sábado, 14 de maio de 2011

"Se, pois, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres." João 8 : 36.

Corrente

"Para a liberdade foi que Cristo nos libertou. Permanecei, pois, firmes e não vos submetais, de novo, a jugo de escravidão." Gálatas 5:1

Nosso chamado foi para a liberdade, ao contrário do que muitos pensam Jesus não nos chamou para um regime novo de escravatura. Ele nos chamou para a liberdade de Deus. A decisão de permanecer livre está em nossas mãos, Cristo nos libertou e quem decide permanecer livre somos nós. Podemos todas as coisas, mas nem tudo convém.

O que eles pensam ser liberdade na verdade torna-se uma prisão voluntaria a todos os tipos de desejos, vontade e tudo mais que possibilite terem o que acham ser necessários para suas vidas não importando muitas vezes o que tenham que fazer ou sacrificar para atingir os objetivos. Prometendo-lhes liberdade, eles mesmos são escravos da corrupção, pois o homem é escravo daquilo que o domina. II Pedro 2:19. Isso mesmo! Tendo uma vez sucumbindo a uma mentira ou ao famoso jeitinho brasileiro, tendo aceitado ou oferecido suborno, enganado, roubado, traindo etc. quem “faz qualquer coisa para conseguir algo” torna-se preso aos seus atos passando ser verdadeiros escravos. E também como uns dependentes de drogas ficam viciados e não veem mais como erro dar continuidade as suas atitudes.

A hipocrisia dos homens é tamanha que ainda há quem ache que quem segue a Jesus é uma pessoa que não tem liberdade de fazer o que quer. A questão que deveria ser questionada é a seguinte:

Onde estar a falta de liberdade para a pessoa que a partir de um encontro com Jesus deixar de mentir, roubar, adulterar, fornicar, enganar a esposa ou marido, trair os amigos, ser desonesto no trabalho, embebedar-se, usar drogas e matar o seu semelhante? Ou não está o mundo invertendo a ordem natural das coisas? Não estão subvertendo o certo e transformando o mal em coisa boa? Os valores então sendo invertidos em nome de uma falsa liberdade que não levará a humanidade a nenhum progresso que pensam estarem atingindo.

Tudo que é feito ou pensado pelo homem que o mostre como senhor de si mesmo é a expressão maior do domínio de satanás na vida de quem assim age. Tudo que o homem possa arquitetar pensando por isso conseguir ter uma vida plena é como estivesse dizendo que não precisam de Jesus e mesmo aqueles que dizem praticarem o bem, fazerem boas obras, dar esmolas aos pobres estão dando direito total a este ser que tem impedido que conhecesse a verdadeira liberdade que é Jesus e os prende cada vez mais nas suas teias de mentirosas realizações que lhes fazem sentir-se não precisados de uma Fé para ser boa. Quem crer nesta mentira torna-se tal qual quem lhe ensina: "Vós tendes por pai ao diabo, e quereis satisfazer os desejos de vosso pai. Ele foi homicida desde o princípio, e não se firmou na verdade, porque não há verdade nele. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira." João 8:44.

Sei que é um assunto delicado e que mexe até com o imaginário mais posso garantir que é tão real quanto ao fato de que estou digitando isso. A motivação que os levam a fazer ou não algo que possa ser classificado como Bom ou Mal não é uma questão apenas das influências externas de todas as condições do meio social que o individuo vive e todas as justificativas teóricas e filosóficas sobre a natureza humana.

Se você tem duvida em relação à existência do diabo ou diz não acreditar também em Deus então por que e para que condiciona a sua liberdade ao fato de ter o direito de dizer a todos o que quer fazer de sua vida? Principalmente usado o argumento da crença?

Do que no fundo você tem medo? Ou talvez não tenha tanta certeza e por isso quer convencer a todos daquilo que nem você mesmo ainda se convenceu?  "Quem dentre vós me convence de pecado? E se vos digo a verdade, por que não credes?"  João 8 : 46.

