domingo, 8 de maio de 2011

"Por isso deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e unir-se-á a sua mulher," Marcos 10 : 7

A cruz vazia.

A família é uma ordenança de Deus.

"Não vos enganeis: de Deus não se zomba; pois aquilo que o homem semear, isso também ceifará." Gálatas 6:7

Ontem a noite vi um comercial de um shopping local na tv que mostrava cenas de crianças , adolescentes e até adultos manifestando carinho para com suas mães beijos e abraços afetuosos de filhos de todas as raças, porém o mais importante em mães do único sexo capacitado por Deus para ser mães: As Mulheres.

Como já postei ontem sobre a decisão do STF de ir de contra a ordem natural de Deus sobre as relações carnais e tendo em vista o incentivo que esta decisão dará para a próxima reivindicação dos casais do mesmo sexo de adotarem e até gerarem filhos. Imaginei a inclusão neste comercial de uma figura “masculina” sendo chamada de mãe? pai mãe? mãe pai? Dá para imaginar?

Será que os doutores da lei, os sociólogos e todos os que veem como “natural” a aceitação de uma opção minoritária pela imposição de leis ou argumentos que beneficia somente os seus participantes já previram o impacto que cenas paralelas de um casal natural homem e mulher e seus filhos, seguidas de um casal de homens ou de mulheres tentando parecerem naturalmente menos aberrantes terá na vida das crianças? Quais serão as explicações que darão as crianças filhas de pais e mães normais quando verem nos supermercados, lanchonetes, lojas infantis e tudo mais outra criança inocentemente chamando um “homem” de mães? Se são as que usam para justificar o que estão fazendo. Verão que as consequências sairá do controle naturalmente como em tudo que é aberração acontece.

Homofóbico! Exclamarão alguns.

Mais o que é ser homofóbico? Não aceitar o que não é natural? Então sou homofóbico desde que nasci! Pois sempre chamei a mulher que me pariu de Mãe e o homem que a ajudo me gerar de Pai. Há! E também nunca achei que gostar do meu melhor amigo me faria não gostar mais ainda da minha 1ª namorada! Também nunca pensei em querer ser diferente por já ser diferente da minha amiguinha.

Os defensores destes dos que se desviam do natural e os próprios muitas tentam culpar a tudo e todos estão sempre prontos para justificar as causas emocionais e motivações externas como falta de carinho, excesso de carinho, humilhação, timidez, miséria, ignorância, abusos e tudo que possam encontrar. Tentam estabelecer um parâmetro ou uma teoria que prove ser? Ser? Ser o que? Nem eles conseguem explicar o que a bíblia já diz o que é:

Pois mudaram a verdade de Deus em mentira, e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém.

Por isso Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza.

E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro.

E, como eles não se importaram de ter conhecimento de Deus, assim Deus os entregou a um sentimento perverso, para fazerem coisas que não convêm; Romanos 1:25-28.

Está é a única explicação aceitável. E não foi por seu desejo que Deus os abandonou. Foram e ainda são escolhas feitas por essas pessoas que desprezam o natural e tenta com atos vergonhosos publicamente demonstrarem suas aversões às coisas de Deus.

Não seria, portanto razoável que ao invés de acusarem de homofobia tudo que alguém diga ou faça por não aceitar compartilhar dos seus modos infames? Por que não reconhecer também que é direito adquirido pelas leis dos homens e muito mais por estar de acordo com a universal criação de Deus que eu e quem queira defenda o que é normal e natural e poder alertar e opor-se a suas praticas? Ou tentarão sempre por serem minoria passar-se por vitimas e impor por força seus desvios?

"Estes, porém, dizem mal do que não sabem; e, naquilo que naturalmente conhecem como animais irracionais se corrompem." Judas 1 : 10.

Feliz são as Mulheres a quem Deus deu a capacidade de ser Mãe até do Seu Filho Jesus Cristo.

E serão para sempre felizes aqueles que derem continuidade a família como Deus determinou afim de que as gerações que virão possam desejar as sua mulheres um Feliz dia das Mães.

Amém.

AA Vivo por Jesus -

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Usem este espaço para testemunhar como este Blog mudou sua forma de relacionar-se com Jesus Cristo.

Deus está no controle!

Ainda que eu não te ouça, pois o mundo faz de tudo para te calar! (Trecho da Canção Mar de Vidro de Rodolfo Abrantes) Apesar das inúmeras v...