terça-feira, 26 de janeiro de 2016

“E isto por causa dos falsos irmãos que se intrometeram, e secretamente entraram a espiar a nossa liberdade, que temos em Cristo Jesus, para nos porem em servidão” –Galatas 2:4

?

Não! Não é surpresa.



Não posso dizer que fico surpreso quando ouço de algumas pessoas quando estou falando de Jesus Cristo, o relato de exemplos do péssimo testemunho dados por pseudos cristãos que povoam as inúmeras denominações evangélicas, tais como: Fofoca, arrogância, inveja, idolatria (ao pastor ou a algum irmão(ã), condenação ao próximo etc.. Sem fazer juízo de valor, para não cair na mesma armadilha do inimigo. Entretanto, não posso deixar de comentar que este tipo de atitude em nada contribuem para o esforço de cumprir o Ide do Senhor Jesus: E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura. Marcos 16:15
Ainda mais, que o próprio evangelho nos alerta em relação a estas atitudes, que o apóstolo Paulo definiu como vinda de “Falsos irmãos” em sua carta aos Gálatas.
E de certa maneira o impressionante que mesmo com toda a expansão do evangelho de Jesus Cristo no Brasil; isto ainda não se traduza de fato em verdadeiro conhecimento do seu conteúdo, ou seja: A vontade de Deus ensinada; expressa e registrada nas páginas do Novo Testamento. Só assim posso explicar que isto ainda aconteça e faz com que não só ouça estes relatos de não cristão, mais também venha presenciar estes comportamentos entre irmãos. Esta constatação dá-se ao fato do aumento do número de evangélicos professos no Brasil. Mas que infelizmente não acontece na mesma proporção quanto ao crescimento dos que realmente tem o hábito de ler a Bíblia ao menos uma vez ao dia. Ou até que já a tenham lido de Gênesis a Apocalipse ao menos uma vez!
Pode até parecer estranho pensar que possa haver tantas pessoas entre os evangélicos que vivem dizendo estarem  “seguindo o que a Bíblia diz” confessam a fé em Cristo e possam ao mesmo tempo deixar de lado a importância da leitura pessoal da mesma. Creio que esses irmãos e irmãs não estejam agindo desta maneira por serem pessoas más ou totalmente desinteressadas! Porém infelizmente estão habituadas a serem alimentadas pela fé dos outros. Gostam de ouvir as pregações na igreja e se sentem tocados enquanto estão lá. Também porque, surpreendentemente entre muitos cristãos recém-convertidos sequer possuírem uma bíblia e não meditarem quando chegam em suas casas como aplicar os ensinamentos ouvidos; na sua vida diária. Acredito, baseado no meu próprio exemplo de vida cristã. Pois, posso classificar-me como um cristão AB = Antes de ter lido a Bíblia e DB = Depois de ter lido a Bíblia. Somente assim poderão se libertar de todo tipo de religiosidade e realmente serem livres em Cristo Jesus.--- E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. João 8:32
Talvez vocês pensem que a Bíblia é apenas um livro religioso que contém histórias que justifica a prática do credo cristão! Mas, talvez também nisto esteja o engano cometido por muitos, desde os que são simplesmente “antiDeus e antibíblia” como aos que ainda que confessando-o, não entendem que a Bíblia é realmente a bússola que deve guiar todo o Cristão = Seguidor de Cristo. Como costumo publicar neste blog. A Bíblia é o manual do fabricante para o ser humano! Independente de querer crer ou não nela, não há como negar que nela encontraremos todos os aspectos que envolvem o ser humano deste a sua criação, assim como a do nosso próprio planeta. --- Porque as suas coisas invisíveis, desde a criação do mundo, tanto o seu eterno poder, como a sua divindade, se entendem, e claramente se veem pelas coisas que estão criadas, para que eles fiquem inescusáveis; Romanos 1:20.
