quinta-feira, 14 de julho de 2011

E por que me chamais, SENHOR, Senhor, e não fazeis o que eu digo? Lucas 6:46

 

O meu amor

Eu sempre achei que não era o fato de chamar alguém de Senhor que denotava respeito a mesma, pois cansei de presenciar atitudes que contrariava todo o suposto respeito aparente do titulo, porém  bastava a pessoa virar as costas para ouvir imprecações que mostrava o verdadeiro sentimento que a pessoa nutria por quem forçosamente muitas vezes por ser um chefe chama de Senhor.

Agora que já estou deixando a mostra os primeiros fios de cabelos brancos e principalmente por saber muito bem o que Jesus quis dizer quando fez a pergunta acima, fica mais latente o cinismo que se esconde por trás da aparente e respeitosa expressão Senhor quando proferida sem a verdadeira intenção de respeita-la.

Claro que Jesus não estava questionando-os apenas pela expressão senhor! O que Ele logo após disse é o que tem que ser observado. Qualquer que vem a mim e ouve as minhas palavras, e as observa, eu vos mostrarei a quem é semelhante: Lucas 6:47.

Como sempre fazia Jesus se aproveitava de fatos, situações e expressões cotidianas para ensinar aos discípulos e também ao povo, as características que deve acompanhar quem esteja disposto a ouvi-lo e segui-lo. É semelhante ao homem que edificou uma casa, e cavou, e abriu bem fundo, e pôs os alicerces sobre a rocha; e, vindo a enchente, bateu com ímpeto a corrente naquela casa, e não a pôde abalar, porque estava fundada sobre a rocha. Lucas 6:48.

Ele se expressava de forma que qualquer um; do simples leigo ao o mais culto pudesse entender, afinal, quem não sabe que para obter uma construção firme ela tem que estar sobre um alicerce solido? Assim é a palavra de Deus para os que nele confiam. Ele é o nosso rochedo. Disse, pois: O SENHOR é o meu rochedo, e o meu lugar forte, e o meu libertador. II Samuel 22:2.

Já quem não deseja ouvir a Jesus e confiar no rochedo e lugar forte que é o Senhor e desdenha do respeito que lhe é devido Jesus os compara a uma casa prestes a ruir. Mas o que ouve e não pratica é semelhante ao homem que edificou uma casa sobre terra, sem alicerces, na qual bateu com ímpeto a corrente, e logo caiu; e foi grande a ruína daquela casa. Lucas 6:49.

Em toda a Bíblia podemos encontrar diversos ensinamentos que desde o tempo em que Deus falava através dos profetas até que o seu próprio Filho manifestasse a sua vontade entre os homens, foram escritos para que servisse como base solida de alicerce firmado na rocha e que evitaria que os sonhos dos homens viessem a ruir. Porém o orgulho, a desobediência e a teimosia fazem com que sejam levados a pensar que poderão por sua própria vontade sustentar-se de forma inabalável. Assim também pensava os Faraós, os Reis, Imperadores, Governantes, Tiranos de muitos impérios que não se perpetuaram, ainda que estejam nos anais da história, mesmo assim nem todos.

O Reino de Deus mesmo não sendo aqui neste mundo, vem ao longo dos séculos fazendo novos cidadãos e perpetuando o seu poderio sem que fosse preciso invadir, dominar, oprimir ou matar. Pelo contrario todos aqueles que desejam adquirir a cidadania Celestial foram comprados pelo alto preço pago na Cruz do Calvário! O precioso sangue de Jesus Cristo. Sendo apenas o bastante desejo sincero de arrepender-se dos seus pecados. Desde então começou Jesus a pregar, e a dizer: Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus. Mateus 4:17.

O mundo que vivemos está cada vez mais sendo contaminado pela hipocrisia da ilusão e do que é falsificado. Vemos o falso respeito, a falsa educação, a falsa crença, a falsa liberdade e infelizmente ainda também encontramos os falsos adoradores “e falsos convertidos” enchendo os bancos das igrejas aos Domingos vestidos de falsa aparência respeitosa ao Senhor, mais que durante o resto da semana desfilam nos seus carros cheios de adesivos com singelas mensagens de falsa sabedoria, como uma que vi hoje ao dirigir-me ao trabalho “convencidos” de que realmente estão sendo fieis ao Senhor.

