segunda-feira, 6 de junho de 2011

Portanto, qualquer que me confessar diante dos homens, eu o confessarei diante de meu Pai, que está nos céus.Mateus 10:32

AtirePedra

Qualquer que me confessar.

Jesus deixa clara a condição para quem quer ser aceito por Deus; mais observem que Ele não especifica nenhuma classe ou tipo de pessoa especial que estariam aptos a confessa-lo. Ele não diz que para confessa-lo antes teria que submeter-se a uma sabatina de conhecimento teológico, ou que deveria passar por um período de observação para então ser digno de confessar seu desejo de ser seu seguidor.

Justamente por conhecer o homem em toda a sua real capacidade Jesus nada pede para que façamos tudo é pela Graça de Deus. "Sendo justificados gratuitamente pela sua graça, pela redenção que há em Cristo Jesus." Romanos 3: 24. Graça. Que por sinal! Significa: Dadiva imerecida. Nada que pudéssemos fazer nos capacitaria para receber algo de Deus: "Como está escrito: Não há um justo, nem um sequer." Romanos 3 : 10.

Jesus morreu na Cruz para que pelo seu sangue fossemos justificados perante Deus e não mais fossem necessários sacrifícios para remissão dos nossos pecados. "Porque isto é o meu sangue, o sangue do novo testamento, que é derramado por muitos, para remissão dos pecados." Mateus 26:28.

Quero, no entanto salientar que apesar de que o confessar Cristo não requer nenhuma atribuição especial é necessário, no entanto que o confessar venha precedido do arrependimento sincero pelos pecados cometidos, "Eu não vim chamar os justos, mas, sim, os pecadores, ao arrependimento."  Lucas 5 : 32 e mais uma vez verão a misericórdia de Deus. “Porque eu lhes perdoarei a maldade e não me lembrarei de mais dos seus pecados”. Hebreus 8:12.

Não teria sentido Deus enviar seu Filho para morrer pelos nossos pecados e uma vez que o confessássemos Ele ficasse nos lembrando do quanto éramos pecadores, concordam? Por isso que ser um seguidor de Jesus Cristo nunca nos causará nenhum embaraço nem constrangimento ao contrario do perdão dos homens que basta  que o perdoado faça algo que o desagrade o perdoador  para que seja rapidamente lembrado do perdão concedido. Não é assim que agem as pessoas?

Para Deus o perdão sincero é algo tão importante que Jesus nos ensinou a orar ao Pai pedido quem nos perdoasse desde quanto também perdoássemos nosso próximo. "E, quando estiverdes orando, perdoai se tendes alguma coisa contra alguém, para que vosso Pai, que está nos céus, vos perdoe as vossas ofensas." Marcos 11:25

"E perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores;" Mateus 6 : 12.

"Se, porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai vos não perdoará as vossas ofensas." Mateus 6:15.

Sei que para muitos o ato de perdoar é difícil. Temos a inclinação (sem ofender a ninguém, pois também me incluía) para o mal. e uma grande  capacidade de intentar atos de vingança também. Desde pequeno somos ensinados a “não levar desaforo para casa” ou que temos direito de revidar a uma ofensa. Está ideia nos dias atuais sendo cada vez mais praticada e não é raro encontrarmos na mídia noticias de crianças, adolescentes, adultos e até idosos que tem levado a risca este suposto direito de defender-se de uma ofensa; enquanto Jesus nos ensina - "Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós;" Mateus 6:14.

Após confessarmos Jesus como nosso Senhor e Salvador uma das áreas que o Espirito Santo mais trabalha em nossas vidas é a do nosso temperamento e o caráter! Uma vez que passamos a possuir o  Domínio Próprio que é uma das características do Espirito de Deus paulatinamente vamos aprendendo a controlar as reações que antes nos impulsionavam a reagir muitas vezes sem pensar nas consequências. "Entre os quais todos nós também antes andávamos nos desejos da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos por natureza filhos da ira, como os outros também." Efésios 2:3.

Deus é amor! E como tal não pode aceitar quem não cultive dentro de si este amor que nos foi dado gratuitamente pelo seu Filho. "Mas bem vos conheço, que não tendes em vós o amor de Deus." João 5:42.

Ontem escrevi sobre o 2ª mandamento de Jesus que diz para amarmos nosso próximo como a nós mesmo e que assim estaríamos cumprindo os mandamentos da lei. "Como o Pai me amou, também eu vos amei a vós; permanecei no meu amor." João 15:9.

O Apostolo Paulo na carta aos Coríntios ensina a importância do Amor que o coloca acima de todas as convenções humanas que pensam ser possível substitui-lo por outras coisas. "E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria." I Coríntios 13 : 3.

E este amor é o que nos capacita a perdoarmos verdadeiramente o nosso próximo. A prova maior deste ensinamento nos foi dado por Jesus. "E andai em amor, como também Cristo vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave." Efésios 5:2.

O ser humano nada pode fazer por si só que o capacite a amar o seu próximo tal como Jesus nos ama é somente pelo agir do Espirito Santo em nossas vidas que passamos a ser capazes de olhar para nosso próximo como um irmão e ai então permitirmos que o amor com qual Cristo nos ama transborde em nossos corações. "Amados, se Deus assim nos amou, também nós devemos amar uns aos outros." I João 4:11.

E veja como era difícil para a nossa natureza  amar o próximo? A ponto de que até ao próprio Jesus não fomos capaz de oferecer nosso amor. "Nós o amamos a ele porque ele nos amou primeiro." I João 4:19.

Para quem ainda pensa que: Ora eu sou capaz de amar! Se vocês amarem aqueles que os amam, que recompensa receberão? Até os publicanos fazem isso! Mateus 5:46. Publicano = "Judeu que cobrava impostos para o governo romano. Era desprezado por trabalhar para um dominador estrangeiro e por ser geralmente desonesto”

É obvio que aquilo que pensamos ser amar está longe do padrão do amor de Deus que Jesus mostrou e Paulo nos ensinou. "O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece." I Coríntios 13:4.

De agora em diante quando disser que ama alguém! Lembre-se que houve quem te amou de tal forma que por mais que você pense que o que sente é amor, talvez não passe de um sentimento egoísta que você julga ter por alguém. Experimente a buscar  em Jesus para conhecer o verdadeiro amor com que Ele te Ama: "E conhecer o amor de Cristo, que excede todo o entendimento, para que sejais cheios de toda a plenitude de Deus." Efésios 3:19.

Pense nisso! Há! E pelo amor de Deus! Perdoem-me se de alguma maneira possa ter ofendido alguém.

Em nome de Jesus.

"Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça."  I João 1 : 9

Amém..

AA Vivo por Jesus -

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Usem este espaço para testemunhar como este Blog mudou sua forma de relacionar-se com Jesus Cristo.

Deus está no controle!

Ainda que eu não te ouça, pois o mundo faz de tudo para te calar! (Trecho da Canção Mar de Vidro de Rodolfo Abrantes) Apesar das inúmeras v...