Dentre as muitas coisas difícil de serem praticadas nos dias atuais, infelizmente a de observarmos a pratica do que chamamos de “fazer o bem” é, sem dúvida, umas das tarefas mais árduas de serem praticadas. Tanto assim o é! Que um principio que deveria ser comum a todos: A Honestidade. Quando se é praticada em um simples ato de devolução de algo alheio encontrado perdido. Não é visto como um ato que deveria ser inerente a todos homens e mulheres. E é elevado a potência da raridade! Com direito a ampla divulgação e até em alguns casos; merecedor de recompensas e placas alusivas. --- O que é direito escolhamos para nós; e conheçamos entre nós o que é bom. Jó 34:4.
Jesus Cristo, o único homem que poderia dentro dos padrões humano poderia ter reivindicado para si a condição de ser BOM; ensinou justamente que não existe de fato ninguém realmente bom, ainda mais pelo limitado conceito humano. --- Jesus lhe disse: Por que me chamas bom? Ninguém há bom, senão um, que é Deus. Lucas 18:19.
Tenho certeza que muitos ficaram surpresos ao tomarem conhecimento que nunca serão capazes de serem o tão “bom” que pensam que são? Não é interessante saber que nem tudo que fazemos de “bem” na verdade nos torna bom? Ou mais! Que necessariamente não são somente as pessoas tidas como “boas” que fazem coisas “boas”? --- Se vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas coisas aos vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos céus, dará bens aos que lhe pedirem? Mateus 7:11.
O proposito deste comentário é justamente para mostrar outro principio esquecido pelas pessoas que se “julgam boas ou justas”: O não reconhecimento das nossas própria limitações! Mais do que julgarmos o próximo, devemos examinarmos a nós mesmos. Já que na maioria das vezes a nossa “bondade” esconde um mesquinho interesse pessoal de recompensa! Ainda que seja na forma de “reconhecimento”.
E para os que irão se identificar com o tema da postagem e pensavam serem Cristãos bons demais em relação aos outros cristãos ou não. Em nome de Jesus Cristo! Eu vos peço! Deixem que os ensinamentos do Novo Testamento falem por si só. Esta é a única maneira de comprovarem que somente a palavra de Deus através do que Jesus Cristo ensinou, viveu e nos deu! É a única forma de sermos cada vez pessoas melhores; e cristãos mais parecidos com Jesus Cristo.
Para comprovarem, é importante que leiam todo o Capítulo 7 do Evangelho de Mateus transcrito abaixo:
Mateus 7
1 Não julgueis, para que não sejais julgados.
2 Porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós.
3 E por que reparas tu no argueiro que está no olho do teu irmão, e não vês a trave que está no teu olho?
4 Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, estando uma trave no teu?
5 Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho, e então cuidarás em tirar o argueiro do olho do teu irmão.
6 Não deis aos cães as coisas santas, nem deiteis aos porcos as vossas pérolas, não aconteça que as pisem com os pés e, voltando-se, vos despedacem.
7 Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á.
8 Porque, aquele que pede, recebe; e, o que busca, encontra; e, ao que bate, abrir-se-lhe-á.
9 E qual dentre vós é o homem que, pedindo-lhe pão o seu filho, lhe dará uma pedra?
10 E, pedindo-lhe peixe, lhe dará uma serpente?
11 Se vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas coisas aos vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos céus, dará bens aos que lhe pedirem?
12 Portanto, tudo o que vós quereis que os homens vos façam, fazei-lho também vós, porque esta é a lei e os profetas.
13 Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela;
14 E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem.
15 Acautelai-vos, porém, dos falsos profetas, que vêm até vós vestidos como ovelhas, mas, interiormente, são lobos devoradores.
16 Por seus frutos os conhecereis. Porventura colhem-se uvas dos espinheiros, ou figos dos abrolhos?
17 Assim, toda a árvore boa produz bons frutos, e toda a árvore má produz frutos maus.
18 Não pode a árvore boa dar maus frutos; nem a árvore má dar frutos bons.
19 Toda a árvore que não dá bom fruto corta-se e lança-se no fogo.
20 Portanto, pelos seus frutos os conhecereis.
21 Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.
22 Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas?
