quarta-feira, 29 de junho de 2011

“Mas quando apareceu a benignidade e amor de Deus, nosso Salvador, para com os homens,” Tito 3:4

 

dom de Deus

Quando nós crentes afirmamos que não é pelas obras que alguém será salvo; levanta-se uma multidão de defensores das boas e nobres causas para nos atacar. O que acho interessante é a má vontade de entender que não somos contra ao ajudar aos pobres e mais necessitados e utilizam uma ou outra passagem com a alegação de que na Bíblia estaria a recomendação para tal. Ao longo da leitura verão os textos que me refiro.

Vou aproveitar para esclarecer aos que vivem achando que ser bom ou pelas obras terão seus passaportes para salvação onde está o engano de uma forma que talvez possam compreender.

Em primeiro lugar para que possa ser chegar ao sentido exato de uma passagem bíblica é necessário que quem esteja lendo seja apto para entendê-la, porém não vou me ater a condição ideal, pois já eliminaria a maioria. Façamos o seguinte vou te ensinar por parte como deve ser a leitura da palavra de Deus.

1) Você como iniciante na leitura da Bíblia em primeiro lugar deve orar a Deus e pedir que o Espirito Santo venha lhe trazer entendimento; 1.1) depois você lê o versículo e medita nele.

2) Caso não tenha ficado claro o entendimento do versículo lido passe para o versículo seguinte e se mesmo assim ainda não esteja claro leia o versículo anterior ao que leu primeiro.

3) Se mesmo assim ainda estiver com duvida leia todo o capitulo, ore novamente e medite sobre tudo que leu. Uma coisa eu possa te garantir; se tiver feito a leitura com o firme proposito de aprender de Deus cedo ou tarde ele te dará o entendimento necessário. O que não significa necessariamente o que você acha!

Justamente pelo fato de que na leitura da Bíblia não cabe achismos; as afirmações sobre os seus textos não podem ser banalizadas para adequar a ensinamentos estranhos a palavra.

Qualquer pessoa que leia a palavra de Deus com a honesta intenção de aprender mais não ficará confuso: "Por isso também na Escritura se contém: Eis que ponho em Sião a pedra principal da esquina, eleita e preciosa; E quem nela crer não será confundido." I Pedro 2 : 6.

Mais voltado ao tema das obras: Leiam os capítulos anteriores a aquele que usam para justificar a afirmação da salvação pelas obras.

Meus irmãos, como crentes em nosso glorioso Senhor Jesus Cristo, não façam diferença entre as pessoas, tratando-as com favoritismo. (Acepção de Pessoas o que Deus condena)

Suponham que na reunião de vocês entre um homem com anel de ouro e roupas finas, e também entre um homem pobre com roupas velhas e sujas.

Se vocês derem atenção especial ao homem que está vestido com roupas finas e disserem: "Aqui está um lugar apropriado para o senhor", mas disserem ao pobre: "Você, fique de pé ali", ou: "Sente-se no chão, junto ao estrado onde ponho os meus pés", não estarão fazendo discriminação, fazendo julgamentos com critérios errados?

Ouçam meus amados irmãos: não escolheu Deus os que são pobres aos olhos do mundo para serem ricos em fé e herdarem o Reino que ele prometeu aos que o amam?

Mas vocês têm desprezado o pobre. Não são os ricos que oprimem vocês? Não são eles os que os arrastam para os tribunais?

Não são eles que difamam o bom nome que sobre vocês foi invocado?

Se vocês de fato obedecerem à lei real encontrada na Escritura que diz: "Ame o seu próximo como a si mesmo", estarão agindo corretamente. (Ora meu queridos (as), se uma pessoa for capaz de amar o seu próximo como a si mesma o que fizer em pró deste não seria necessário que esperasse obter alguma recompensa: Como a Salvação. Não acham?)

Mas se tratarem os outros com favoritismo estará cometendo pecado e serão condenados pela Lei como transgressores. (O Simples gesto de escolher quem, quando e como ajudar já invalida a “boa intenção”. Mesmo que aleguem filosoficamente afirmar que: para aquele estão fazendo a diferença! Qual? Poderão por acaso Salvar-se ou Salva-lo? Ou sequer suprir a sua eternidade?) "Ele, porém, respondendo, disse: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus." Mateus 4 : 4.

Pois quem obedece a toda a Lei, mas tropeça em apenas um ponto, torna-se culpado de quebra-la inteiramente. (Esta passagem é crucial para o entendimento de que não podemos pegar uma única passagem para justificar alguma pratica por mais bem intencionada que possa parecer. A palavra diz, e se eles buscam na palavra suas justificativas tem que obedecer todas as demais orientações ou então invalidam a usada.)

Pois aquele que disse: "Não adulterarás", também disse: "Não matarás". Se você não comete adultério, mas comete assassinato, torna-se transgressor da Lei.

Falem e ajam como quem vai ser julgado pela lei da liberdade; porque será exercido juízo sem misericórdia sobre quem não foi misericordioso. A misericórdia triunfa sobre o juízo! Tiago 2:1-13.

Ai vem o famoso versículo: De que adianta, meus irmãos, alguém dizer que tem fé, se não tem obras? Acaso a fé pode salvá-lo? Tiago 2:14.

(Se meditar em todos os versículos e entender as minhas observações como simples contribuição do que vem ser o entendimento dentro do contexto. Verão com mais clareza que as obras como mencionadas vão mais além do que o simples ato de dar, doar, esmolar. Tudo que fazemos pelo próximo tem que ter acima de tudo o mais importante que é o amor:) "Quem, pois, tiver bens do mundo, e, vendo o seu irmão necessitado, lhe cerrar as suas entranhas, como estará nele o amor de Deus?" I João 3 : 17.

Tudo que praticamos é de acordo com a palavra verdadeira e que pensamos e fazemos não tem que ser com alarde e nem em busca de gloria; exatamente como Jesus ensina na palavra de Deus: "Quando, pois, deres esmola, não faças tocar trombeta diante de ti, como fazem os hipócritas nas sinagogas e nas ruas, para serem glorificados pelos homens. Em verdade vos digo que já receberam o seu galardão." Mateus 6 : 2.

Não há nenhuma má vontade e não há dificuldade da parte de nenhum crente em ajudar o próximo. Porém o que temos como mandamento de Jesus é: "E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura." Marcos 16 : 15.

"Porque tive fome, e não me destes de comer; tive sede, e não me destes de beber;" Mateus 25:42. Este é outro versículo que os defensores das obras sem entendimento se apegam, sugiro que leiam do 1 ao 41 e do 43 a 46 e verão que fora do contexto pode servir de justificativa para quem quer se iludir.

E creiam qualquer um que ouvindo a palavra de Deus e receba a Jesus como seu Salvador não precisará mais ser assistido por obras: "E Jesus lhes disse: Eu sou o pão da vida; aquele que vem a mim não terá fome, e quem crê em mim nunca terá sede." João 6:35.

A questão não está nem na fé e nem na obra é simplesmente uma questão de Obediência a Verdadeira Palavra de Deus com que faz que ambas estejam de acordo com a vontade de Deus em Jesus Cristo.

Amém

AA Vivo por Jesus -

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Usem este espaço para testemunhar como este Blog mudou sua forma de relacionar-se com Jesus Cristo.

Deus está no controle!

Ainda que eu não te ouça, pois o mundo faz de tudo para te calar! (Trecho da Canção Mar de Vidro de Rodolfo Abrantes) Apesar das inúmeras v...