quarta-feira, 20 de abril de 2011

Basta amar o próximo como a si mesmo.

ia_1joao4_21

Sabendo que o homem não é justificado pelas obras da lei, mas pela fé em Jesus Cristo, temos também crido em Jesus Cristo, para sermos justificados pela fé em Cristo, e não pelas obras da lei; porquanto pelas obras da lei nenhuma carne será justificada. Gálatas 2:16

É comum em determinadas datas criadas para supostamente adorarem a Deus vermos pessoas sendo entrevistadas nos jornais televisivos antes, durante ou após praticarem algum ato de sacrifício pessoal com o proposito de estarem agradecendo e o mais estranho: pagando a Deus por uma benção alcançada. O que infelizmente estas pessoas não sabem, pela falta do conhecimento bíblico é que nada disso agrada a Deus. Com todo respeito a crença de quem assim age, mais é completamente anti cristão estas praticas, são patéticas tentativas de auto sacrifício como se fosse este o modelo deixado para ser seguido por Jesus: "Ide, porém, e aprendei o que significa: Misericórdia quero, e não sacrifício. Porque eu não vim a chamar os justos, mas os pecadores, ao arrependimento." Mateus 9 : 13.

A chamada penitencia ou pagamentos de promessas a Santos ou a Deus não foram estabelecidas na Bíblia. E contra fatos perdem-se os argumentos, pois estar claro no versículo acima a vontade explicita do próprio Jesus. Agora durante a Pascoa que seria o momento para que todos que se autodenominam Cristões pudesse realmente parar para refletir a relação dos acontecimentos que assolam a humanidade com tudo que está escrito na Bíblia e principalmente no Novo Testamento. "E a Jesus, o Mediador de uma nova aliança, e ao sangue da aspersão, que fala melhor do que o de Abel." Hebreus 12:24.

Jesus pela sua morte na Cruz do Calvário foi o ultimo sacrifício de sangue derramado para resgate dos pecados dos homens. Querer mesmo que imbuído na melhor das intenções promover qualquer forma de sacrifício seja pessoal ou por ofertas e oferendas é o mesmo que invalidar o sacrifício de Jesus.

Irmãos, o desejo do meu coração e a minha oração a Deus pelos israelitas é que eles sejam salvos.

Pois posso testemunhar que eles têm zelo por Deus, mas o seu zelo não se baseia no conhecimento.

Porquanto, ignorando a justiça que vem de Deus e procurando estabelecer a sua própria, não se submeteram à justiça de Deus.

Porque o fim da lei é Cristo, para a justificação de todo o que crê.

Moisés descreve desta forma a justiça que vem da lei: "O homem que fizer estas coisas viverá por meio delas".

Mas a justiça que vem da fé diz: "Não diga em seu coração: ‘Quem subirá ao céu? ’ ( isto é, para fazer Cristo descer ) ou ‘Quem descerá ao abismo? ’ " ( isto é, para fazer subir Cristo dentre os mortos ).

Mas o que ela diz? "A palavra está perto de você; está em sua boca e em seu coração", isto é, a palavra da fé que estamos proclamando:

Se você confessar com a sua boca que Jesus é Senhor e crer em seu coração que Deus o ressuscitou dentre os mortos, será salvo.

Pois com o coração se crê para justiça, e com a boca se confessa para salvação. Romanos 10:1-10.

Tudo que o homem deve e pode fazer para alcançar uma graça de Deus é tão somente confessar que Jesus é seu Senhor e não duvidar a ponto de querer “ajuda-lo” a cura-lo ou qual seja a benção desejada como se algo que faça mesmo através de seu próprio corpo pudesse comparar-se a obediência que Jesus demonstrou pelo mandamento do Pai: "E, achado na forma de homem, humilhou-se a si mesmo, sendo obediente até à morte, e morte de cruz." Filipenses 2 : 8.

