sexta-feira, 21 de janeiro de 2011

Não minta para Jesus.

 

ia_tiago1_23-24 (1)

Aquele que diz: Eu conheço-o, e não guarda  os seus mandamentos, é mentiroso, e nele não está a verdade. (1 João 2:4)

Não é difícil encontrar pessoas que se perguntar-mos  conhecerem a Deus? Dirão que sim. O que não é fácil encontrar são pessoas que digam que conhece-o e tentam guardar os seus mandamentos! Digo tentam já prevendo as argumentações quanto as dificuldades que é viver conforme os mandamentos de Deus blá…blá…blá.

Seria até irresponsabilidade da minha parte e estaria em desacordo com a própria palavra dizer que é simples.: Se dizemos que não temos pecados, estamos nos enganando, e não há verdade em nós. (1 João 1:8)

Infelizmente a questão não é que seja impossível, difícil ou complicado levarmos uma vida dentro dos padrões de Deus. Pelo o que percebi no meus anos longe dele em comparação ao que percebo nestes últimos 05 anos na presença do Senhor. É que, parece mais difícil para as pessoas que conhecemos e convivemos seja no ambiente familiar ou social aceitarem a nossa mudança, do que propriamente termos mudado. Todos parecem terem os mesmos pré-conceitos já formados em relação ao que seja  viver de acordo com a vontade de Deus ou vamos colocar desta maneira: De forma diferente ao que o mundo quer que se viva.

Tudo parece tomar uma dimensão exageradamente desproporcional; por exemplo:

Se uma pessoal diz que não ouve Axé music, mais ouve Samba é normal, trata-se de gostos diferentes.

Mais se eu como crente disser que não ouço Axé music, Samba, Pagode, Rock etc. E  que só ouço musicas com temas cristão as musicas gospel e louvores  à Deus.

Bem! ai para muitos isso é exagero! Proibições da bíblia e  muitos ainda tentam justificar. Mais o que é que tem ouvir Axé? É pecado?  Ou seja a mesma situação mais a postura de aceitação é totalmente diferente e quase sempre fundamentada não mais no meu gosto musical, mais na minha opção de Fé.

Este exemplo seria um dos mais simples de comentar, mais são muitas e das mais esdrúxulas argumentação que são utilizadas por quem tem dificuldade de aceitar que vivamos de acordo com a vontade de Deus e esquecem que é uma escolha pessoal. 

Porém, se obedecemos aos ensinamentos de Deus, sabemos que amamos a Deus de todo o nosso coração. É assim que podemos ter certeza de que estamos vivendo unidos com Deus: . (I João 2:5)

Jesus não impede que alguém mesmo tendo conhecido os seus mandamentos, venha a respeita-los por uma questão de obrigação.

Mais também é justo! Se alguém mesmo tendo conhecido e provado do amor de Jesus, ainda assim preferem em um Domingo a noite ao invés de ir a Igreja sair  com uma prostituta. A consequência será, que, se Jesus voltasse justamente neste Domingo ele que  fez a escolha de ficar com a prostituta, com certeza continuaria a   ficar com ela! : Quem diz que vive unido com Deus deve viver como Jesus Cristo viveu. (I João 2:6)

Simples assim! É só uma questão de ter consciência das consequências dos seus atos. Se estiverem dispostos a sofrer-las? : "E a vontade do Pai que me enviou é esta: Que nenhum de todos aqueles que me deu se perca, mas que o ressuscite no último dia."  (João 6 : 39) - Jesus, Deus e o Espirito Santo ficarão entristecidos, mais também respeitará sua vontade.

É muito comum as pessoas quererem justificar-se quanto ao fato de não terem “uma religião” dizendo: Eu não frequento igreja, não tenho nenhuma religião, mais não faço mal a ninguém, ajudo os necessitados, procuro não “pecar" (Essa então, é de lascar!):

A única condição onde alguém poderia dizer que não peca. Seria permanecer no útero de sua mãe.

Se dizemos que não temos cometido pecados, fazemos de Deus um mentiroso, e a sua mensagem não está em nós. (I João 1:10)

Para exemplificar com fatos concretos.

Outro dia conversando com um desses filosóficos praticantes das boas obras, sobre nosso trabalho ele que é casado e pai de uma adolescente. Achou estranho e de certa maneira quis até fazer gozação ante a minha resposta a uma pergunta que seria no mínimo inconveniente, mais que da forma que ele a fez e pelos comentários seguintes demonstrava descaradamente os pecados do adultério e da lasciva.

Ao comentar que havia estado com  um cliente em comum e ter mencionado que a esposa do mesmo estava também presente na negociação, ele me fez uma pergunta em relação aos atributos pessoais da mesma (educadamente falando). No que respondi de imediato, não ter me apercebido destes detalhes e que não tinha nada haver com  o motivo da minha presença.

O mesmo então questionou como pude não atentar para este detalhe. Ao que respondi. Minha esposa está em casa! Ele retrucou a minha também! Mais sou homem.