Você já agradeceu a Deus hoje? de um lado e do outro a propaganda da igreja que lhe ensina a agir assim. Não que haja nada de tão grave no fato de colocar adesivos nos carros com mensagens extraídas da Bíblia ou que faça alusão a Deus. Mais o que me chocou, foi ao emparelhar com o veiculo dos adesivos vê uma jovem de uns 20 poucos anos que, mesmo estando chovendo mantinha à janela aberta mais da metade, o que provavelmente a  molhava, mais tinha que ser assim para que ela pudesse soltar as baforadas do cigarro que estava entre os seus dedos da mão esquerda.

Meus queridos (as), não pensem que sou radical.(ou se for para honra de Jesus, sim! Sou) Eu garanto a vocês que não encontrarão nenhuma proibição na Bíblia referente a não fumar, isto é fato. Porém encontrarão advertências como a do versículo titulo, cuja a finalidade é a de orientar os que se propõem a seguir Jesus Cristo para que: pensem, falem e ajam como Ele: pensaria, falaria e agiria.

Jesus quando esteve entre nós andou misturado com os roubadores, cobradores de impostos, bêbados, prostitutas o povo de modo geral com seus pecados e defeitos, porém a palavra diz que: Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém, um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado. Hebreus 4:15. Pelo contrario! Todos que se aproximavam dele e ouviam os seus ensinamentos eram curados, restaurados e libertos dos pecados.

Agora imaginem qual efeito da divulgação da  mensagem do adesivo pode gerar na contradição que o exemplo da jovem fumante estava passando. Imaginou? A leitura que faço sem nenhum julgamento mais entristecido, mais com certeza para os que são avessos a palavra de Deus alegremente é que: 

1) Se o carro não era dela, mais do Pai ou Mãe estes sim convertidos, antes não fizesse alusão ao Deus da Bíblia. Pior do que um cristão anônimo é o que envergonha o nome do Senhor;

2) Se realmente o carro era dela…deveria ser mais vigilante em não expor a resistência que o inimigo de Deus ainda exerce na vida dela e sim pedir a Deus que a liberte desde vicio que mata milhões de pessoas anualmente no mundo e portanto não pode ser parte de um Deus que nos deu a vida pela vida do seu Filho Jesus.

Apesar de parecer como já mencionei,  radicalismo ou até fanatismo, garanto que não tenho nenhum destes sentimentos como motivador da minha observação mais dura.

A minha motivação é e sempre será baseada no entendimento da palavra e pelo sentimento de amor pelo meu Senhor. E também por saber da batalha que é para um cristão viver contra tudo aquilo que para muitos é normal e que até achem que seja, mais não temos nenhuma necessidade. Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm; todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas edificam. I Coríntios 10:23. O que me entristece é vê que o Evangelho que estão pregando nas Igrejas não tem tocados nos corações de que os ouvem.

Convivo por força da minha atividade com pessoas cristãs, não cristãs as que têm crença ou pensa que tem e até quem diz que não tem crença em nada. E sei o quanto é difícil falar de Jesus para quem não queira ouvir! E com pesar também confesso, que é tão difícil também,  mostrar a quem diz que já o conhece e até o chama de Senhor que isso só não basta. Mais importante até do que permanecer aos Domingos sentado nos bancos das igrejas  melhor seria se, dedicassem 15 min dos seus dias a leitura da Palavra de Deus. Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres. João 8:33.

Só pelo entendimento da palavra poderão se libertar de todos os vícios inúteis deste mundo. Digo entendimento da palavra e não conhecimento. Pois mesmos que alguém diga conhecer a Bíblia de trás para frente, mais não põem em pratica os seus ensinamentos de nada lhe serve.

Ao contrario que possam achar Jesus não nos prende pela conversão. Ele nos liberta pelo entendimento daquilo que é bom para nós. Porque os meus pensamentos não são os vossos pensamentos, nem os vossos caminhos os meus caminhos, diz o SENHOR. Isaias 55:8.

Amém.

AA Vivo por Jesus -

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Usem este espaço para testemunhar como este Blog mudou sua forma de relacionar-se com Jesus Cristo.

Deus está no controle!

Ainda que eu não te ouça, pois o mundo faz de tudo para te calar! (Trecho da Canção Mar de Vidro de Rodolfo Abrantes) Apesar das inúmeras v...