Infelizmente as pessoas não estão dispostas a ouvir nada que seja contrario aos seus interesses mesquinhos e egoístas e negam as verdades bíblicas taxando a quem os confrontam de fanáticos, loucos e atrasados. Nada disso, porém me surpreende mais, pois uma vez tenho conhecimento de que o mesmo se fez com Jesus quando Ele também os alertava quanto à origem de suas opressões. "Como Deus ungiu a Jesus de Nazaré com o Espírito Santo e com virtude; o qual andou fazendo bem, e curando a todos os oprimidos do diabo, porque Deus era com ele." Atos 10:38.

Ainda vemos pessoas que até se dizem religiosas expressarem de forma odiosa contra os Crentes de verdade que tentam dar continuidade aos verdadeiros ensinamentos de Jesus em relação à importância dos homens definirem-se de que lados estão. "Quem comete o pecado é do diabo; porque o diabo peca desde o princípio. Para isto o Filho de Deus se manifestou: para desfazer as obras do diabo." I João 3:8.

Pecado! No dicionário vemos a seguinte definição: Significado de Pecado s.m. Transgressão da lei de Deus ou dos mandamentos da Igreja.

A Verdade: sim é uma transgressão contra Deus e não somente as suas leis como também é uma negação ao sacrifício de Jesus.

Quanto aos mandamentos de determinada Igreja que se julga a única nada mais são que invenções de homens, pois os únicos mandamentos que devemos obedecer são os estabelecidos por Deus através de Jesus nos Evangelhos e por não obedece-los que ao longo dos séculos foram deixando que as hostes do diabo cada vez mais dominassem os pensamentos dos homens com desejos que se confundem como essenciais e que para obter-los esqueceram de Deus. "Disse: Ó filho do diabo, cheio de todo o engano e de toda a malícia, inimigo de toda a justiça, não cessarás de perturbar os retos caminhos do Senhor?" Atos 13:10.

Nunca como ser humano estive com tanta tristeza em olhar para meus semelhantes e vê-los agirem como verdadeiros animais irracionais agindo como somente e apenas por instintos não mais conseguindo distinguir o moral do imoral e o são do anormal? Transformando-se cada vez mais em infelizes caricaturas de metade de um ser não mais tão humano que fora criado para ser perfeito como o seu criador.

E antes que me venham falar de descriminação! Homofobia! Ou me acharem não tão Cristão! Quero deixar bem claro que assim como o Deus que eu sirvo é Amor e Ama o Pecador! Eu também busco ama-los! Mais não posso concordar com o Pecado. Como então poderia ser descriminação algo que seja visto por uma minoria como natural? A quem estão querendo enganar? Os seus próprios filósofos citam: “Basta os bons não fazerem nada para o mal prevalecer.” Ou querem que eu me esconda atrás da capa da hipocrisia de uma “igualdade” de algo que não é naturalmente igual? O mesmo se dá para os que preferem achar-se descendente de um Chipanzé! Eu prefiro a imagem e semelhança de Deus.

A verdadeira liberdade não está em transgredir aos mandamentos de Deus que são apenas para nosso bem. A verdadeira liberdade não se estabelece pelas transgressões destes mandamentos e sim pelo seu conhecimento. “E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará”. João 8:32.

Mais se ainda assim consideram que sou fanático, louco, retrogrado para mim não é nada comparado ao que fizeram ao meu Senhor: Basta ao discípulo ser como o seu mestre, e ao servo, como o seu senhor. Se o dono da casa foi chamado Belzebu, quanto mais os membros da sua família!

“Portanto, não tenham medo deles”. Não há nada escondido que não venha a ser revelado, nem oculto que não venha a se tornar conhecido. Mateus 10: 25 e 26.

Jesus Vive e Voltará.

Eu creio.

Amém.

AA Vivo por Jesus -

Nota: No último dia 12/05 infelizmente o Blogger ficou fora do ar para manutenção e não pude publicar mais para Gloria de Deus já normalizaram.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Usem este espaço para testemunhar como este Blog mudou sua forma de relacionar-se com Jesus Cristo.

Deus está no controle!

Ainda que eu não te ouça, pois o mundo faz de tudo para te calar! (Trecho da Canção Mar de Vidro de Rodolfo Abrantes) Apesar das inúmeras v...