Meus amados (as), é pura hipocrisia religiosa um homem ou uma mulher achar que pode oferecer algum sacrifício a Deus. Principalmente nesta sociedade que vivemos onde para tudo há um jeitinho e a ultima escolha é buscar de todo coração pela verdadeira Salvação que é Jesus. Ultima! Por que requer exatamente o que para está sociedade seria um supremo sacrifício. Abdicar das ambições do ter para ser uma pessoa obediente aos mandamentos de Deus.

Mandamentos estes que são a verdadeira razão pela qual nos diferenciamos das outras criaturas criadas por Deus: os animais! Quando Jesus respondendo aos Fariseus e Escribas que o interrogava em relação a Lei de Moises e os seus 10 mandamentos e os resumiu a apenas dois:

Mestre, qual é o maior mandamento da Lei? "

Respondeu Jesus: " Ame o Senhor, o seu Deus de todo o seu coração, de toda a sua alma e de todo o seu entendimento’.

Este é o primeiro e maior mandamento.

E o segundo é semelhante a ele: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo’.

“Destes dois mandamentos dependem toda a Lei e os Profetas”. Mateus 22:36-40.

Pois quem é capaz de Amar o seu próximo como a si mesmo: Não roubarás; Não matarás; Não adulterarás, Não cobiçarás a mulher e nem as coisas do próximo; Não mentirás, Não fornicarás.

Eu pergunto a vocês e vocês perguntem a si mesmos. Hoje vocês não cometeram nenhum destes pecados? Para ajuda-los: Nesta semana? Quem sabe: Nestes 20 dias de abril ou ainda; nestes 04 meses do ano?

É hipocrisia ou não? Uma pessoa escolher um determinado dia ou uma motivação interesseira para “oferecer” um sacrifício a Deus tendo nos dias que antecederam e os que sucederão continuarem a cometer todas as outras coisas que Deus abomina e não serem nem capaz de Amar o seu próximo.

Jesus viveu com os homens e os homens em nada para melhor mudaram: "Mas há alguns de vós que não creem. Porque bem sabia Jesus, desde o princípio, quem eram os que não criam, e quem era o que o havia de entregar." João 6 : 64.

Ao longo dos meus quase 06 anos que venho tentando viver de acordo com os padrões de Jesus o que percebo, é que sem Ele realmente é impossível qualquer pessoa viver uma vida que lhe permita ao menos ter a graça, a misericórdia de Deus para fazer algo que verdadeiramente possa ser considerado digno de um Filho de Deus. Quanto mais para uma pessoa que não busca conhece-lo e ser guiado por Ele? Como achas que poderá resistir as tentações que estão por todas as partes? Inclusive eu e qualquer outro seguidor de Jesus, se não tivermos o Temor a Deus (Temor é um termo utilizado nas Escrituras para caracteriza o Respeito a Deus) estaremos em grande perigo de cairmos também nas astutas ciladas de satanás. "Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar;" Pedro 5 : 8.

Em outra passagem Jesus recomenda: "Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade, o espírito está pronto, mas a carne é fraca." Mateus 26 : 41. Sinceramente! Será em um bar, numa balada após várias doses de bebidas, isso para falar das drogas licitas ditas pelos homens. Se Jesus por lá passasse encontraria  alguém que estivesse Vigiando? Quanto mais Orando. Mas as suas maldades separaram vocês do seu Deus; os seus pecados esconderam de vocês o rosto dele, e por isso ele não os ouvirá. Isaias 59:2.

Hoje mais uma vez tentei mostrar a uma pessoa que não vigia e nem ora, por que nem todos são Filhos de Deus. Apesar de quererem assim se intitularem.

Quando falo isso não estou querendo dizer que sou especial ou que Deus escolhe por predicados ou  por sorteio os que serão seus Filhos ou não. Parte do versículo acima já bastaria para explicar a condição que torna uma pessoa: Filho (a) ou Criatura de Deus. “Mas as suas maldades separaram vocês do seu Deus” . Porém Jesus provou que Deus não faz acepção de pessoas. "Nisto está o amor, não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou a nós, e enviou seu Filho para propiciação pelos nossos pecados." I João 4:10. Tentei humanamente explicar-lhe que infelizmente não se trata de uma escolha de Deus e sim da própria pessoa, para que ela possa ser chamada de filho.

