próximo, eu quisesse reconhecer algum valor nos ensinamentos da maioria dessas pessoas, nem o próprio Deus entende assim:

Assim diz o SENHOR: Maldito o homem que confia no homem, e faz da carne o seu braço, e aparta o seu coração do SENHOR! Jeremias 17:5

Maldito o homem que fizer imagem esculpida, ou fundida, abominação ao Senhor, obra da mão do artífice, e a puser em um lugar escondido. E todo o povo, respondendo, dirá: Amém. Deuteronômio 27:15.

De modo nenhum; antes seja Deus verdadeiro, e todo homem mentiroso; como está escrito: Para que sejas justificado em tuas palavras, e venças quando fores julgado. Romanos 3:4.

Para que não pense que estou sendo muito radical ao afirmar que nenhuma instrução dada por homens é confiável. É o bom esclarecer que estou me referindo a qualquer instrução, orientação, ensinamento, norma, dever, obrigações que não estejam de acordo com a Palavra de Deus. A Bíblia!

Tudo que requeira sacrifícios tais como: autoflagelação, oferendas de animais, peregrinações, promessas de subir, descer escadas, andar quilômetros, pagamento em dinheiro para casar, ser curado, receber uma benção, campanha para isso e para aquilo, esmolas como forma de obter salvação, rezas sem fim e outras das muitas invenções humanas para que pensem estarem agradando ou indo ao encontro de Deus, não tem absolutamente nenhum valor para Deus.

Toda e qualquer tentativa humana para tentar justificar estas praticas de associação bíblica duvidosa é facilmente refutada e posta por terra com uma leitura atenta e orientada pelo Espirito Santo, pois só assim terá o entendimento da verdade: Mas o que é espiritual discerne bem tudo, enquanto ele por ninguém é discernido. 1 Coríntios 2:15. Não é atoa que está escrito: E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. João 8:32.

Desde o principio na criação que o homem quebrou a confiança que Deus tinha em nós:

E ouviram a voz do SENHOR Deus, que passeava no jardim pela viração do dia; e esconderam-se Adão e sua mulher da presença do SENHOR Deus, entre as árvores do jardim.
E chamou o SENHOR Deus a Adão, e disse-lhe: Onde estás?
E ele disse: Ouvi a tua voz soar no jardim, e temi, porque estava nu, e escondi-me.
E Deus disse: Quem te mostrou que estavas nu? Comeste tu da árvore de que te ordenei que não comesses?
Então disse Adão: A mulher que me deste por companheira, ela me deu da árvore, e comi.
E disse o SENHOR Deus à mulher: Por que fizeste isto? E disse a mulher: A serpente me enganou, e eu comi.
Então o SENHOR Deus disse à serpente: Porquanto fizeste isto, maldita serás mais que toda a fera, e mais que todos os animais do campo; sobre o teu ventre andarás, e pó comerás todos os dias da tua vida.
E porei inimizade entre ti e a mulher, e entre a tua semente e a sua semente; esta te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar.
E à mulher disse: Multiplicarei grandemente a tua dor, e a tua conceição; com dor darás à luz filhos; e o teu desejo será para o teu marido, e ele te dominará.
E a Adão disse: Porquanto deste ouvidos à voz de tua mulher, e comeste da árvore de que te ordenei, dizendo: Não comerás dela, maldita é a terra por causa de ti; com dor comerás dela todos os dias da tua vida.
Espinhos, e cardos também, te produzirá; e comerás a erva do campo.
No suor do teu rosto comerás o teu pão, até que te tornes à terra; porque dela foste tomado; porquanto és pó e em pó te tornarás.
E chamou Adão o nome de sua mulher Eva; porquanto era a mãe de todos os viventes. Gênesis 3:8-20.

E nem todas as consequências citadas acima foi suficiente para que houvesse o arrependimento e uma busca de reconciliação com Deus. Não demorou muito e mais uma vez os homens tramavam desobedecer a Deus.