Eu então falei para ele o seguinte ensinamento de Jesus: Mas eu lhes digo: quem olhar para uma mulher e desejar possuí-la já cometeu adultério no seu coração. ( Mateus 5:28)

Se isso mudou algo no pensamento dele? Não sei. Mais em relação a mim, sei que hoje sou um homem muito melhor do que quando pensava assim como ele. Este é um dos muitos pecados que se cometem diariamente e que para Honra e Glória do Senhor tenho me mantido distante.

Esta e muitas outras  mudanças ocorrem com quem passa a buscar nos ensinamentos  das Sagradas Escrituras a verdadeira forma de vive-los,  então naturalmente sua maneira de pensar, falar, agir vai se adequando ao que aprende da única fonte de conhecimento confiável da natureza humana que é de Deus o Criador.

Todas as filosofias humanas são muitos bonitas e encantam aos que ouvem ou leem. Contudo não tem raízes profundas que possam perpetuar as suas ideias, por isso que sempre estão surgindo e desaparecendo da mesma forma.

As Sagradas Escrituras até os dias de hoje é questionada, sofre todo tipo de ataque a sua credibilidade, tentam ridicularizar as suas afirmações etc.

Contudo desde que os seus manuscritos foram revelados por Deus ou acham que eles foram encontraram por acaso? Nenhuma autoridade em nenhuma área das ciências humanas atreve-se a descarta-la como fonte de conhecimento profundo da psique humana. Mesmo que contrariados e buscando ainda, através de dispendiosos custos as mais diversas teorias para negar o que não são capazes de saber, e que só por Jesus é dado a conhecer: "E demonstrar a todos qual seja a dispensação do mistério, que desde os séculos esteve oculto em Deus, que tudo criou por meio de Jesus Cristo;"  (Efésios 3:9)

"Estava no mundo, e o mundo foi feito por ele, e o mundo não o conheceu."  (João 1:10)

Jesus o Filho de Deus esteve entre eles e não o reconheceram. Feliz daquele que sem o conhecer crer que ele existe, não continuem sendo como Tomé que mesmo tendo andando com ele não foi capaz de reconhecer a sua Glória.:

Em seguida disse a Tomé: —Veja as minhas mãos e ponha o seu dedo nelas. Estenda a mão e ponha no meu lado. Pare de duvidar e creia!

Então Tomé exclamou: —Meu Senhor e meu Deus!

—Você creu porque me viu? —disse Jesus. —Felizes são os que não viram, mas assim mesmo creram!

Jesus fez diante dos discípulos muitos outros milagres que não estão escritos neste livro.

Mas estes foram escritos para que vocês creiam que Jesus é o Messias, o Filho de Deus. E para que, crendo, tenham vida por meio dele. (João 20:27-31)

Jesus já alertava contra os falsos “Profetas” e neste aviso se incluem todas as formas de filosofias humanas e falsas religiosidades, penitencias, promessas, sacrifícios, oferendas, idolatrias e tudo mais que a imaginação humana possa ainda inventar para se desviarem dos caminhos de Deus.

—Cuidado com os falsos profetas! Eles chegam disfarçados de ovelhas, mas por dentro são lobos selvagens.

Vocês os conhecerão pelo que eles fazem. Os espinheiros não dão uvas, e os pés de urtiga não dão figos.

Assim, toda árvore boa dá frutas boas, e a árvore que não presta dá frutas ruins.

A árvore boa não pode dar frutas ruins, e a árvore que não presta não pode dar frutas boas.

Toda árvore que não dá frutas boas é cortada e jogada no fogo.

Portanto, vocês conhecerão os falsos profetas pelas coisas que eles fazem.

—Não é toda pessoa que me chama de “Senhor, Senhor” que entrará no Reino do Céu, mas somente quem faz a vontade do meu Pai, que está no céu.

Quando aquele dia chegar, muitas pessoas vão me dizer: “Senhor, Senhor, pelo poder do seu nome anunciamos a mensagem de Deus e pelo seu nome expulsamos demônios e fizemos muitos milagres!”

Então eu direi claramente a essas pessoas: “Eu nunca conheci vocês! Afastem-se de mim, vocês que só fazem o mal!”

—Quem ouve esses meus ensinamentos e vive de acordo com eles é como um homem sábio que construiu a sua casa na rocha.

Caiu a chuva, vieram as enchentes, e o vento soprou com força contra aquela casa. Porém ela não caiu porque havia sido construída na rocha.

—Quem ouve esses meus ensinamentos e não vive de acordo com eles é como um homem sem juízo que construiu a sua casa na areia.

Caiu a chuva, vieram as enchentes, e o vento soprou com força contra aquela casa. Ela caiu e ficou totalmente destruída.

Quando Jesus acabou de falar, as multidões estavam admiradas com a sua maneira de ensinar.

Ele não era como os mestres da Lei; pelo contrário, ensinava com a autoridade dele mesmo. (Mateus 7:15-29)

Não se deixem enganar. A verdade  não está la fora. Ela está na Bíblia.

Jesus te Ama.

E eu em Cristo também.

Vivo por Jesus

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Usem este espaço para testemunhar como este Blog mudou sua forma de relacionar-se com Jesus Cristo.

Deus está no controle!

Ainda que eu não te ouça, pois o mundo faz de tudo para te calar! (Trecho da Canção Mar de Vidro de Rodolfo Abrantes) Apesar das inúmeras v...