23 E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade.
24 Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha;
25 E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha.
26 E aquele que ouve estas minhas palavras, e não as cumpre, compará-lo-ei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia;
27 E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e caiu, e foi grande a sua queda.
28 E aconteceu que, concluindo Jesus este discurso, a multidão se admirou da sua doutrina;
29 Porquanto os ensinava como tendo autoridade; e não como os escribas.

Meus queridos (as), espero sinceramente que esta postagem possa fazer com que reflitam tão somente sobre o que a palavra de Deus diz em relação ao comportamento necessários a todos diante Dele; do Seu Filho e do nosso Próximo. Que o Espírito Santo lhes conceda o discernimento necessário.

Ser-vos-ia bom, se ele vos esquadrinhasse? Ou zombareis dele, como se zomba de algum homem? Jó 13:9.


Só Jesus Cristo, Salva, Cura e Liberta.

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

A verdadeira história do Êxodo e do único Deus.


A proposito: A palavra “êxodo” significa partida. No tempo definido por Deus, o êxodo dos israelitas do Egito marcou o fim de um período de opressão para os descendentes de Abraão Gênesis 15:13, e o início do cumprimento da promessa da aliança com Abraão que seus descendentes não só viveriam na Terra Prometida, mas também se multiplicariam e se tornariam uma grande nação Gênesis 12:1-3, 7.
A título de curiosidade e para fins de poder confrontar qualquer associação do filme intitulado Êxodo deuses e reis com a verdadeira história do Êxodo Bíblico. Assistir hoje a estória (com “e” mesmo, pois aprendi que assim é grafado um fato que não é verdadeiro); e ainda que respeitando a licença poética da adaptação para o filme, o que vi foi uma total manifestação de ignorância espiritual. O que também não foi surpresa: Ora, o homem natural não compreende as coisas do Espírito de Deus, porque lhe parecem loucura; e não pode entendê-las, porque elas se discernem espiritualmente. Mas o que é espiritual discerne bem tudo, e ele de ninguém é discernido. 1 Coríntios 2:14-15.
Desde o início da película é fácil para quem conhece a verdadeira e única versão da história do Êxodo dos Hebreus da Bíblia. Que, o diretor Ridley Scott e seus assistentes são pessoas totalmente desprovidas da capacidade do discernimento espiritual daquilo que possivelmente leram na Bíblia ou de até entenderem das pesquisas históricas consultadas e tentaram, por assim dizer: Compreender e retratar pela ótica humana descrente e limitada o que leram. Porque afirmo isso? Vejam abaixo a diferença que há entre os fatos verdadeiros narrados na Bíblia e o que é visto no filme. --- Então voltareis e vereis a diferença entre o justo e o ímpio; entre o que serve a Deus, e o que não o serve. Malaquias 3:18
Em 1º lugar Moisés nunca poderia ser retratado como um General. Pois apesar dos  anos que viveu como príncipe do Egito, não foi por esta formação recebida, que o fez ser escolhido por Deus para libertar os seus irmãos hebreus. Mas, os 40 anos que viveu no deserto como pastor de ovelhas; foi o que forjou o seu caráter para servir aos propósitos de Deus. E não apenas 9 anos como descrito no filme. E Moisés era da idade de oitenta anos, e Arão da idade de oitenta e três anos quando falaram a Faraó. Êxodo 7:7
Em sequência vou enumerar outras falhas grotescas do filme em relação aos fatos:
Fora as já citadas;