E era toda a terra de uma mesma língua e de uma mesma fala.
E aconteceu que, partindo eles do oriente, acharam um vale na terra de Sinar; e habitaram ali.
E disseram uns aos outros: Eia, façamos tijolos e queimemo-los bem. E foi-lhes o tijolo por pedra, e o betume por cal.
E disseram: Eia, edifiquemos nós uma cidade e uma torre cujo cume toque nos céus, e façamo-nos um nome, para que não sejamos espalhados sobre a face de toda a terra.
Então desceu o SENHOR para ver a cidade e a torre que os filhos dos homens edificavam;
E o SENHOR disse: Eis que o povo é um, e todos têm uma mesma língua; e isto é o que começam a fazer; e agora, não haverá restrição para tudo o que eles intentarem fazer.
Eia, desçamos e confundamos ali a sua língua, para que não entenda um a língua do outro.
Assim o SENHOR os espalhou dali sobre a face de toda a terra; e cessaram de edificar a cidade. Gênesis 11:1-8.

Como podem ver! O homens sempre esmerou-se em desobedecer a Deus. Eu costumo dizer às pessoas que não desejam aceitar que a vida com Jesus é melhor do que qualquer outra coisa que possam ter experimentado e que possuem uma sequência de respostas prontas para qualquer tentativa de evangelização.

Que não deveriam por a culpa em Deus pelas mazelas pessoais e nem as de todo o mundo! Pois afinal não é Deus que está punindo-os de nada! O que ocorre de desagradável com as pessoas que rejeitam Jesus Cristo como seu Salvador, não é pela vontade de Deus. Mas, são as consequências das escolhas que fazem: Mas as vossas iniquidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que não vos ouça. Isaías 59:2.

Fica claro neste versículo que apesar da sua onisciência e onipresença Deus não intervém nas escolhas pessoais. Portanto! O que então poderão dizer ainda às pessoas que se escondem nestes argumentos? Não tem interesse de conhecer o amor que o verdadeiro Deus da Bíblia tem pelos nós. Preferem dar ouvidos aos homens e os seus conceitos de religião.

E fazem isso não porque todos sejam inocentes ou ingênuos! Muitos preferem continuar sob a tutela da lei de homens e suas obrigações, pois acham que basta: acender uma vela, pagar uma promessa, dar uma esmolazinha, ir numa gruta, percorrer um caminho, adorar uma imagem, fazer uma oferenda com galinha na esquina e por ai vai, que uma vez assim fazendo estão livre para continuarem as suas vidas de faz de contas que estou bem com Deus. Porém Samuel disse: Tem porventura o SENHOR tanto prazer em holocaustos e sacrifícios, como em que se obedeça à palavra do SENHOR? Eis que o obedecer é melhor do que o sacrificar; e o atender melhor é do que a gordura de carneiros. 1 Samuel 15:22.

Ainda quando os homens pensavam que agradavam a Deus com os seus sacrifícios. Deus já demonstrava seu descontentamento. O que dizer após o sacrifício pessoal pela Crucificação do Seu Filho Jesus Cristo? Acham que Ele ainda possa se agradar de algo ofertado por homens? Ide, pois, e aprendei o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifícios. Porque eu não vim chamar justos, mas pecadores. Mateus 9:13

Ainda que não queiram aceitar a verdade de que somente através de Jesus Cristo e pela sua Graça e não por qualquer outra coisa que façam poderão ter a vida eterna. Lembrem-se! Somente um homem que pisou neste mundo pôde estabelecer um divisor na ordem natural das coisas de Deus e do próprio homem. E este homem foi Jesus Cristo de Nazaré Filho de Deus. Nascido de mulher, feito como igual a nós para que pudéssemos através da sua morte termos novamente acesso ao Pai.

O nome pelo qual importa tudo até a própria Historia dos homens: Antes e Depois de Cristo. Lembram? O que fizeram os outros que pudesse fazer falta ao mundo o seu nascimento?

Mas Jesus Cristo ainda que deturbem o sentido da Natividade e não entendam a importância do seu nascimento para a Salvação da Humanidade. Seu nome prevalece sobre todos os outro: E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos. Atos 4:12.

Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome; Filipenses 2:9

A escolha mesmo assim será sempre de você! É sua a decisão do que deseja crer que irá determinar as consequências. A questão é? Qual outro nome escolherá?

Pense nisso!

Amém.

imagePS: Natal sem Jesus? Estou fora!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Usem este espaço para testemunhar como este Blog mudou sua forma de relacionar-se com Jesus Cristo.