Seria grosso modo comparamos a situação de um casal, que vai até um Orfanato na intenção de adotar uma criança. Tendo encontrado a criança que desejariam ter como filho. Eles primeiro terão que passar por uma serie de condições exigidas pelas autoridades legais, afim de que sejam considerados como responsáveis pela criança a partir de determinado momento: Só então eles seriam chamados de Pais e a Criança de Filho. Não bastava apenas eles quererem de todo coração transferir seus sentimentos de amor por uma criança que ainda não havia sido entregues a eles para considera-lo como Filho.

Há também outra situação do cotidiano que serviria para mostrar que a realidade da questão não depende somente de Deus.

Recentemente houve um caso de um casal que a mulher supostamente teria 02 filhos do sexo masculino e que após o parto lhes foram entregue uma do sexo masculino e outra do feminino. Foi gerada uma tremenda confusão, pois os pais diziam terem feito acompanhamento com ultrassom e que mostravam 02 Meninos.

O impasse para resumir só foi solucionado após teste de DNA constatar que as crianças eram realmente filho e filha do casal.

Dá mesma forma se dá em relação as pessoas que não vivem uma vida de acordo com os mandamentos de Deus e os ensinamentos de Jesus e ainda assim querem serem reconhecidos como filhos. E o seu DNA? É realmente o de Deus?

Jesus quando confrontou os Judeus que também se “achavam” afirmou o seguinte:

Mas vocês estão procurando matar-me, sendo que eu lhes falei a verdade que ouvi de Deus; Abraão não agiu assim.

“Vocês estão fazendo as obras do pai de vocês”. Protestaram eles: "Nós não somos filhos ilegítimos. O único Pai que temos é Deus".

Disse-lhes Jesus: “Se Deus fosse o Pai de vocês, vocês me amariam, pois eu vim de Deus e agora estou aqui”. Eu não vim por mim mesmo, mas ele me enviou.

Por que a minha linguagem não é clara para vocês? Porque são incapazes de ouvir o que eu digo.

“Vocês pertencem ao pai de vocês, o diabo, e querem realizar o desejo dele”. Ele foi homicida desde o princípio e não se apegou à verdade, pois não há verdade nele. Quando mente, fala a sua própria língua, pois é mentiroso e pai da mentira.

No entanto, vocês não creem em mim, porque lhes digo a verdade!

Qual de vocês podem me acusar de algum pecado? Se estou falando a verdade, porque vocês não creem em mim?

Aquele que pertence a Deus ouve o que Deus diz. “Vocês não ouvem porque não pertencem a Deus”. João 8:40-47.

Duro? Não deveria né meus queridos (as)? Ainda mais nos dias de hoje onde todos tem a oportunidade de ler a Bíblia e conhecer o caráter do Deus que quer ser Pai de todos e que entregou o seu único e verdadeiro Filho para morrer por nós para que uma vez aceitado o seu Filho Amado Jesus como nosso Senhor pudéssemos sim! Agora sermos chamados Filhos de Deus por adoção: "E nos predestinou para filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o beneplácito de sua vontade," Efésios 1 : 5.

Sempre digo que seguir a Jesus é e sempre será uma questão de escolha. A sua escolha.

Você é quem irá decidir se quer ser chamado de Filho de Deus. E não culpar a Deus ou a mim por não entender isso.

Amém.

AA Vivo por Jesus -

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Usem este espaço para testemunhar como este Blog mudou sua forma de relacionar-se com Jesus Cristo.

Deus está no controle!

Ainda que eu não te ouça, pois o mundo faz de tudo para te calar! (Trecho da Canção Mar de Vidro de Rodolfo Abrantes) Apesar das inúmeras v...