Não foi por causa de nenhuma profecia de que haveria de nascer um líder libertador, que Faraó mandou matar os meninos hebreus, e sim, por causa do crescimento do povo ao longo dos 400 anos de escravidão e maus tratos: Faleceu José, e todos os seus irmãos, e toda aquela geração. E os filhos de Israel frutificaram, aumentaram muito, e multiplicaram-se, e foram fortalecidos grandemente; de maneira que a terra se encheu deles. E levantou-se um novo rei sobre o Egito, que não conhecera a José; O qual disse ao seu povo: Eis que o povo dos filhos de Israel é muito, e mais poderoso do que nós. Eia, usemos de sabedoria para com eles, para que não se multipliquem, e aconteça que, vinda guerra, eles também se ajuntem com os nossos inimigos, e pelejem contra nós, e subam da terra. E puseram sobre eles maiorais de tributos, para os afligirem com suas cargas. Porque edificaram a Faraó cidades armazéns, Pitom e Ramessés. Mas quanto mais os afligiam, tanto mais se multiplicavam, e tanto mais cresciam; de maneira que se enfadavam por causa dos filhos de Israel. E os egípcios faziam servir os filhos de Israel com dureza; Assim que lhes fizeram amargar a vida com dura servidão, em barro e em tijolos, e com todo o trabalho no campo; com todo o seu serviço, em que os obrigavam com dureza. E o rei do Egito falou às parteiras das hebréias (das quais o nome de uma era Sifrá, e o da outra Puá), E disse: Quando ajudardes a dar à luz às hebréias, e as virdes sobre os assentos, se for filho, matai-o; mas se for filha, então viva. As parteiras, porém, temeram a Deus e não fizeram como o rei do Egito lhes dissera, antes conservavam os meninos com vida. Êxodo 1:6-17
Miriã a irmã de Moises, nunca viveu com ele no palácio. Ela vivia como escrava junto ao povo. Lembra-te do que o Senhor teu Deus fez a Miriã no caminho, quando saíste do Egito. Deuteronômio 24:9  --- Pois te fiz subir da terra do Egito, e da casa da servidão te remi; e enviei adiante de ti a Moisés, Arão e Miriã. Miquéias 6:4
A própria mãe de Moises o criou até a juventude, e até foi paga para isso. E somente depois o entregou a Princesa egipicia.
1 E foi um homem da casa de Levi e casou com uma filha de Levi. 2 E a mulher concebeu e deu à luz um filho; e, vendo que ele era formoso, escondeu-o três meses. 3 Não podendo, porém, mais escondê-lo, tomou uma arca de juncos, e a revestiu com barro e betume; e, pondo nela o menino, a pôs nos juncos à margem do rio. 4 E sua irmã postou-se de longe, para saber o que lhe havia de acontecer. 5 E a filha de Faraó desceu a lavar-se no rio, e as suas donzelas passeavam, pela margem do rio; e ela viu a arca no meio dos juncos, e enviou a sua criada, que a tomou. 6 E abrindo-a, viu ao menino e eis que o menino chorava; e moveu-se de compaixão dele, e disse: Dos meninos dos hebreus é este. 7 Então disse sua irmã à filha de Faraó: Chamarei uma ama das hebréias, que crie este menino para ti? 8 E a filha de Faraó disse-lhe: Vai. Foi, pois, a moça, e chamou a mãe do menino. 9 Então lhe disse a filha de Faraó: Leva este menino, e cria-mo; eu te darei teu salário. E a mulher tomou o menino, e criou-o. 10 E, quando o menino já era grande, ela o trouxe à filha de Faraó, a qual o adotou; e chamou-lhe Moisés, e disse: Porque das águas o tenho tirado. Êxodo 2:1-10.
O próprio Moises fugiu para o deserto após ter matado 01 (um) e não dois Egipicio. E este era um capataz e não  soldado, que estava agredido um hebreu. E aconteceu naqueles dias que, sendo Moisés já homem, saiu a seus irmãos, e atentou para as suas cargas; e viu que um egípcio feria a um hebreu, homem de seus irmãos. E olhou a um e a outro lado e, vendo que não havia ninguém ali, matou ao egípcio, e escondeu-o na areia. E tornou a sair no dia seguinte, e eis que dois homens hebreus contendiam; e disse ao injusto: Por que feres a teu próximo? O qual disse: Quem te tem posto a ti por maioral e juiz sobre nós? Pensas matar-me, como mataste o egípcio? Então temeu Moisés, e disse: Certamente este negócio foi descoberto. Ouvindo, pois, Faraó este caso, procurou matar a Moisés; mas Moisés fugiu de diante da face de Faraó, e habitou na terra de Midiã, e assentou-se junto a um poço. Êxodo 2:11-15
Após ter defendido Zípora e suas irmãs no poço. O pai delas Jetro, foi que mandou que elas o buscassem e não o contrário, elas o levaram. --- E o sacerdote de Midiã tinha sete filhas, as quais vieram tirar água, e encheram os bebedouros, para dar de beber ao rebanho de seu pai. Então vieram os pastores, e expulsaram-nas dali; Moisés, porém, levantou-se e defendeu-as, e deu de beber ao rebanho. E voltando elas a Reuel seu pai, ele disse: Por que hoje tornastes tão depressa? E elas disseram: Um homem egípcio nos livrou da mão dos pastores; e também nos tirou água em abundância, e deu de beber ao rebanho. E disse a suas filhas: E onde está ele? Por que deixastes o homem? Chamai-o para que coma pão. E Moisés consentiu em morar com aquele homem; e ele deu a Moisés sua filha Zípora, Êxodo 2:16-21
Ao subir ao monte Horebe Moises viu a Sarça ardente e ouviu a voz de Deus. No entanto, nunca em momento algum ele chegou a ver Deus. Ainda mais na absurda e caricata forma de criança. --- E vendo o Senhor que se virava para ver, bradou Deus a ele do meio da sarça, e disse: Moisés, Moisés. Respondeu ele: Eis-me aqui. E disse: Não te chegues para cá; tira os sapatos de teus pés; porque o lugar em que tu estás é terra santa. Disse mais: Eu sou o Deus de teu pai, o Deus de Abraão, o Deus de Isaque, e o Deus de Jacó. E Moisés encobriu o seu rosto, porque temeu olhar para Deus. Êxodo 3:4-6
Nunca houve a formação de uma “guerrilha” libertadora. Todas as ações anunciadas por Moises a Faraó eram instruções de Deus. Além do mais, Moises não tinha o apoio do povo que não entendia o agir de Deus. Moises era gago e tímido, tanto que quem falava ao povo era Arão seu irmão mais velho. --- Então respondeu Moisés, e disse: Mas eis que não me crerão, nem ouvirão a minha voz, porque dirão: O SENHOR não te apareceu. Êxodo 4:1 Então disse Moisés ao Senhor: Ah, meu Senhor! Eu não sou homem eloquente, nem de ontem nem de anteontem, nem ainda desde que tens falado ao teu servo; porque sou pesado de boca e pesado de língua. Êxodo 4:10 ---Então se acendeu a ira do Senhor contra Moisés, e disse: Não é Arão, o levita, teu irmão? Eu sei que ele falará muito bem; e eis que ele também sai ao teu encontro; e, vendo-te, se alegrará em seu coração. E tu lhe falarás, e porás as palavras na sua boca; e eu serei com a tua boca, e com a dele, ensinando-vos o que haveis de fazer. E ele falará por ti ao povo; e acontecerá que ele te será por boca, e tu lhe serás por Deus. Êxodo 4:14-16
A imaginativa explicação para o tingimento com sangue do rio Nilo por ataque de Crocodilos foi uma tremenda “crocodilage”. Moises foi quem feriu a água com seu cajado como Deus ordenou. --- Assim diz o Senhor: Nisto saberás que eu sou o Senhor: Eis que eu com esta vara, que tenho em minha mão, ferirei as águas que estão no rio, e tornar-se-ão em sangue. E os peixes, que estão no rio, morrerão, e o rio cheirará mal; e os egípcios terão nojo de beber da água do rio. Êxodo 7:17-18
Quando o povo finalmente saiu do Egito, não foi sendo insultado e maltrapilhos que saíram como mostrado no filme! Pelo contrário tudo que pediam aos antes senhores e senhoras recebiam, desde vestes a muito ouro e joias. Como Deus havia prometido a Moises: ---  Porque cada mulher pedirá à sua vizinha e à sua hóspeda joias de prata, e joias de ouro, e vestes, as quais poreis sobre vossos filhos e sobre vossas filhas; e despojareis os egípcios. Êxodo 3:22
A travessia do Mar Vermelho se deu durante toda a noite e os 3 milhões de hebreus e não 400.000 como mencionado no filme, passaram sem molharem os pés, ou seja, em terra completamente seca e não por uma maré baixa. Também, nunca houve uma espada nas mãos de Moises: -- Então disse o Senhor a Moisés: Por que clamas a mim? Dize aos filhos de Israel que marchem. E tu, levanta a tua vara, e estende a tua mão sobre o mar, e fende-o, para que os filhos de Israel passem pelo meio do mar em seco. Êxodo 14:15-16  --- E ia entre o campo dos egípcios e o campo de Israel; e a nuvem era trevas para aqueles, e para estes clareava a noite; de maneira que em toda a noite não se aproximou um do outro.  Então Moisés estendeu a sua mão sobre o mar, e o Senhor fez retirar o mar por um forte vento oriental toda aquela noite; e o mar tornou-se em seco, e as águas foram partidas. E os filhos de Israel entraram pelo meio do mar em seco; e as águas foram-lhes como muro à sua direita e à sua esquerda. Êxodo 14:20-22
Faraó e seus soldados pereceram sob as águas. E eis que endurecerei o coração dos egípcios, e estes entrarão atrás deles; e eu serei glorificado em Faraó e em todo o seu exército, nos seus carros e nos seus cavaleiros, Êxodo 14:17  --- E disse o Senhor a Moisés: Estende a tua mão sobre o mar, para que as águas tornem sobre os egípcios, sobre os seus carros e sobre os seus cavaleiros. Então Moisés estendeu a sua mão sobre o mar, e o mar retornou a sua força ao amanhecer, e os egípcios, ao fugirem, foram de encontro a ele, e o Senhor derrubou os egípcios no meio do mar, Porque as águas, tornando, cobriram os carros e os cavaleiros de todo o exército de Faraó, que os haviam seguido no mar; nenhum deles ficou. Mas os filhos de Israel foram pelo meio do mar seco; e as águas foram-lhes como muro à sua mão direita e à sua esquerda. Assim o Senhor salvou Israel naquele dia da mão dos egípcios; e Israel viu os egípcios mortos na praia do mar. E viu Israel a grande mão que o Senhor mostrara aos egípcios; e temeu o povo ao Senhor, e creu no Senhor e em Moisés, seu servo. Êxodo 14:26-31
Jetro o sogro de Moises foi  ao encontro dele e levou Zípora e seus filhos, e não Moises que alterou o caminho para “apresentá-la” o seu povo. –-- Ora Jetro, sacerdote de Midiã, sogro de Moisés, ouviu todas as coisas que Deus tinha feito a Moisés e a Israel seu povo, como o SENHOR tinha tirado a Israel do Egito. E Jetro, sogro de Moisés, tomou a Zípora, a mulher de Moisés, depois que ele lha enviara, Com seus dois filhos, dos quais um se chamava Gérson; porque disse: Eu fui peregrino em terra estranha; E o outro se chamava Eliézer; porque disse: O Deus de meu pai foi por minha ajuda, e me livrou da espada de Faraó. Vindo, pois, Jetro, o sogro de Moisés, com seus filhos e com sua mulher, a Moisés no deserto, ao monte de Deus, onde se tinha acampado, Disse a Moisés: Eu, teu sogro Jetro, venho a ti, com tua mulher e seus dois filhos com ela. Então saiu Moisés ao encontro de seu sogro, e inclinou-se, e beijou-o, e perguntaram um ao outro como estavam, e entraram na tenda. Êxodo 18:1-7
Outra deformação absurda foi atribuir a Moises a confecção das tábuas da lei: --- E deu a Moisés (quando acabou de falar com ele no monte Sinai) as duas tábuas do testemunho, tábuas de pedra, escritas pelo dedo de Deus. Êxodo 31:18
Não sou crítico de cinema, apesar de gostar muito da arte. Entretanto, não posso deixar de tentar elucidar pela própria Bíblia a palavra de Deus os motivos de este filme em nada contribui para a divulgação da verdade e tão pouco deve ser visto como um entretenimento edificante.
O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento; Oséias 4:6a
Quem é de Deus escuta as palavras de Deus; por isso vós não as escutais, porque não sois de Deus. João 8:47
Se alguém deseja verdadeiramente conhecer a razão; motivo e sentido para tanta necessidade de saber quem é Deus? Busque a única fonte confiável! O próprio Espirito Santo de Deus.; que é o autor de toda Escritura Sagrada – A Bíblia.
Porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homem algum, mas os homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo. 2 Pedro 1:21
Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça; 2 Timóteo 3:16
E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará. João 8:32
Só Jesus Salva, Cura e Liberta.
Feliz 2015 e espero poder continuar a mostrar a verdadeira face da verdade Bíblica em nome de Jesus Cristo.